fbpx

Emirates oferecerá embarque por biometria para os EUA

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

A companhia aérea Emirates, recebeu aprovação para fornecer a tecnologia de embarque por biometria, em voos ligando os Emirados Árabes aos Estados Unidos. O novo sistema havia sido implantado em voos ligando Dubai às cidades de Nova York e Los Angeles como forma de um projeto piloto, durante os meses de julho e agosto. Com a aprovação, a empresa é a primeira fora dos Estados Unidos a receber aprovação do embarque biométrico da Proteção de Fronteira Aduaneira (CBP) dos EUA.


Como funciona?

Primeiramente, para realizar este tipo de embarque não é preciso ter cadastro prévio.

No portão de embarque, o sistema vai acessar a foto do passageiro, a mesma que está armazenada nos dados de Proteção de Fronteiras Aduaneiras norte-americano. Com isso, ao bater as duas imagens, o passageiro já pode prosseguir a voo. Contudo, àqueles que não viajam aos Estados Unidos há bastante tempo ou cuja foto não está na galeria de imagens do CBP, o sistema pode não funcionar corretamente. Nesse caso, basta o cliente se aproximar das mesas dos portões e solicitar o embarque.

É bom lembrar que, mesmo com a tecnologia, passageiros que optarem pelo embarque tradicional – sem a biometria -, também poderão fazê-lo. Além disso, segundo a Emirates, nenhum dado fornecido será utilizado em prol da empresa. Todos serão geridos e armazenados pelo CBP.

O serviço de embarque por biometria ainda não tem uma data de funcionamento, mas a Emirates espera implantá-la até o fim do ano. Assim que instalada, ela estará disponível para voos ligando as 12 cidades americanas que a companhia opera: Nova York, São Francisco, Newark, Boston, Chicago, Dallas, Houston, Los Angeles, Seattle, Orlando, Washington e Fort Lauderdale.


Comentário

Muito interessante ver companhias aéreas buscando se modernizar, mas também facilitar a vida de seus clientes. A Emirates diz que o embarque biométrico não demora mais que dois segundos e que vem para substituir os passaportes e documentos de identidade.

Apesar de ter recebido aprovação para entrar em operação nos embarques ligando os Emirados Árabes aos Estados Unidos, a companhia está contatando autoridades de outros países para tentar implementar o serviço.

A novidade está crescendo com uma certa rapidez. Há pouco tempo, postamos que a Delta estava implementando essa tecnologia em cinco aeroportos norte-americanos. Já no Brasil, a GOL também começou a testar o serviço.

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.