fbpx

British Airways testa cadeiras de rodas autônomas em aeroportos

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

Em parceria com a empresa de tecnologia japonesa WHILL, a British Airways está testando cadeiras de rodas totalmente autônomas para ajudar clientes com problemas de mobilidade a navegar mais facilmente no Aeroporto Internacional John F. Kennedy (JFK) em Nova York.

cadeira de rodas autonoma

Quase meio milhão de clientes que precisam de assistência adicional voam com a British Airways a cada ano e, com esse número aumentando em 10% até 2021, a companhia aérea está explorando novas maneiras de oferecer uma experiência de viagem melhor.

Os passageiros podem se sentar em uma cadeira de rodas WHILL Model Ci, selecionar seu destino em uma tela intuitiva e deixar a cadeira de rodas fazer o trabalho – sem a necessidade de intervenção da equipe.

Ricardo Vidal, chefe de inovação da British Airways, disse que o teste de cadeiras de rodas autônomas foi derivado como resultado do feedback dos passageiros: “Nossos clientes nos dizem que gostariam de maior independência e controle sobre sua jornada pelo aeroporto, por isso, estávamos ansiosos para experimentar a cadeiras de rodas autônomas e ver a resposta de nossos clientes à mais recente tecnologia de mobilidade em um ambiente real de aeroporto.” O teste do JFK está sendo um sucesso, de acordo com a líder de inovação da British Airways, Amelia Wallace-Scott: “Tivemos muito interesse e ótimos comentários dos clientes que experimentaram”. Em seguida, haverá um teste no aeroporto de Heathrow, em Londres.

Nos próximos meses, concluiremos mais uma avaliação em nosso movimentado centro residencial no Terminal 5 de Heathrow para obter mais feedback e explorar a introdução dessa tecnologia ao lado de nossa equipe de profissionais de atendimento ao cliente para fornecer uma experiência aeroportuária verdadeiramente integrada e acessível” , disse Vidal. “Estou empolgado com o futuro da inovação inclusiva para apoiar a demanda crescente por viagens aéreas acessíveis“. Esses testes ocorreram após outras provas realizados pela WHILL no Aeroporto Internacional de Haneda, em Tóquio, Japão.

Cadeiras de rodas autônomas ajudarão os passageiros com necessidades de assistência à mobilidade a se locomoverem de maneira mais eficiente nos aeroportos do mundo, liberando funcionários para ajudar os passageiros com outras necessidades.

cadeiras de rodas autonomas

Essa iniciativa ocorre em meio a um novo foco de toda a companhia na experiência de viagem acessível. A British Airways foi a primeira a anunciar apoio à campanha “It’s Everyone’s Journey” do Departamento de Transportes do Reino Unido, que visa melhorar o conhecimento dos problemas enfrentados pelos clientes que precisam de assistência adicional. Alex Cruz, presidente e CEO da companhia aérea, assinou recentemente The Valuable 500 e prometeu o compromisso da companhia aérea em discutir a acessibilidade no conselho.

Embora ainda exista muito trabalho a ser feito na experiência de viagem acessível de diversas companhias aéreas, estamos felizes com esse passo dado pela British Airways, que promete tornar a experiência de viagem mais agradável especialmente para aqueles com dificuldade de locomoção.


☞ veja também…

Inovações poderão proporcionar mais acessibilidade nas viagens aéreas

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.