fbpx

Conheça a companhia que vai usar um 747 para colocar satélites em órbita

Notícias

Por Dérek Arakaki

Você conhece a Virgin Orbit? A companhia, que faz parte do Virgin Group, foi criada em 2007 para fornecer o serviço de lançamento de pequenos satélites. O curioso disso tudo é justamente a forma como esses satélites serão colocados em órbita: utilizando um Boeing 747, que recebeu o nome de Cosmic Girl.


Como vai funcionar

A empresa desenvolveu um pequeno foguete chamado LauncherOne, projetado para decolar sob a asa da Cosmic Girl. O avião deve voar a uma altitude de 35.000 pés e, a partir daí, o LauncherOne cairá de sua asa e acenderá seu motor principal. Feito isso, ele subirá o resto do caminho até o espaço.


O LauncherOne

O LauncherOne é um veículo de lançamento orbital em dois estágios, que vem sendo desenvolvido pela Virgin Orbit desde 2007. O conceito original, que foi elaborado entre os anos de 2007 e 2015, era de um foguete com uma capacidade menor (200 kg). Em 2015 esse projeto foi arquivado e substituído por um de maior capacidade, capaz de colocar uma carga útil de 300 kg em órbita com um custo estimado inferior a US$ 12 milhões.


O Boeing 747 – Cosmic Girl

O Cosmic Girl é um Boeing 747-400 de passageiros, que era utilizado por outra empresa do grupo, a Virgin Atlantic. Ele foi produzido em 2001 na fábrica da Boeing em Everett. Seu primeiro voo foi realizado em 29 de setembro de 2001 e, em 31 de outubro de 2001, foi entregue à Virgin Atlantic, onde foi registrada com a matrícula G-VWOW.

Em 2015, a aeronave foi comprada pela Virgin Galactic para ser usada como plataforma de lançamento do LauncherOne. Em 2017, a aeronave foi transferida para a subsidiária de lançamento orbital, Virgin Orbit, e sua pintura foi substituída pela da atual empresa.


Primeiro voo teste

No último domingo (12), a empresa realizou um ensaio de como pretende colocar os satélites em órbita, mas sem de fato lançar o satélite. A demonstração, que foi bem-sucedida, deve abrir caminho para o lançamento do primeiro satélite em breve.

Durante o voo, a Virgin Orbit realizou várias etapas do processo de lançamento. A empresa abasteceu o LauncherOne de nitrogênio líquido, que é semelhante em temperatura ao propulsor de oxigênio líquido que o foguete carregará quando estiver pronto para voar. A Cosmic Girl partiu então das instalações da Virgin Orbit em Mojave, Califórnia.

O avião voou para o local exato sobre o oceano onde o LauncherOne cairá durante seu primeiro teste. A aeronave até realizou a mesma manobra que fará pouco antes do LauncherOne se soltar de sua asa, ou seja, posicionando o foguete no ângulo certo para entrar em órbita. Para este ensaio, o foguete permaneceu preso e o avião retornou para Mojave depois.


Comentário

Muito interessante acompanhar o desenvolvimento desse projeto, quem diria que iriamos ver a Rainha dos Céus sendo utilizada para o lançamento de pequenos foguetes! A Virgin Orbit informou que a demonstração do último domingo foi bem sucedida e que fornecerá mais detalhes sobre seus planos para o primeiro lançamento de teste em breve. Nos resta aguardar!

O que você achou desse projeto?

  • Para mais informações sobre a Virgin Orbit, clique aqui.

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.