fbpx

Companhias aéreas começam a programar voos para o novo Aeroporto de Berlim

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

Companhias que integram o Grupo Lufthansa já anunciaram a data em que começarão a operar no novo aeroporto de Berlim – Berlin Brandenburg Airport (BER). O grupo vai deixar de operar em Tegel (TXL) e iniciar suas atuações no novo aeroporto alemão em novembro.

Austrian, Lufthansa e SWISS chegarão em Brandenburg no dia 8 de novembro. A partir desta data, clientes que desejarem voar de/para a capital alemã terão seus voos sendo operados para o novo local, ao invés de Tegel, como era anteriormente.

Nos preocupamos com Berlim. Aliás, ninguém se preocupa tanto com a cidade quanto nós. Seis integrantes do grupo voam para a capital da Alemanha, com uma média de 33 mil passageiros por dia. Berlim é uma cidade fascinante e merece um aeroporto à altura, não apenas no tamanho ou na tecnologia, mas tamém em outras melhorias, como a chegada ao aeroporto e nos voos de longa distância de/para a capital. O novo aeroporto também permitirá maiores conexões a Rostock, Dresden e Hamburgo, fortalecendo ainda mais essas rotas“, disse o executivo do grupo, Harry Hohmeister.

Mesmo sem ser inaugurado, Brandenbourg é bastante comentado na mídia. Isso se deve, pois desde sua construção (em 2006) até os dias atuais, o aeroporto vem enfrentando diversos impedimentos e está adiando, a cada ano que passa, sua inauguração.


Brandenbourg: uma década perdida

Tegel é o terceiro aeroporto principal da Alemanha, atrás de Frankfurt e Munique. Para suprir as demandas da aviação e do turismo, era eminente que um novo aeroporto deveria ser construído na capital do país. Por isso que, em 2006, foi aprovada a construção de Brandenbourg. Após cinco anos do início da construção ele enfim estava pronto para começar a operar.

Com data inaugural marcada para outubro de 2011, a Alemanha estava bastante empolgada para oferecer um aeroporto melhor e mais moderno no coração do país. Mas a inauguração teve de ser cancelada, pois foi descoberto um esquema de corrupção na empreiteira. Com nova data, tudo estava certo (ou pelo menos deveria estar) para que o aeroporto começasse a operar de uma vez.

Porém a estreia teve que ser, mais uma vez, postergada. Dessa vez, ao invés da corrupção, o impedimento na inauguração foi devido a um problema com o alvará do local. Bombeiros descobriram uma série de problemas com a segurança – principalmente em casos de incêndio – tardando a data inaugural para o ano seguinte.

Nem 2013, nem 2014, nem 2015. O início de operações de Brandenbourg tardava, ao passo que mais problemas (tanto corruptos, quanto de engenharia) apareciam. Devido a impasses internos com a construtora, a inauguração foi remarcada para 2014. Que teve de ser adiada para 2015 após a descoberta de que o engenheiro-chefe do aeroporto, na verdade, nem engenheiro era. Por conta disso, a construtora teve de pagar uma multa muito alta e, mais uma vez, adiar a estreia.

Apenas em 2016 que o projeto parecia sair, de vez, do papel. Porém, o porta-voz da construtora deu uma entrevista bastante curiosa, apontando escândalos de corrupção e a quantidade de Euro desperdiçado na construção do aeroporto. Após a repercussão negativa da entrevista no país, ele foi demitido. A inauguração foi adiada mais uma vez, dessa vez sem previsão.

Com a quantidade de remarcações e adiamentos, nenhuma companhia mostrava interesse em operar no aeroporto. Aliás, a própria Lufthansa, em 2017, preferiu honrar os slots da falida Air Berlin em Frankfurt e Munique, do que apostar em Brandenbourg. Ainda no ano de 2017, uma inspeção foi feita no aeroporto antes de agendar uma data para a inauguração. A inspeção revelou uma série de falhas ligadas, novamente, ao incêndio – como alarmes, exaustores e extintores.

À essa altura, com os níveis dos problemas e com a dificuldade em conseguir um alvará, a inauguração estava prevista para acontecer apenas em 2022, ou seja, 16 anos após o início das obras. Mas uma nova esperança foi dada ao povo da capital, pois ano passado foi anunciado que o aeroporto deverá ser inaugurado em outubro deste ano.


Expectativas do aeroporto

De fato, o novo aeroporto vem para desafogar as operações de Tegel. A gerência de Brandenbourg é bastante ambiciosa e quer vê-lo transportar cerca de 55 milhões de pessoas até 2040.


Possível inauguração

Se tudo ocorrer conforme o planejado, o aeroporto inicia suas operações em 31 de outubro. A low-cost Eurowings será a primeira companhia aérea do grupo Lufthansa a operar no local, com voo agendado para 4 de novembro.

A chegada da Lufthansa no novo aeroporto ocorrerá quatro dias depois, 8 de novembro, após fazer seu voo de despedida do aeroporto de Tegel, em rota ligando Berlim à Munique, no dia 7. No dia seguinte, o voo inaugural da empresa em Brundenbourg está previsto para ocorrer às 6h30 da manhã do dia 8/11, em voo ligando a capital da Alemanha a Frankfurt.

Ainda no dia 8, outras integrantes do grupo também iniciarão suas atividades no aeroporto, são elas Austrian, SWISS e a belga Brussels.


Sala VIP

Segundo o site do grupo, o aeroporto já conta com um Lufthansa Lounge. O espaço ocupa 1.600 m² e pode ser acessado por passageiros voando na Classe Executiva de qualquer companhia do grupo, bem como viajantes que possuam status Gold na Star Alliance, ou Senator e HON no Miles&More.


Comentário

Ao que tudo indica o novo Aeroporto de Berlim deve ser enfim inaugurado. Se você tem viagem para a capital da Alemanha, vale ficar atento as suas reservas e se planejar para pousar no novo local.

Alguém com passagens para Berlim?

  • Para mais informações sobre o novo aeroporto, clique aqui.

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.