fbpx

Lufthansa será a única companhia a operar voos de passageiros com o B747 para a América do Sul

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

Com anúncios recentes de aposentaria do 747 de diversas companhias, a Lufthansa será a única companhia aérea a operar voos regulares de passageiros para a América do Sul com a “Rainha dos Céus”. A companhia aérea alemã segue voando com a aeronave para São Paulo a partir de Frankfurt e deverá continuar utilizando o modelo também para Buenos Aires quando os voos para a Argentina forem retomados.

Já para o Rio de Janeiro a troca do B747 para o A340 já estava programada para acontecer, portanto a capital carioca não deve receber mais o gigante quando as operações forem retomadas.


Aposentadoria do 747 ao redor do mundo

Hoje (17) a British Airways anunciou a aposentadoria do 747 e outras companhias também já haviam optado pelo mesmo caminho. A KLM divulgou uma carta de uma comissária se despedindo do modelo, a Qantas preparou três voos especiais de despedida para o 747 e a Virgin também aposentou de vez seus 747.

A British Airways ainda voava esporadicamente com o B747 para São Paulo, intercalando a frequência com um B777 (inclusive este ano noticiamos esta mudança) – mas agora com a aposentadoria definitiva – não veremos mais o gigante inglês por aqui.

Um dos principais motivos é o seu alto consumo de combustível, indo na contramão de uma aviação mais sustentável, que as companhias aéreas buscam hoje em dia. Além disso, com a queda na demanda de passageiros, as companhias estão optando por modelos com a capacidade correta para cada mercado. Inclusive a Boeing já está se preparando para deixar de produzir o jumbo.


Aumento da frequência de voos do Lufthansa Group no Brasil

Como parte do plano de retomada gradual das operações do Lufthansa Group, a partir de setembro, a SWISS contará com cinco voos semanais partindo de São Paulo com destino à Zurique, dois a mais do que a oferta atual; anunciaram executivos do grupo em evento online com jornalistas na manhã desta última quinta-feira (16). Com a adição das novas frequências, o Lufthansa Group passa a conectar o Brasil à Europa com 10 voos semanais, divididos igualmente entre Lufthansa e SWISS.

Desde o início da pandemia, o Lufthansa Group manteve suas atividades no Brasil, com três voos semanais na rota São Paulo- Frankfurt, expandidos para cinco no mês passado. No início de julho foi a vez da SWISS retomar suas operações no País, oferecendo três voos semanais que partem de São Paulo com destino à cidade de Zurique.

O plano de retomada das operações ainda prevê que, a partir de setembro, as companhias aéreas do Lufthansa Group – Lufthansa, SWISS, Austrian Airlines, Brussels Airlines, Air Dolomiti e Eurowings – retomem 90% de suas rotas de curto e médio curso e 70% de suas rotas intercontinentais.

Vale destacar também que, desde junho, a companhia oferece importantes conexões aos passageiros que viajam do Brasil para a Europa e Oriente Médio. Foram retomadas rotas para cidades da Áustria, França, Grécia, Itália, Espanha e Suíça, totalizando 106 destinos apenas na Europa, além de 130 destinos em todo o mundo. Voos para Tel Aviv (Israel) e Dubai (Emirados Árabes) também estão em operação.


Comentários

Então se você pretende voar na “Rainha dos Céus” saindo do Brasil, saiba que ainda será possível com a Lufthansa partindo de São Paulo (GRU).

Algum leitor nosso ainda tinha planos de voar em algum B747 das demais cias que anunciaram a aposentadoria do modelo? Se sim, qual rota?

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.