fbpx

Coronavírus: Governo mandará avião para buscar brasileiros em Wuhan, na China

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

Os ministérios da Defesa e das Relações Exteriores informaram por meio de nota, que o governo irá resgatar todos os brasileiros que desejarem retornar de Wuhan – a cidade mais afetada pelo coronavírus na China.

Em entrevista ao G1, o ministro de Relações Exteriores, Ernesto Araújo, disse “é claro que a gente sabe da ansiedade das pessoas que estão lá, e dos familiares no Brasil, de trazer essas pessoas. Então estamos trabalhando de maneira mais acelerada que nós podemos. Existem várias variáveis que estão se encaixando: a negociação com o governo chinês, a questão do plano de voo, escala, a montagem do sistema aqui da quarentena. Mas isso acho que é uma questão pra muito breve“.

O itinerário e o protocolo para que os cidadãos manifestem o interesse de retornar ao Brasil ainda não foram divulgados. Segundo o governo, a Embaixada do Brasil em Pequim ficará responsável por esses trâmites.


Apelo de brasileiros

A decisão veio após a repercussão de um vídeo aonde mostra brasileiros que moram na região pedindo ajuda ao governo brasileiro. Veja abaixo:

Os brasileiros leem uma carta aberta em que pedem ajuda para deixarem a China e retornarem ao Brasil. Eles frisam que estão dispostos a, se necessário, ficarem em quarentena.

A FAB está planejando um voo para a região, em uma possível aeronave fretada. O custo estimado é de 500 mil dólares e, segundo reportagem do UOL, o voo terá escala em Israel. Veja o que disse o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni.

“Uma aeronave da FAB” buscará o grupo de brasileiros “no máximo na terça-feira” após uma escala em Israel. “A tendência é no máximo amanhã essa aeronave sair do Brasil para buscá-los e deve estar de volta até quinta-feira, ou no máximo sexta pela manhã”.

Assim que voltarem ao país ficarão em quarentena, como uma medida provisória do Ministério da Saúde“, disse o ministro. “Na volta, estima-se que a aeronave da FAB pouse em Anápolis (GO), mas não há nada certo. A região Sul também é uma opção“, finalizou.


Nota do governo brasileiro

O governo brasileiro adota todas as medidas necessárias para trazer de volta ao Brasil os cidadãos brasileiros que se encontram na província de Hubei, especificamente na cidade de Wuhan, na China, região de origem da epidemia do coronavírus. Serão trazidos todos os brasileiros que se encontram naquela região e que manifestarem desejo de retornar ao Brasil.

Assim que chegarem ao Brasil, eles deverão ser submetidos a quarentena, de acordo com procedimentos internacionais, sob a orientação do Ministério da Saúde.

O Ministério da Defesa, por meio da Força Aérea Brasileira, trabalha na elaboração do plano de voo da aeronave, possivelmente fretada, que será enviada à China. Os detalhes da operação, que está sendo planejada, serão informados posteriormente. A Embaixada do Brasil em Pequim entrará em contato para prestar informações e organizar os procedimentos cabíveis.

Duas brasileiras, que se encontravam em Wuhan e também possuíam nacionalidade portuguesa, já embarcaram em voo francês que transportou cidadãos da União Europeia. Elas farão quarentena em Portugal.


Por conta do coronavírus, algumas companhias aéreas mudaram suas operações para o território chinês, saiba o posicionamento oficial acessando este post.

Planeja fazer uma viagem e está preocupado com o surto do vírus? Veja o que fazer clicando aqui.

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.