fbpx

Inglaterra passa a exigir resultado negativo para a COVID-19 para todos os passageiros

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

Os passageiros que desejam visitar a Terra da Rainha deverão apresentar um resultado negativo para a COVID-19 antes de partir para o país. A ação foi tomada na última sexta-feira (08) em resposta às mudanças observadas na transmissão do vírus tanto na Inglaterra, quanto em outros países do mundo.

Inglaterra Covid-19

O secretário de transportes da Inglaterra, Grant Shapps, anunciou que a partir da próxima semana os passageiros que chegam de barco, avião ou trem terão que fazer um teste até 72 horas antes de deixar o país em que estão, se quiserem passar pelas fronteiras inglesas.

Além da apresentação do resultado negativo, quem chega ao país também deverá fazer uma quarentena obrigatória de 10 dias independente do resultado do teste – podendo ser diminuída para 5 dias, pagando por um teste adicional já em território inglês. Passageiros que chegam de países listados na travel corridor list – que são países cujos casos com o vírus não estejam altos – não precisarão cumprir a quarentena.

“Já temos medidas significativas em vigor para prevenir casos importados de COVID-19, mas com novos casos do vírus se desenvolvendo internacionalmente, devemos tomar mais precauções”, disse Shapps. Juntamente com o período de quarentena obrigatório existente para passageiros retornando de países de alto risco, os testes pré-embarque fornecerão uma linha de defesa adicional – ajudando-nos a controlar o vírus enquanto distribuímos a vacina em ritmo acelerado nas próximas semanas”, finalizou.

Haverá um número limitado de isenções, incluindo para transportadores, crianças menores de 11 anos, e pessoas que viajam de países sem a infraestrutura disponível para realizar os testes. Outras isenções, se houverem, serão publicadas a qualquer momento pelo governo inglês.


Todos os viajantes ainda deverão preencher um formulário de localização de passageiros antes da chegada à Inglaterra. Isso é fundamental para rastrear o vírus no caso de qualquer surto local. Quem não preencher o formulário de localização de passageiros ou quem não cumprir com as novas normas de entrada na Inglaterra estará sujeito a uma multa de £500.

Para mais informações, acesse o portal de notícias do governo.

Baixe o app Passageiro de Primeira

google-play
app-store

10 anos! O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas VIP, hotéis, cartão de crédito e promoções.