fbpx

British Airways não reabrirá spa de salas VIP de Londres e Nova York

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

A British Airways comunicou que não irá reabrir os Elemis Travel Spa, mesmo após o fim da pandemia. O anúncio foi feito através da assessoria de imprensa da companhia.

British Airways Elemis Spas


Sobre o comunicado

Veja abaixo o comunicado disponibilizado pela assessoria de imprensa da British:

“Estamos orgulhosos de trabalhar com a Elemis, uma marca que nossos clientes amam, e continuamos a fornecer seus produtos a bordo de nossos voos. Nossos spas Elemis Travel Lounge permaneceram fechados durante a pandemia COVID-19 e decidimos que eles não serão reabertos. Nos próximos meses, estaremos analisando novas propostas para cuidar da saúde e o bem-estar de nossos clientes antes do voo.”


Sobre o Elemis Travel Spas

Após passarem por uma renovação no ano de 2019, os Spas eram disponíveis para passageiros que voassem nas cabines premium com a companhia aérea britânica. Também era permitido o acesso de clientes com status Gold dentro do programa de fidelidade da British – o Executive Club – que embarcavam em um voo de longa duração.

Os Spas oferecia quinze minutos gratuitos dos seguintes serviços:

  • Massagem para as costas;
  • Massagem nos ombros e nuca;
  • Massagem de relaxamento profundo do couro cabeludo;
  • Massagem de mãos e braços;
  • Cadeira de massagem inteligente;
  • Massagem ocular.

O serviço estava disponível no terminal 7 do Aeroporto Internacional de Nova York (JFK) e nos terminais 3 e 5 no Aeroporto Internacional de Londres (LHR).


Ainda não se sabe o que a British Airways está programando para oferecer aos seus passageiros no futuro.

Algum leitor sentirá falta do Elemis Travel Spa?

Baixe o app Passageiro de Primeira

google-play
app-store

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas VIP, hotéis, cartão de crédito e promoções.