fbpx

O que acontece quando as companhias aéreas param de servir o mix de castanhas na Primeira Classe?

Notícias

Por Gabriel Marinho

Você já pensou em recriar a experiência de voar em Primeira Classe sem sair de casa? Então esse post é para você! Agora você pode ter a chance de ter na sua casa uma das partes mais importantes e memoráveis da Primeira Classe na sua casa: o mix de castanhas – risos.


Nozes para dar e vender

Quando vemos notícias sobre a queda de demanda no setor aéreo sem precedentes, é difícil visualizar a dimensão do que isso significa. Afinal de contas, o mercado das companhias aéreas é muito complexo e envolve uma cadeia enorme de consumo, muito além de simplesmente transportar passageiros do ponto A ao ponto B. Na última semana, uma das empresas que fornece o mix de nuts para os passageiros da Primeira Classe de algumas das maiores companhias dos EUA, reportou estar com um grande estoque da castanha que não foi comprada.

A GNS Foods, empresa fornecedora das castanhas e nozes torradas para a American Airlines e United há mais de 30 anos, disse que está com um estoque excedente de mais de 22.000kg (sim, 22 toneladas) de oleaginosas que as companhias não quiseram comprar.

Em um ano normal, a GNS assa mais de 1 milhão de kg de nozes em sua fábrica no Texas.

A maior parte da mistura de castanhas de caju, amêndoas, nozes e noz-pecã vai para as principais companhias aéreas. Mas essas empresas não estão servindo nozes agora, nem mesmo na primeira classe.

Quando a pandemia começou, a American Airlines disse à GNS para esperar três semanas com o estoque que a companhia compraria. Depois, a empresa foi informada de que as nozes não voltariam a ser servidas, para diminuir o contato dos comissários de bordo com os passageiros.

Em uma declaração escrita, Kim Peacock da GNS Foods disse que a empresa se ofereceu para embalar as nozes em porções individuais, para serem servidas aos passageiros ou como um presente para os membros do AAdvantage. Nada feito.

No meu último voo na primeira classe, fui servida com uma bandeja de bolachas de queijo e frutas e chocolate embaladaos em material plástico ”, escreveu Peacock. “Mas eles não podem servir as nozes?


E-commerce de… nozes

A GNS agora está tentando se desfazer do seu estoque. Para isso a empresa criou um e-commerce e está vendendo com frete grátis para os EUA.

Os valores começam em US$ 12,95 ou cerca de R$ 70 para um pacote de pouco mais de 500gr. E a mercadoria está sendo vendia com o nome de AA First Class Mixes.

As companhias não quiseram, então os compradores somos nozes – desculpe o trocadilho infame, mas precisava ser feito!


Alguém morrendo de saudades do mix de nuts das companhias aéreas?

Com informações Star Telegram e OMAT.

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.