fbpx

Posicionamento do Itaú sobre o fim do acúmulo de pontos em transações de carteiras digitais

Notícias

Por Dérek Arakaki

Ontem publicamos aqui no site que o Itaú começou a enviar um comunicado a seus clientes informando sua nova política de acúmulo de pontos nos cartões envolvendo transações em carteiras digitais. De acordo com o comunicado, a partir do dia 27/11/2020 todas as transações feitas com cartão de crédito cadastrados em carteiras de pagamentos não acumularão mais pontos no seu programa. Entramos em contato com o banco para obter esclarecimentos sobre o assunto.


O que diz o Itaú

A fim de desestimular o uso indevido de cartões de crédito e evitar riscos ao ecossistema financeiro, os programas de fidelidade vinculados a todos os produtos do Itaú Unibanco deixarão de acumular pontos originados por transações via carteiras de pagamentos que desrespeitem regras estabelecidas pelas bandeiras de cartões e/ou normas das autoridades que regulam esse mercado.

A medida terá validade a partir de 27 de novembro de 2020 e será aplicada, neste momento e em função de tais critérios, às carteiras RecargaPay e PicPay.

Vale ressaltar que os pagamentos realizados com carteiras digitais como Apple Pay, Google Pay, PayPal, Samsung Pay e carteiras vinculadas a sites e aplicativos de comércio eletrônico, como, por exemplo, Ame Digital, Magalu Pay, Mercado Pago, Rappi e iFood, entre outras, continuarão pontuando normalmente.

As compras realizadas por qualquer carteira digital continuarão sendo consideradas nas metas de gastos para a isenção de anuidade dos cartões com essa possibilidade.

Atualizações sobre o assunto serão comunicadas previamente aos clientes.


Comentário

Muitos questionamentos foram levantados sobre o comunicado de ontem do Itaú, esperamos que algumas delas sejam esclarecidas com o posicionamento enviado pelo banco.

Reforçando, neste momento, apenas as transações feitas no RecargaPay e PicPay deixarão de pontuar. As demais seguirão pontuando no programa de fidelidade do cartão. Além disso, todas as transações, independente da carteira, continuarão sendo consideradas nas metas de gastos para isenção da anuidade.

De qualquer forma, vamos aguardar o novo regulamento que será disponibilizado no dia 27/11 para entender todos os detalhes dessa mudança. Como disse o Itaú, “atualizações sobre o assunto serão comunicadas previamente aos clientes”, portanto, fique atento as comunicações.

O que você achou da decisão do banco? Acredita que este pode ser o início de uma grande mudança no mercado de cartões no Brasil?

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.