fbpx

LATAM vai operar temporariamente dois B777 ex-Singapore Airlines

Notícias

Por Fábio Vilela

Como vocês devem saber, dentro da frota de mais de 300 aviões, atualmente, a LATAM opera 24 aviões Boeing 787 os quais contam com motores Rolls Royce Trent 1000.

No fim de 2016, detectou-se que estes motores requeriam revisões em um tempo menor do que o previsto e, devido a isto, o fabricante implementou um programa de manutenção global preventivo. Dada a grande demanda que existe, no entanto, o cronograma de manutenção foi estendido e, em consequência, atualmente 33% da frota Boeing 787 (8 aeronaves) da empresa se encontra fora de operação.

Para manter a disponibilidade dos voos e proteger as viagens de seus passageiros frente a esta inesperada situação, a LATAM se viu obrigada a implementar uma série de medidas durante os últimos meses, que incluem o arrendamento de 7 aeronaves adicionais e a alteração de itinerários e tipos de aeronaves que operam certas rotas.

Operação temporária de aeronaves da Boeing Capital

LATAM arrendou 2 aviões Boeing 777 (com idade aproximada de 17 anos) da Boeing Capital (são ex-Singapore Airlines), que vão operar com tripulação LATAM em rotas selecionadas de maneira temporária.

Foto: PlaneSpotters.net (https://www.planespotters.net/photo/681844/9v-svf-singapore-airlines-boeing-777-212er)

  • Santiago-Ilha de Páscoa (IPC): A partir de 18 de julho, LATAM operará 3 de suas frequências semanais (quarta-feira, quinta-feira e sexta-feira) na rota Santiago – Ilha de Páscoa

Este primeiro avião que já chegou (matrícula anterior (9V-SVF), tem uma executiva bem antiga, vejam:

Foto: JetPhotos (https://www.jetphotos.com/photo/8122060)

Para minimizar o impacto, você também pode conferir um vídeo desta business quando lançaram ela em 1990, rs.

 

Além disso, a LATAM operará o segundo Boeing 777 da Boeing Capital (também ex-Singapore [matrícula 9V-SVD] nas próximas semanas. Mais informações serão divulgadas oportunamente, portanto aviso vocês!

Vale reiterar que segundo a cia, a manutenção destes motores é uma medida preventiva e não representa, em absoluto, um risco para a segurança dos voos. Questionei a LATAM sobre esta operação temporária, e a cia está oferecendo aos seus passageiros as suas mais sinceras desculpas e está trabalhando com a Rolls-Royce e a Boeing para mitigar os impactos e retomar a operação de seus Boeing 787s antes o possível.

Alguém aí foi afetado?

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliações de voos, salas vips, hotéis, cartões de crédito e promoções.