fbpx

Como Dubai está respondendo ao Coronavírus

Notícias

Por Lays Laraya

Saudações de Dubai, amigos queridos do PP!

Sei que tenho estado sumida por aqui e apesar de estar cheia de desculpas pra me justificar, estamos em tempos de ação e não de desculpas. Pensei em fazer este post para dividir com vocês um pouco sobre minha experiência como profissional da indústria de turismo, vivendo dias de coronavírus como expatriada em Dubai.

Todos nós certamente concordamos que nunca vivemos dias como os atuais e esperamos nunca mais viver, depois que tudo isso passar – e vai passar! E apesar de saber que o impacto econômico é sem fronteiras e bem generalizado, tenho tido a oportunidade de observar as dimensões de um necessário e urgente isolamento social neste destino que é o quarto mais visitado no mundo. No artigo de hoje, vou falar sobre os vários métodos de prevenção adotados por aqui, principalmente nos últimos 45 dias, e também informações sobre o que esperar se você estiver planejando visitar nosso destino.


Aeroportos e transporte aéreo

Além de ser um destino, Dubai através da Emirates é também dos maiores hubs aéreos do mundo. Consequentemente, começamos a ver as primeiras respostas ao vírus vindo do Dubai Airports e também da Emirates. Quando os casos aqui nos Emirados ainda eram 4 (vindos de turistas diretamente de Wuhan) no final de Janeiro, as instituições já iniciaram as mobilizações de prevenção através do aumento de desinfecção de áreas públicas e também de monitoramento remoto de temperatura de passageiros. Penso que isso acabou passando uma certa segurança aos nossos turistas e parceiros de indústria, e apesar de uma grande queda em números de turistas chineses, continuamos a receber turistas de outros mercados no mês de Fevereiro.

O cenário já mudou muito pelo mundo todo desde o final de Janeiro e também por aqui. Contudo, a população continua bem confiante e não vimos sinal de pânico como os relatados ao redor do mundo. Hoje o país já confirmou 98 casos, sendo que 23 já foram reestabelecidos, enquanto 75 continuam ativos. Com 2 casos críticos, nenhum dos casos confirmados nos Emirados até hoje resultou em fatalidade.


Suspensão de vistos de entrada para os Emirados

Várias medidas adicionais foram adotadas pelo governo, especialmente depois da recente classificação do COVID-19 como uma pandemia pela OMS. Muitas delas afetam diretamente a nossa indústria turística, entretanto todas apoiadas e cumpridas pelos estabelecimentos afetados. Uma das mais recentes foi a suspenção da emissão de vistos, o que causou uma certa comoção (e vários DMs no meu instagram!), já que apesar do agravamento internacional, os Emirados ainda são vistos como um destino muito seguro para se viajar.

A suspensão entretanto não se aplica a cidadãos de países que recebem vistos na entrada, que por sinal é o caso do Brasil. Uma lista completa dos países que continuam a ter permissão de entrada está no site to Dubai Airports. Entretanto, com a constante evolução do contexto mundial, sempre consulte sua empresa aérea para informações mais recentes.


Medidas adicionais restringindo atrações e atividades turísticas

E na medida em que o contexto internacional se escala com o número de infecções continuando a crescer exponencialmente, por aqui várias das estratégias para promover distanciamento social também ja foram adotadas. Todas afetam diretamente as atividades turísticas, já que limitam e muito as opções de lazer da cidade. Abaixo listo alguns exemplos dos fechamentos mais recentes, que ficarão em vigor pelo menos até o final de Março:

  • Atrações turísticas como o At The Top Burj Khalifa,  Dubai Frame, museus e parques temáticos
  • Cinema, teatros e casas de show
  • Spas, academias e salões de beleza
  • Bares e casas noturnas
  • Parques e praias públicas
  • Espaços para eventos e casamentos

Estímulos econômicos

Como esperado, nossa indústria começou a sofrer os efeitos do coronavírus instantaneamente. Apesar disso, o governo desencorajou expressamente a população a viajar, mesmo sabendo da importância de viagens a economia interna.

As reações de suporte econômico têm sido bem ágeis e o governo já confirmou um estímulo no valor total de 100 bilhões de Dirhams (aproximadamente 135 bilhões de Reais) para mitigar o desaceleramento da economia e queda nas atividades.


Outras medidas adotadas pelos Emirados Arabes Unidos

Já no âmbito governamental e de segurança pública, as estratégias adotadas incluem por exemplo:

  • Desinfecção constante de toda a rede de transportes públicos
  • Desinfecção das principais áreas públicas, inclusive shopping malls abertos e fechados
  • Adiamento de todas as cirugias de caráter eletivo
  • Hospital (Medical City) em afastamento da cidade, dedicado exclusivamente para o tratamento de casos confirmados
  • Suspenção de aulas presenciais em escolas, creches, universidades e outros centros de treinamento e ensino


Monitoramento de rumores nas mídias sociais e pena de detenção para infratores

Termino minha “lista” com uma das mais polêmicas e também mais efetivas medidas do governo para controlar o pânico e proteger os interesses da sociedade. Hoje mesmo o Attorney General dos Emirados Dr Hamad Al Shamsi fez um pronunciamento afirmando que “Todo indivíduo que espalhar rumores sobre coronavírus em mídias sociais estarão sujeitos a prisão temporária.” Há quem critique uma suposta falta de liberdade de expressão… Eu sou da opinião de que, em momentos de crise, não existe espaço para a falta de responsabilidade social fantasiada de liberdade de expressão.


Continuo aqui otimista, positiva em confiante não só num governo que passei a admirar, mas acima de tudo em um Deus que permanece no controle de todas as coisas e não deve tardar a nos tirar dessa. Espero muito em breve receber a visita de vários leitores do PP em plena saúde aqui na #myDubai.

Abraços sinceros e um desejo de muita saúde a todos!

Lays (@skywardsfreak)

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.