fbpx

Chile vai reabrir suas fronteiras para estrangeiros e brasileiros poderão visitar o país ainda em novembro

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

O governo do Chile, através do Diário Oficial, anunciou que a entrada de estrangeiros no país será permitida a partir do dia 23 de novembro. Os viajantes poderão desembarcar apenas pelo Aeroporto de Santiago e deverão cumprir medidas relacionadas à prevenção do novo coronavírus.

Chile reabre

Para entrar no país, os turistas deverão apresentar teste negativo de Covid-19 realizado no máximo 72 horas antes do embarque e declaração detalhada com origem, destino e estado de saúde. Não será obrigatório a quarentena para os turistas que chegam ao país, mas eles serão controlados por um aplicativo que monitora seus sintomas.

Também não haverá restrição em relação a procedência do visitante, ou seja, o país receberá turistas de toda a parte do mundo, independente da situação com o vírus no país de origem.

Mesmo com a abertura, o Chile manterá a restrição em alguns locais públicos para evitar a aglomeração.

“Vimos o que acontece na Europa (em relação a uma segunda onda de casos) e não queremos isso por aqui”, disse a subsecretária de saúde pública, Paula Daza ao jornal local La Tercera. Para Paula, o maior problema da Europa foi que os comércios e os locais públicos voltaram a abrir sem restrições.

“ Isso também vai ser passo a passo, não vamos abrir todas as fronteiras, vamos fazer de forma gradativa, ter um sistema de mitigação muito forte, evitando um aumento significativo no número de casos”, disse. No entanto, alerta, “se virmos que isso tem impacto no aumento do número de casos em qualquer região, vamos voltar a tomar medidas preventivas”.

Alguém planejando visitar o país a partir de 23 de novembro?

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.