fbpx

Las Vegas fecha todos os cassinos devido ao coronavírus

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

Visando deter a propagação do novo coronavírus, o governador do estado de Nevada, Steve Sisolak, determinou o fechamento dos comércios não essenciais, o que inclui, além dos cassinos, bares, cinemas, ginásios e restaurantes. A medida vale por um período de 30 dias.

“É preciso adotar medidas adicionais imediatas para deter a propagação deste vírus mortal em nosso estado”, disse Sisolak em entrevista coletiva. “Devemos dar esse passo pela saúde e a segurança de todos os habitantes de Nevada. Por favor, levem isto a sério e fiquem em casa”.

Como a ordem abrange todo o estado, cassinos em outras cidades, como Reno, também não poderão abrir as portas. Mercados, farmácias, bancos e centros médicos continuarão funcionando normalmente.

Veja abaixo um trecho do comunicado:

Em um momento em que as pessoas ficam doentes simplesmente por estarem perto de outras pessoas, não é hora das academias permanecerem abertas. Este não é o momento para os cassinos permanecerem abertos. Não é hora de centros de recreação comunitária, clubes, cinemas e shoppings permanecerem abertos. Se sua empresa reunir grupos de pessoas, ela não deverá estar aberta.


Lembrando que tanto os hotéis Wynn e Encore, como também o grupo MGM Resorts International, anunciaram o fechamento temporário de suas propriedades em Las Vegas.

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.