fbpx

GOL reduzirá capacidade internacional em até 95% para enfrentar o impacto do coronavírus (atualizado)

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

Não é novidade que o surto de coronavírus impactou (e muito) as companhias aéreas. Desde que eclodiu, muitas empresas tiveram de mudar sua atuação em alguns países por medidas de segurança e para evitar que o vírus se alastrasse para outros cantos do mundo. Com a GOL, não foi diferente. Por conta disso, a companhia veio a público anunciar que estará reduzindo sua capacidade internacional em até 95% para enfrentar o impacto que o coronavírus está causando.

Nas últimas semanas, o Covid-19 se tornou uma prioridade para governos e empresas em todo o mundo. Diante disso, estamos trabalhando muito para apoiar as pessoas, as comunidades e os negócios que dependem de nós como líderes de responsabilidade, clareza e compromisso”, afirma Paulo Kakinoff, Presidente. “Hoje, além de compartilhar as ações adotadas, estamos nos colocando à inteira disposição para auxiliar as autoridades brasileiras no atendimento às necessidades da população”.

A GOL está monitorando ativamente as buscas por passagens e tendências de vendas, bem como a dinâmica do setor de empresas aéreas em geral. Em fevereiro, a Companhia observou um efeito muito pequeno com o avanço do Covid-19, e não foi preciso ajustar o seu nível de serviço aos Clientes. No entanto, nesses últimos dias, houve um declínio mais significativo na demanda em todo o mercado de viagens aéreas no Brasil.

Mesmo com a atual situação comprometendo as viagens, a GOL não havia, até então, cancelado qualquer voo doméstico. No entanto, levando em conta o cenário atual, após cuidadosa avaliação, a companhia se deparou com a necessidade de fazer uma adequação em sua malha aérea, sem interrupção de serviço para qualquer destino doméstico

Inicialmente, para adequar a oferta à demanda, e em função das restrições de viagem impostas pelas autoridades, a GOL reduzirá sua capacidade total em aproximadamente 60% a 70% até meados de junho, sendo uma redução de 50% a 60% no mercado doméstico e uma redução de 90% a 95% no mercado internacional.

A GOL está pronta para ajustar sua oferta de voos de maneira ágil e racional, até que os níveis de demanda de clientes voltem à normalidade. A companhia ainda possui a habilidade para implementar prontamente ajustes mais severos, se necessários, sem ter que revisar os seus planos de frota ou estrutura corporativa.


Atualizado, 17/03 às 15:15

A GOL nos informou agora há pouco que “todas as operações internacionais serão suspensas a partir de 23 de março; ação é resposta da companhia à segurança em relação ao COVID-19, à diminuição da demanda e às restrições impostas pelas autoridades estrangeiras”.

Argentina
Galeão (GIG)-Córdoba (COR): voo 7613 – última operação – 22/3.
Galeão (GIG)-Rosário (ROS): voo 7617 – última operação – 22/3.
Galeão (GIG)-Ezeiza (EZE): última operação 20/3.
Guarulhos (GRU)-Ezeiza (EZE): última operação 21/3.
Guarulhos (GRU)-Mendoza (MDZ): última operação 19/3.
Recife (REC)-Ezeiza (EZE): última operação 14/3.
Natal (NAT)-Ezeiza (EZE): última operação 16/3.
Salvador (SSA)-Ezeiza (EZE): última operação 14/3.
Fortaleza (FOR)-Ezeiza (EZE): última operação 14/3.

Bolívia
(Guarulhos) GRU-Santa Cruz de La Sierra (VVI): última operação 19/3.

Chile
Guarulhos (GRU)-Santiago (SCL): diurno (voos 7660 e 7663): última operação 20/3.
Guarulhos (GRU)-Santiago (SCL): voo 7662 – última operação 20/3; e voo 7661 (SCL-GRU) – última operação 21/3.
Santiago (SCL)-Guarulhos (GRU): última operação 21/3.
Recife (REC)-Santiago (SCL): última operação 14/3.

Equador
Guarulhos (GRU)-Quito (UIO): última operação 15/3.

Estados Unidos
Brasília (BSB)-Orlando (MCO): última operação 20/3.
Fortaleza (FOR)-Orlando (MCO): última operação 20/3.
Manaus (MAO)-Orlando (MCO): última operação 14/3.
Brasília (BSB)-Miami (MIA): última operação 19/3.

México
Brasília (BSB)-Cancún (CUN): última operação 20/3.

Paraguai
Assunção (ASU)-Guarulhos (GRU): última operação 20/3.

Peru
Guarulhos (GRU)-Lima (LIM): última operação 15/3.

República Dominicana
Guarulhos (GRU)-Punta Cana (PUJ): última operação 21/3.

Suriname
Belém (BEL)-Paramaribo (PBM): última operação 07/3.

Uruguai
Recife (REC)-Montevidéu (MVD): última operação 21/3.
Guarulhos (GRU)-Montevidéu (MVD): voo 7632 – última operação 20/03; e voo 7727 – última operação 21/3.
Guarulhos (GRU)-Montevidéu (MVD): voos 7630 e 7631 – última operação 21/3.
Galeão (GIG)-Montevidéu (MVD): última operação 19/3.

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.