fbpx

Paraguai passa a exigir certificado de vacina de febre amarela para viajantes que partem do Brasil

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

O Ministério da Saúde Pública do Paraguai passou a exigir o Certificado Internacional de Vacinação contra Febre Amarela de todos os passageiros com mais de um ano de idade e que estejam viajando entre o Brasil e Paraguai (origem ou destino).

O certificado deve ser apresentado no aeroporto de origem comprovando que o passageiro tenha tomado a dose da vacina com, pelo menos, dez dias de antecedência da data da viagem ao Paraguai. Se isso não acontecer, o cliente não poderá embarcar.

O Paraguai se junta a África do Sul, Austrália, Bolívia, Colômbia, Tailândia e outros destinos populares entre os brasileiros que exigem o certificado.


Atualização, 16/05 – 15h44

Como alguns leitores relataram, a vacina já era exigida para quem estava em áreas de risco (como São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia e Espírito Santo). Oficialmente, passou a ser exigida para todo o território brasileiro desde o dia 10 de Maio.

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliações de voos, salas vips, hotéis, cartões de crédito e promoções.