fbpx

Dragon Pass reajusta para US$27 o custo de acesso a sala VIP para clientes Dufry

Notícias Programas de fidelidade

Por Lorenzo Firmino

Pessoal, há quase três meses escrevi um post sobre como acessar salas VIP pagando US$10 por entrada através da parceria do RED by Dufry com a rede de lounges DragonPass – presente em mais de 450 aeroportos em 115 países. Infelizmente, desde 01º de março este valor foi reajustado para US$27. Tanto as novas adesões, quanto as antigas, agora estão sujeitas a este novo custo por acesso a sala VIP.

salas VIP por 10 dólares


O que mudou

Até o final de fevereiro o custo por acesso a sala VIP através através da parceria do RED by Dufry com o DragonPass variava de acordo com a categoria do cliente no programa do free shop. Clientes Dufry Platinum pagavam apenas US$10. Agora todos os clientes pagam US$27 por acesso.

Veja este exemplo no Aeroporto de Londres Heathrow/LHR:

A forma de obter a assinatura do DragonPass não mudou. Basta selecionar uma das salas VIP disponíveis no app RED by Dufry e solicitar sua adesão ao DragonPass. Você pode utilizar nosso antigo tutorial para isso.


Comparação

A adesão ao plano do Dragon Pass oferecido pelo RED by Dufry continua sendo 100% gratuita. Entretanto, o custo por acesso a sala VIP saltou de US$10 para US$27 – o que é lamentável. Todavia, comparando o plano oferecido pelo RED by Dufry com os planos comercializados pelo próprio Dragon Pass, ainda vale a pena.

Observe que o Dragon Pass cobra US$99 por ano + US$31 por acesso a sala VIP no plano Classic (o mais simples deles).

Ou seja, o RED by Dufry ainda oferece uma opção vantajosa: um plano sem anuidade e com valor de acesso reduzido em relação ao praticado pelo próprio Dragon Pass e programas como o LoungeKey e o Priority Pass.


Comentário

Infelizmente os tempos de acesso a salas VIP pagando US$10 ficou pra trás. É uma pena. Eu mesmo aproveitei muitas salas VIP pagando ‘dez doletas’ e sei que muitos de vocês também.

O aumento em 170% no custo por acesso foi totalmente inesperado – entendo que, pelo menos para antigas adesões, o valor deveria ter permanecido até o fim da vigência do plano (que normalmente é válida por 1 ano). Por outro lado, não sei se é cabível contestar alterações e/ou a falta de aviso prévio quando se trata de um benefício que foi proporcionado de forma gratuita.

Que pena que acabou,
Uô, uô, uô, uô… 🎶

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.