fbpx

Classe Econômica da Delta no B767-300 – Honolulu para Tóquio

Avaliações Cias Aéreas Classe Econômica

Por Dérek Arakaki

Após aproveitar alguns dias da minha viagem de Volta ao Mundo no Havaí, era hora de partir para o próximo destino: Tóquio, no Japão! A expectativa era muito alta, já que seria minha primeira vez lá, um país que desde criança tinha o sonho de conhecer.

O voo seria longo, cerca de 9 horas de duração e operado com a Delta. Estava particularmente curioso, pois já havia voado algumas vezes com a companhia, mas sempre em rotas entre o Brasil e Estados Unidos. Muitos me disseram que os voos para o Japão tinham um nível de serviço excelente, queria ver isso de perto!

Voo DL181 – 17/04/2019
Honolulu (HNL) ✈ Tóquio (NRT)
Assento: 18A – Classe Econômica
Partida: 10:01 / Chegada: 14:05+1 / Duração: 9h04
Aeronave: B767-300ER

pular para… 


Check-in

O voo partia às 10 da manhã, então cheguei no aeroporto bem cedo. Eu já tinha noção que o Havaí era um destino muito popular entre os japoneses, e a fila para o check-in só me comprovou isso, rs. Muita gente esperando para despachar as malas e eu até poderia ficar preocupado com a demora, mas…

Era hora de utilizar, novamente, o benefício do status no programa de fidelidade, mesmo não sendo o mais alto! Explico mais uma vez, pois a lógica foi a mesma do voo da American Airlines em que utilizei meu status Gold da LATAM (Ruby na oneworld) para ter acesso a fila preferencial.

Eu também tenho status Silver no Flying Blue, programa de fidelidade da Air France/KLM. Ele possui uma correspondência de status ao Elite na SkyTeam, ou seja, toda vez que eu estiver voando com qualquer companhia dessa aliança, como a Delta, eu posso usufruir dos benefícios desse status, entre eles, o de acesso a fila preferencial.

Para saber mais sobre status no programa de fidelidade e a correspondência na aliança aérea, recomendo a leitura desse post que escrevi para o site.

Bom, a fila preferencial estava bem tranquila! Isso agilizou muito o meu processo.

Veja abaixo quem pode acessá-la:

  • Passageiros voando na Delta One, First ou Business Class;
  • Passageiros com status Diamond, Platinum, Gold ou Silver Medallion no SkyMiles;
  • Passageiros com status Elite (meu caso) ou Elite Plus na SkyTeam;
  • Passageiros voando na Upper Class da Virgin Atlantic;
  • Passageiros com status Gold no Flying Club (Virgin Atlantic);
  • Passageiros com status Smiles Diamante na GOL.


Embarque

Após ter despachado a mala e dado uma passadinha pela “Sala Vip” IASS Hawaii Lounge, (leiam a avaliação para entender porque ela não é tão VIP assim, rs), fui em direção ao gate.

O processo de embarque foi excelente! TODOS os passageiros permanceram sentados e foram levantado conforme cada grupo era chamado. Foi a primeira vez que vi isso acontecer nos voos que já fiz. Foi uma prévia da educação do povo japonês, que pude ver de perto nos meus dias por lá.

Que bom seria se todos os voos fossem assim, uma tranquilidade, zero tumulto com todos esperando sua vez.


Cabine e Configuração

Esse voo foi operado com o Boeing 767-300ER da Delta que conta com a classe executiva (Delta One), econômica com mais espaço (Delta Comfort+) e a econômica. Como não havia disponibilidade de assentos na Comfort+ para reservar utilizando meu status da SkyTeam, realizei o voo na econômica padrão.

Nessa aeronave os assentos da economy ficam dispostos no layout 2-3-2, a minha escolha foi pelo 18A.

Quando chamaram meu grupo, eu já fui correndo para dentro da aeronave, afinal, se tirar fotos com a cabine vazia já é difícil na executiva, imagina na econômica! Sempre um desafio, mas deu tudo certo.

Assim que entrei na aeronave algo me chamou a atenção positivamente: a limpeza da cabine… Sério, estava impecável!


Assento

Já comentei em outros reviews aqui no site que o layout com apenas 2 assentos da janela, na econômica, é meu favorito para quem viaja sozinho ou acompanhado. A minha preferência é sempre por viajar na janela e, nesse caso, teria que incomodar apenas um passageiro caso quisesse levantar.

Os assentos da econômica da Delta, nessa aeronave, contam com aproximadamente 81cm de espaço e 45cm de largura e têm tomadas compartilhadas entre os passageiros.

Nesse voo, a Delta oferece os seguintes itens:

  • Uma manta (bem mais grossa que o normal);
  • Um travesseiro (bem mais almofadado do que aqueles mini-travesseiros);
  • Um chinelo descartável (que eu nunca tinha recebido em outros voos de economy).

Ou seja, além da limpeza da cabine, outros 3 pontos super positivos aqui!

Antes da decolagem os comissários também passaram distribuindo um kit com tapa olho e tampão de ouvido, algo que não vemos com tanta frequência na econômica também. Além disso, também foram oferecidos aos passageiros fones de ouvido e lenços umedecidos.


Entretenimento de Bordo

Todos os assentos contam com entretenimento de bordo individual com tela touch screen e entrada USB para carregar os dispositivos. O conteúdo era bem completo e variado, incluindo filmes, séries, músicas e jogos:

E é claro, o tradicional mapa do voo que eu passei um bom tempo acompanhando, era incrível pensar que dentro de algumas horas estaria chegando pela primeira vez no Japão.


Serviço de Bordo

Mais um ponto positivo aqui, a Delta disponibiliza um menu com as opções de serviço de bordo. Bem melhor poder ler com antecedência e escolher com calma, do que ter que decidir na hora em que os comissários passam falando as opções, não acha?

Veja abaixo o menu com destaque especial para o sorvete Ben Jerry’s que seria servido no meio do voo, rs.

Junto com o menu também foi oferecido para os passageiros um snack e uma bebida:

Após alguns minutos os comissários passaram com o prato principal. Eu optei pelo ravioli com molho rosé e tomates, acompanhado de uma salada e um cookie. Confesso que foi uma das melhores refeições que já experimentei na classe econômica! Tudo estava delicioso, principalmente a salada!

Bom, depois ter me alimentado muito bem eu aproveitei para dormir por algumas horas, mas já na expectativa pelo sorvete. E uma hora ele chegou! Até parece ser calculado para ser servido quando os passageiros começam a ficar inquietos pela demora do voo para dar uma nova energia. Comigo funcionou demais, foi entregue no momento certo.

Depois de mais algumas horas de voo, quase chegando em Tóquio, foi servido o último serviço de bordo. Na verdade um box com um sanduíche, e dois tipos de macadâmias:


Wi-Fi e Conectividade

A Delta disponibiliza no voo Wi-Fi gratuito e ilimitado para troca de mensagens. Mas há também outras opções de pacotes para quem deseja navegar na internet, por exemplo. Uma opção interessante é através da parceria com a T-Mobile, onde basta informar um número de telefone da operadora e a navegação é liberada, inclusive para postar fotos e vídeos.

O destaque nesse voo fica para a EXCELENTE cobertura. Funcionou desde o Havaí até o Japão sem nenhuma interrupção.

Aproveitando o assunto conectividade, vale falar também do aplicativo da Delta, que informa o status da sua bagagem. Não sei vocês, mas me dá uma tranquilidade ler a informação de que ela está a bordo da aeronave. Imagina chegar no Japão sem mala? Rs.


Como eu fiz essa emissão

Essa passagem foi emitida através da Smiles e custou 40.000 milhas mais R$20,69 de taxas. Fiquei impressionado como são baratas as taxas dos voos saindo de lá.


Comentário

Que voo incrível! A sensação ao sair do avião foi de que eu tinha acabado de fazer o melhor voo da minha vida (em classe econômica)! Vale até listar os motivos:

  • Aeronave com uma limpeza impecável;
  • Atendimento excelente de toda tripulação da Delta;
  • Amenities para os passageiros, mesmo que em econômica;
  • Serviço de bordo completo e saboroso;
  • Internet gratuita e sem interrupções.

Ah! Outro ponto que vale mencionar, mas que já era esperado, foi o silêncio a bordo da aeronave, um ambiente de verdadeira paz, rs. Fiquei impressionado como as 9 horas passaram voando, rs.

Vale deixar registrado, novamente, que recebi diversas mensagens no Instagram do @passageirodeprimeira e no @derekarakaki, que os voos de/para o Japão de diversas companhias aéreas, normalmente, possuem um nível de serviço superior. Muitos citaram que é em função do nível de exigência do japonês, que até aceita pagar tarifas mais elevadas, mas que exige uma contrapartida em relação a isso.

Para os leitores que já tiveram a oportunidade de visitar o Japão, como foi seu voo até lá? Sentiu diferença no serviço em comparação as outras rotas?

Deixo abaixo um registro da minha chegada no Aeroporto de Narita, o pessoal já está no clima para os jogos olímpicos de 2020, alguém vai?


ainda sobre essa viagem…

Avaliação

  • Check-in:
  • Embarque:
  • Poltrona:
  • Atendimento:
  • Refeição:
  • Entretenimento de bordo:
  • Amenity Kit:
  • Internet:
  • Pontualidade:
  • Limpeza:
Média
9.2

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliações de voos, salas vips, hotéis, cartões de crédito e promoções.