fbpx

Qual companhia aérea opera o maior número de voos entre Brasil e EUA?

Notícias

Por Dérek Arakaki

Um dos destinos internacionais mais visitados pelos brasileiros, sem dúvidas, são os Estados Unidos. Há diversas opções de voos diretos entre os países, com saídas de diferentes cidades do Brasil e opções de chegada em vários aeroportos americanos. Mas você já parou para pensar qual companhia aérea oferece o maior número de voos entres os países?


Sobre o ranking

Para estabelecer esse ranking eu vou considerar os seguintes fatores:

  • Número de frequências semanais;
  • Somente voos diretos.

Observações:

  • Não vou considerar nessa lista os voos sazonais ou períodos de alta temporada com voos extras;
  • As informações foram baseadas nas frequências do mês de março/2020.

1 – American Airlines

american airlines

Números:

  • Quantidade de frequências (semanais): 51
  • Quantidade de origens (Brasil): 4
  • Quantidade de destinos (EUA): 4

Rotas:

  • São Paulo (GRU) x Miami (MIA): 14 frequências semanais
  • Manaus (MAO) x Miami (MIA): 5 frequências semanais
  • Brasília (BSB) x Miami (MIA): 7 frequências semanais
  • Rio de Janeiro (GIG) x Miami (MIA): 7 frequências semanais
  • São Paulo (GRU) x Nova York (JFK): 7 frequências semanais
  • São Paulo (GRU) x Dallas (DFW): 7 frequências semanais
  • São Paulo (GRU) x Los Angeles (LAX): 4 frequências semanais

2 – LATAM

Números:

  • Quantidade de frequências (semanais): 44
  • Quantidade de origens (Brasil): 6
  • Quantidade de destinos (EUA): 4

Rotas:

  • São Paulo (GRU) x Miami (MIA): 14 frequências semanais
  • São Paulo (GRU) x Orlando (MCO): 7 frequências semanais
  • São Paulo (GRU) x Boston (BOS): 5 frequências semanais
  • São Paulo (GRU) x Nova York (JFK): 7 frequências semanais
  • Belém (BEL) x Miami (MIA): 2 frequências semanais
  • Fortaleza (FOR) x Miami (MIA): 5 frequências semanais
  • Recife (REC) x Miami (MIA): 2 frequências semanais
  • Salvador (SSA) x Miami (MIA): 1 frequência semanal
  • Manaus (MAO) x Miami (MIA): 1 frequência semanal

3 – United

Números:

  • Quantidade de frequências (semanais): 35
  • Quantidade de origens (Brasil): 2
  • Quantidade de destinos (EUA): 4

Rotas:

  • São Paulo (GRU) x Newark (EWR): 7 frequências semanais
  • São Paulo (GRU) x Chicago (ORD): 7 frequências semanais
  • São Paulo (GRU) x Washington (IAD): 7 frequências semanais
  • São Paulo (GRU) x Houston (IAH): 7 frequências semanais
  • Rio de Janeiro (GIG) x Houston (IAH): 7 frequências semanais

4 – Azul

Números:

  • Quantidade de frequências (semanais): 23 subindo para 30 com o início das operações para Nova York
  • Quantidade de origens (Brasil): 4
  • Quantidade de destinos (EUA): 3

Rotas:

  • Campinas (VCP) x Fort Lauderdale (FLL): 7 frequências semanais
  • Campinas (VCP) x Orlando (MCO): 7 frequências semanais
  • Campinas (VCP) x Nova York (JFK)*: 7 frequências semanais
  • Belo Horizonte (CNF) x Fort Lauderdale (FLL): 3 frequências semanais
  • Belo Horizonte (CNF) x Orlando (MCO): 2 frequências semanais
  • Recife (REC) x Fort Lauderdale (FLL): 1 frequência semanal
  • Recife (REC) x Orlando (MCO): 1 frequência semanal
  • Belém (BEL) x Fort Lauderdale (FLL): 2 frequências semanais

*a partir de junho/2020.


5 – Delta

Números:

  • Quantidade de frequências (semanais): 21
  • Quantidade de origens (Brasil): 2
  • Quantidade de destinos (EUA): 2

Rotas:

  • São Paulo (GRU) x Nova York (JFK): 7 frequências semanais
  • São Paulo (GRU) x Atlanta (ATL): 7 frequências semanais
  • Rio de Janeiro (GIG) x Atlanta (ATL): 7 frequências semanais

6- GOL

Números:

  • Quantidade de frequências (semanais): 1
  • Quantidade de origens (Brasil): 1
  • Quantidade de destinos (EUA): 1

Rotas:

  • Manaus (MAO) x Orlando (MCO): 1 frequência semanal

Não incluímos as rotas impactados com o groundeamento do 737 MAX, já que os voos não estão sendo diretos. Veja o comunicado da companhia:

Voos GOL para Miami ou Orlando realizam temporariamente uma parada técnica em Punta Cana, nos trechos ida e volta, sem a necessidade de desembarque.

Quando retomadas as operações com o MAX, a companhia terá também as seguintes operações diretas:

  • Brasília (BSB) x Miami (MIA)
  • Brasília (BSB) x Orlando (MCO)
  • Fortaleza (FOR) x Miami (MIA)
  • Fortaleza (FOR) x Orlando (MCO)

Comentário

Curioso ver que apesar da LATAM atender o maior número de origens e destinos entre os países, ela é superada pela American Airlines, já que as rotas da companhia americana possuem uma maior frequência.

A Azul vem crescendo suas operações internacionais e terá um aumento grande na disponibilidade de assentos para os EUA a partir de junho, com o inicio da operação diária para Nova York.

Um ponto que chama a atenção são as poucas operações realizadas pela Delta entre os países, muito em função do fim das rotas para Orlando e Detroit.

Por fim, vale um comentário sobre a GOL, que após iniciar voos diretos para os EUA teve suas operações impactadas em função do 737 MAX. Apesar de ainda atender os destinos na Flórida, a companhia precisa realizar uma parada técnica em Punta Cana nesses voos. A única operação direta, por enquanto, são os voos entre Manaus e Orlando.

Qual rota você mais sente falta ou gostaria de ver entre o Brasil e os EUA?

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.