fbpx

Resgates de Primeira – Passagem do Brasil para a Polinésia Francesa com milhas do TAP Miles&Go

Notícias

Por Raimundo Junior

Como você vem acompanhando nas últimas semanas, nessa quarta fase da série Resgates de Primeira, estamos mostrando voos que tragam alguma característica especial, quer de preço, cabine ou rota diferenciada, que mereça o nosso registro. No resgate de hoje, vamos mostrar uma incrível oportunidade de voar do Brasil até a Polinésia Francesa, tirando proveito das disponibilidades de última hora que a United vem oferecendo para resgate em programas parceiros. Por isso, o que temos no cardápio hoje é: Resgates de Primeira – Passagem do Brasil para a Polinésia Francesa, na Classe Executiva da United Airlines, com milhas do TAP Miles&Go.

Passagem milhas TAP Miles&Go

Antes de prosseguir, é preciso deixar registrado que não se desconhece as sérias dificuldades para resgates de ticket-premium no M&G, com o site operando de maneira sofrível e um óbice quase intransponível para conseguir completar a ligação para o Call-Center. A despeito disso, temos notícia de leitores que conseguiram resgatar por telefone, recentemente.

Feitas essas observações, ressalto que a matéria mostra um resgate que reputo incrível, mas de maneira nenhuma tem intenção de estimular o envio de pontos para o programa. Cada um faça sua avaliação pessoal e tire suas próprias conclusões. Da minha parte, continuo regularmente enviando pontos para o M&G e, apesar das conhecidas dificuldades, tenho conseguido fazer excelentes resgates. Essa, contudo, é a opinião pessoal desse editor.

pular para…

  1. O Resgate de Primeira
  2. Quanto custa essa emissão?
  3. Como fazer essa emissão?
  4. Como otimizar essa emissão?
  5. Quais companhias posso voar?
  6. Fatores a considerar
  7. Comentário

O Resgate de Primeira

Rota: São Paulo – Nova York – São Francisco – Papeete
Programa: TAP Miles&Go

Para quem não vem acompanhando, nas primeiras duas fases da série Resgates de Primeira, mostramos ótimos resgates para voar em Classe Executiva para todos os continentes. Na terceira fase, mostramos Resgates de Primeira para voar em Primeira Classe, item cada da vez mais raro no mundo da aviação, especialmente para viajar utilizando milhas e pontos.

Nessa últimas, voltamos a mostrar o resgate de viagens em Classe Executiva que apresentem custo x benefício acima da média. Por isso, hoje vamos mostrar outro resgate que também considero um ótimo sweetspot do TAP M&G, que é o resgate para voar de Classse Executiva da América do Sul para a Oceania, por apenas 130 mil milhas do programa de fidelidade da TAP.

Considere que grande parte dos nossos leitores possuem milhas TAP M&G, ou dispõe de maneiras fáceis para acumulá-las, inclusive nas promoções de transferências bonificadas de parceiros financeiros, como a realizada durante essa semana, valendo até hoje, em que estão sendo concedidos bônus de até 80% nas transferências de pontos. Tome nota, entretanto, das considerações que fizemos no início dessa matéria, sobre as dificuldades de resgates no programa, especialmente nas últimas semanas.

Além das dificuldades técnicas do M&G, também temos notado uma drástica redução nas vagas oferecidas pela United, para resgate em programas parceiros, especialmente para voar em Classe Executiva. Temos observado, inclusive, que tem havido maior disponibilidade para datas próximas.

Justamente por isso, aproveitamos para montar um “resgate de última hora”, em que a viagem já se iniciaria no próximo domingo, dia 20/02.

Registre-se, também, que há um voo em Classe Econômica nesse resgate, que é o trecho interno entre Nova York e São Francisco, que não mostra disponibilidade em Classe Executiva. Apesar disso, reputamos que o resgate, no geral, é excepcional.

Para saber todas as regras envolvidas nessa emissão, recomendo a leitura do nosso guia completo de como emitir passagens usando milhas do TAP Miles&Go.


Quanto custa essa emissão?

Apesar da última mudança de tabela de emissão com parceiros (quando o programa da TAP ainda se chamava Victoria), em que houve um aumento considerável do custo para alguns destinos, conforme noticiamos aqui no PP, a rota América do Sul – Oceania, manteve um ótimo patamar, cobrando apenas 130 mil milhas para a viagem (one-way).

Com isso, é possível emitir passagens para voar do Brasil (ou qualquer outro país da América do Sul), para a Oceania (Ilhas do Pacífico Sul, Fiji (e outras menos populares), Austrália e Nova Zelândia) , pagando apenas 130 mil milhas TAP Miles&Go por trecho.


Como fazer essa emissão?

  • Encontrando disponibilidade

Como padrão nas emissões utilizando pontos/milhas, a disponibilidade pode ser mais restrita, portanto, recomendamos que pesquise pelas datas disponíveis antes de proceder com o resgate.

Já publicamos diversas vezes aqui no Passageiro de Primeira, que a forma mais segura e eficiente de encontrar disponibilidades para emitir parceiros Star Alliance no TAP Miles&Go, é através da pesquisa utilizando o site da United Airlines.

Sobre as pesquisas da United, vale lembrar que houve uma recente mudança na forma com que mostra os resultados, não aparecendo mais a coluna “Prêmio Saver na Classe Executiva”, onde eram agrupadas as vagas award para resgates nos parceiros Star Alliance. Agora, essa coluna foi substituída por “Mixed Cabin”, onde se agrupam tanto bilhetes award disponíveis para parceiros, como os bilhetes flex-award.

Isso tem gerado alguma confusão, sendo comum vermos leitores reportando ter encontrado vaga no site da United, mas que o atendente da TAP não localizou essa disponibilidade. Isso ocorre porque a vaga vista na United, em verdade, não era saver-award (disponível para parceiros).

Para evitar essa confusão, sugerimos buscar pelas datas em que o site mostra os menores valores para a categoria de bilhete e abrir os detalhes do resgate, para confirmar se o código de classe tarifária é “O” para Primeira Classe, “I”, para Classe executiva ou “X”, para Classe Econômica.  Para esse voo, pesquisamos de modo separado os segmentos GRU-SFO e SFO-PPT:

Percebam que a escolha correta dos voo pode, também fazer diferença para o sucesso ou fracasso do resgate, na central telefônica. Na rota GRU-SFO, perceba que a primeira opção mostra um voo com tempo total de 16:15h, que seria uma conexão por Chicago. Ocorre que esse voo chegaria em São Francisco às 9:50h da manhã do dia 21, mas o último trecho, SFO-PPT, somente parte de São Francisco às 14:05h do dia 22, ou seja, com mais de 24h da chegada.

Acaso você só levasse essa opção ao atendente TAP, ele certamente não conseguiria montar a viagem, posto que, nos resgates one-way, não é permitido stopover, mas apenas layover (conexão de no máximo 23:59h). Assim, optamos pelo outro voo mostrado na imagem, com um layover longo em Nova York (9:10h) e que somente chega em São Francisco às 17:42h do dia 21. Com isso, não haverá problema para montar o terceiro trecho, que parte às 14:05 do dia seguinte, com menos de 21h, portanto, de conexão.

Outra maneira segura, mas um pouco mais restrita, porque demanda assinatura paga, é a busca por passagens saver award através do ExpertFlyer, conforme publicamos no nosso Guia Básico do ExpertFlyer.

Uma terceira alternativa, ainda, é buscar as disponibilidade pelo site da ANA – All Nippon Airways, como mostrou Fábio Vilela nesse post.

  • Realizando a emissão

Essa seria uma emissão viável de ser feita online, em tese, depois que o site do TAP Miles&Go passou a permitir resgates online de parceiros Star Alliance. No presente momento, entretanto, o site está apresentando insuperáveis falhas técnicas, não apenas por não enxergar as vagas award nos parceiros Star Alliance, mas por estar apresentando erro até para finalizar os resgates dos voos próprios (TAP).

Portanto, entendemos que a forma mais eficiente e segura – e única, em verdade, enquanto perdurar esse poblema técnico – é através do Call-Center. Além disso, a preferência pelo Call-Center, também, dá-se pela maior flexibilidade na montagem de viagens com conexões e parada intermediária, quando aplicável.


Como otimizar essa emissão?

Essa é uma emissão em que se utiliza um dos menores números absolutos de milhas/pontos, para voar do Brasil até a Oceania/Pacífico Sul. Apesar disso, encontrar mecanismos de gerar essas milhas e pontos a baixo custo, é fundamental para tornar o resgate ainda mais atrativo.

  • Transferência bonificada de pontos

Embora saibamos que aquelas campanhas de transferência com bônus popudos, ou mesmo as promoções bumerangue para o TAP Miles & Go, tenham ficado para trás, as promoções atuais, em que é possível ganhar bônus de até 80%, ainda podem garantir um custo bastante razável das milhas do programa português.

Embora a promoção atual, que se encerra hoje, não contemple Livelo, vamos simular os custos através do programa, dado que nesse temos um referencial de custo de pontos. Ademais, acreditamos – opinião pessoal – que voltaremos a ter, no futuro, a Livelo dentre os parceiros habilitados à transferência bonificada.

Considerando o valor regular de venda de pontos Livelo para o assinante, com 40% de desconto, temos um CPM Livelo de R$42. Numa promoção bonificada de 80%, teremos milhas TAP Miles & Go ao CPM de R$ 23,33.

Com esse CPM de R$23,33,  o valor do bilhete fica excepcional, já que os custos para comprar essas 130 mil milhas, ficaria em R$ 3.033 reais, mais barato que uma passagem em classe econômica para o trecho, sem dúvida.

Para que você tenha uma noção comparativa, veja o valor pago da passagem mostrada acima, que custaria 130 mil milhas TAP Miles & Go:

É preciso notar que o ExpertFlyer não está montando a viagem exatamente como no resgate, mas podemos dizer, em qualquer hipótese, que haverá uma diferença de no mínimo 80% a menos, em relação à emissão de passagens pagas.


Quais companhias posso voar?

  • Companhias da Star Alliance

Como a TAP é membro da aliança global Star Alliance, a emissão pode ser feita para voar em qualquer das companhias membro da aliança, ao custo fixo de 100 mil milhas TAP Miles&Go, que operem voos entre a América do Sul e América do Norte e da América do Norte para a Oceania (mesclando trechos em companhias diversas).

Como estamos falando de uma emissão entre o Brasil e a Oceania, a emissão pode ser realizada para voar Air Canada, Avianca Internacional, Copa Airlines e United Airlines, acaso a rota montada seja voando para Leste. Acaso a rota seja montada voando Oeste, poderíamos voar Swiss, Lufthansa, ANA – All Nippon Airways, Thai Airways, Singapore ou Air New Zealand. Em qualquere hipótese, só conseguimos montar esse trecho emergencial, voando para Leste, com todos os trechos na United Airlines.


Fatores a considerar

  • Pouca disponibilidade: Esse é uma rota em que raramente conseguimos montar award usando milhas dos parceiros Star Alliance. As pesquisas foram feitas no início da semana, não é improvável que nesta data, as disponibilidade já tenham acabado. De todo modo, fica o exemplo de que essa é uma rota viável pelo M&G, então já comece a fazer seus alertas no ExperFlyer, acaso tenha interesse efetivo de fazer essa viagem. Esteja ciente, então, de que é uma emissão de difícil exequibilidade, mas não impossível;
  • Cobrança de taxa de combustível (YQ) pela Air Canada: Pelas pesquisas atuais, tem sido mais fácil encontrar o primeiro trecho para voar com Air Canada. Nesse caso, lembre que a companhia cobra taxa de combustível, mesmo para viagens iniciadas no Brasil. Pode, contudo, ainda ser muito vantajoso, como vimos. A melhor opção para fugir dessa taxa, é voar com a United Airlines, sobretudo pela sua nova Executiva Polaris;
  • Bônus de transferência cada vez menores para o TAP Miles & Go: Como temos percebido, os bônus gordos que nos acostumanos durante a fase mais aguda da crise sanitária, parece terem ficado para história, pois os últimos passos do programa português, em relação aos parceiros brasileiros, parece ser a redução em percentual e frequência dos bônus em campanhas promocionais de transferência. Apesar disso, o custo médio ainda tem ficado muito satisfatório, dadas as boas emissões permitidas pelo programa;
  • As dificuldades de resgate do programa TAP Miles & Go: Deixamos registrado, mais um vez, as dificuldades para resgates no programa portugês. Apesar de não ser nenhuma novidade, a histórica dificuldade de resgates para voar com parceiros, quase sempre feitos através da central telefônica, nas últimas semanas a situação agravou-se, com falhas sistêmicas até para resgates de voos próprios. Esperamos que a TAP aja com firmeza e celeridade para corrigir esse problema;
  • Vale a pena usar o programa TAP Miles & Go? Essa é uma resposta que deve ser dada individualmente por cada usuário. Na minha visão pessoal, que independe da do site, continuo enxergando vantagem em usar o programa. Como todos os demais usuários, também tenho sido “vítima” das dificuldades “quase” intransponíveis de efetuar os resgates pelo call-center, sobretudo porque está cada dia mais congestionado, já que o site, até para emissões simples, deixou não apenas de finalizar o resgate, como até mesmo de mostrar as disponibilidades. Apesar das queixas, devo deixar meu testemunho que, apenas nos últimos oito meses, consegui fazer dois voos na Primeira Classe da Lufthansa, um voo na Classe Executiva da Ethiopian, dois voos na Classe Executiva da Emirates e mais dois voos na nova Classe Executiva Polaria da United, utilizando milhas do programa TAP Miles & Go. Essa a razão de continuar achando que o programa vale à pena, apesar das conhecidas dificuldades. Aliás, aproveito para deixar o apelo para que esses problemas sejam seriamente enfrentados, pois o programa, superadas essas falhas, tem potencial para se colocar entre os melhores do mercado mundial. A bola está com a TAP!

Comentário

Esse é apenas um pequeno exemplo das dezenas de boas oportunidades de emissões que temos a explorar no nosso microcosmos de milhas e pontos, que tentaremos mostrar pra nossos leitores, semanalmente.

Optamos por abordar apenas uma boa emissão, mas oferecendo todas as informações que você precisa saber para tirar proveito da oportunidade, inclusive todos os pros e contras que se aplicam a essa emissão.

E você, já conseguiu aproveitar essa excelente emissão do programa TAP Miles&Go?


☞ confira os últimos resgates publicados:

Supermercado
Supermercado
Ganhe 25% de desconto na primeira compra e 10% de cashback nas próximas!
Hotéis
Hotéis
5% de desconto + selos no Rewards em estadias até 31 de março de 2023!
Cartão BTG Pactual Black
Cartão BTG Pactual Black
Ganhe cashback ou pontos e IOF Especial!
Gerencie suas Milhas
Gerencie suas Milhas
6 meses grátis do AwardWallet Plus para novos usuários!
Clube 1.000
Clube 1.000
Receba 1.000 milhas por mês + 7.000 milhas bônus na hora!
Ver todos os cupons

Baixe o app do Passageiro de Primeira

google-play
app-store

O maior portal de programas de fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, voos e salas VIP, hotéis e lazer, cartão de crédito e promoções.