fbpx

Check-in e First Class Lounge da Singapore Airlines – Aeroporto de Singapura (SIN) T3

Avaliações Lounges

Por Fábio Vilela

Cheguei do meu voo de Taipei com a EVA Air direto no Terminal 3. Passei na imigração, peguei minha mala e desembarquei – já que meu próximo voo estava em um bilhete separado, portanto tive que fazer todo o processo.

Para quem quer ter a experiência completa de voar na Primeira Classe da Singapore Airlines, vou dar uma dica: A empresa tem uma entrada e área exclusiva para passageiros voando na First/Suites no Terminal 3. Esta área é separada do saguão principal do aeroporto, então caso você esteja dentro do saguão do Terminal 3, basta você ir pro piso do check-in, sair pra calçada (onde ficam os carros), virar a direita e ir seguindo a pé contornando o prédio. Quando o prédio do Terminal 3 acabar, você vai ver uma entrada separada que é usada exclusivamente para passageiros voando na Primeira Classe ou Suites da Singapore Airlines – não tem como errar.

Claro que eu poderia ter feito o check-in direto na ala de prioridade da Singapore Airlines do saguão do aeroporto de Changi no Terminal 3, mas preferi ir pra área externa exclusiva da Primeira Classe para “curtir” toda a experiência.

Lembrando que caso você esteja vindo da cidade de carro, você pode sinalizar para seu motorista te deixar direto na porta – muito mais cômodo.

Como eu cheguei a pé com minha mala, os funcionários imediatamente se prontificaram a carregar minha bagagem até o balcão do check-in.

O local é super exclusivo e no momento que eu passei por lá não havia mais nenhum outro passageiro. A sensação é que você está em uma grande sala vip – tudo impecável, muito bem decorado e espaçoso.

Os balcões de check-in são todos em mármore – um espetáculo. Cada posição de atendimento tem só uma cadeira, portanto se você estiver viajando acompanhado, a pessoa vai ter que ficar em pé ou se preferir, poderá esperar nas inúmeras poltronas do ambiente até ser atendida.

O atendimento dispensa comentários – a funcionária tinha uma educação, cordialidade e simpatia que é de deixar qualquer passageiro maravilhado. Em menos de 5 minutos ela já etiquetou minha mala, me entregou o convite do “The Private Room” (sala VIP exclusiva pra quem viaja na F da SQ) e meu cartão de embarque.

Pra quem gosta de colecionar, a Singapore tem cartões de embarque com cores diferentes dependendo da classe.

  • Suites (Exclusivo no A380) – Cartão com a borda dourada
  • Primeira Classe – Cartão com a borda Vinho
  • Executiva – Cartão com a borda Azul
  • Econômica – Cartão com a borda Verde

OBS: O da Premium Economy eu não sei se tem cor diferente, se alguém souber, poste nos comentários.

Terminando o atendimento um outro funcionário me acompanhou para a inspeção privativa no raio-x, seguido do controle de passaporte, ou seja, mais cômodo impossível – nota 10!

Assim que você sai do corredor da imigração você já vai estar no “centro” do Terminal 3, então é fácil localizar a entrada dos lounges que podem ser acessados via escada rolante ou elevador.

Bom, eu vou dividir este relato em dois e vou explicar o porquê: O “The Private Room” fica dentro do lounge da Primeira Classe da Singapore Airlines, ou seja, você precisa entrar e passar por todo o lounge da First pra poder acessar o “The Private Room” – então neste relato aqui eu vou colocar somente as fotos da sala VIP da First e no outro relato que eu for publicar logo em seguida, coloco a resenha do TPR, ok?

Na entrada você vai ver a logomarca indicando a sala – SilverKris Lounge. Ali na recepção você irá ser redirecionado para o lounge correspondente. Como eu estava na First da SQ, uma funcionária me acompanhou pela entrada da sala da Primeira Classe – eu disse à ela que poderia me deixar ali mesmo e que eu iria para o TPR só mais tarde – então aproveitei para fazer umas fotos.

A sala VIP da First da Singapore atende exclusivamente os passageiros voando de Primeira Classe nas cias da Star Alliance – já o The Private Room é exclusivo para passageiros voando na Primeira Classe/Suites da Singapore.

Portanto um passageiro voando na F da SQ pode acessar os dois lounges, porém um passageiro voando em F da *A só pode acessar o lounge da First.

A sala funciona diariamente das 05:00AM até às 00:00.

A identidade visual da sala é bem parecida com a área do check-in, ou seja, tudo padronizado. A sala possui diversas poltronas mas nenhum sofá e a grande maioria delas tem acesso à tomadas universais nas mesinhas laterais.

Apesar da sala não ter uma vista diretamente pra pista, ainda é possível ter luz natural entrando.

O business center ficava ao fundo e era semi-privado – algumas mesas com computadores já outras vazias – caso você queira trabalhar no seu próprio laptop. O wifi era super rápido mas precisava ficar renovando a sessão a cada 90 minutos (se não me engano) o que não é bem inconveniente.

Também havia uma sala de TV, mas curiosamente nenhuma poltrona era virada pra tela, rs.

A sala estava bem tranquila neste período da tarde – mas não sei dizer se em horário de pico ela fica muito cheia. O lounge também conta com chuveiros e banheiros – porém eu não utilizei.

O bar fica bem no meio da sala e se você quiser alguma bebida precisa pedir para o colaborador que ali está. Eu prefiro ter algumas bebidas no esquema self-service pois às vezes você não quer esperar.

Curiosamente neste bar não vi “caixinha” pra gorjeta – acredito que na Ásia não seja muito comum.

Revistas internacionais também estavam disponíveis para os passageiros nesta estante.

Logo atrás do bar tinha um corredor com estas colunas que era onde ficava o buffet.

A área não era muito grande mas tinha uma boa diversidade de pratos quentes, snacks e frios.

Raramente você encontrava talheres ou pratos sujos. Assim que alguém termina de fazer a refeição um funcionário vinha e já recolhia tudo.

Tudo estava muito bem posicionado e apresentado – você nunca tem aquela impressão que está tudo mexido ou faltando algo, sabe?

Queijos, sanduíches, doces, cupcakes, castanhas e uma outra variedade de coisas estavam nesta bancada lateral.

Já ao lado tinha uma estação com pratos quentes tailandeses.

Sorvete Haagen-Dazs e chopeira à disposição.

Bebidas como refrigerante, águas, sucos e cafés eram no esquema self-service.

No buffet há alguns pratos em exposição para que você possa pedir no estilo “A la carte”. Basta você solicitar ao funcionário que eles preparam na hora pra você. Aliás, eu gosto deste esquema de “ver” a comida antes – assim você já tem uma noção se a “cara” é boa ou não, né non?

Seguindo para o balcão principal havia uma variedade maior de pratos quentes, frutas e também saladas.

Gostei bastante desta sala VIP da Primeira Classe da Singapore Airlines no T3 do Aeroporto de Changi: ampla, bem decorada e com diversas amenidades oferecidas aos passageiros. Senti falta de ter um lugar para descansar, ou poltronas que reclinam como uma chaise por exemploafinal pode ter passageiros com conexões longas que queira se esticar ou ter um pouco mais de conforto – então ponto negativo – aliás o mesmo acontece no The Private Room que será o próximo review que eu vou postar.

Em relação ao atendimento – nota 10 – muito bom mesmo – funcionários educados, solicitos e simpáticos – raramente há falhas, concordam?

E vocês já se passaram por lá? Como foi sua experiência?

Avaliação

  • Tamanho:
  • Atendimento:
  • Internet:
  • Conforto:
  • Buffet:
  • Chuveiros:
  • Business Center:
  • Entretenimento:
  • Limpeza:
  • Ocupação:
Média
8.8

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.