Classe Econômica “Economy Xtra” da Azul no A320-251N – Belo Horizonte para Curaçao

Avaliações Cias Aéreas Classe Econômica

Por Ana Zacaron

Pessoal, tudo bem? Quem acompanha nos acompanha no Instagram (@passageirodeprimeira e @anazacaron) viu que na semana passada fomos convidados pela Azul para conhecer o novo voo da companhia do Aeroporto de Confins, em Belo Horizonte, rumo a Curaçao. A nossa viagem foi realizado no dia 19 de agosto e nesta matéria vamos mostrar todos os detalhes. Confira!

Azul Curaçao

Voo AD8786 – 19/08/2023
Belo Horizonte (CNF)
Curaçao (CUR)
Assento: 12F  – Classe Economy Xtra
Partida: 13:18 / Chegada: 18:08 (horário local) / Duração: 5h49
Aeronave: Airbus A320-251N

pular para… 


Aeroporto e Embarque

O meu embarque se iniciou no Aeroporto de Congonhas, com uma conexão rápida em Confins, para então seguir ao nosso destino final. O voo para Curaçao está estrategicamente programado para às 13h, o que permite realizar conexão rápida em Belo Horizonte partindo de quase todos os aeroportos em que a Azul opera no Brasil, o que foi o meu caso, já que atualmente moro na cidade de São Paulo.

Ao chegar no Aeroporto de Congonhas, fui direto para a fila preferencial para clientes Diamante, uma vez que possuo esse status no programa de fidelidade da companhia. No balcão, o atendente me pediu três documentos obrigatórios para quem embarca para Curaçao: passaporte válido, comprovante internacional de vacina de Febre Amarela e cartão de imigração do país, documento que deve ser preenchido antes da viagem através deste site.

Apresentei meus comprovantes e, logo após, realizei o despacho de bagagem. Quem embarca através de uma conexão com a Azul, desde que todo o bilhete esteja no mesmo localizador, tem a comodidade de retirar a bagagem somente no destino final. Atenção para o limite de bagagem para Curaçao: a Azul só permite uma bagagem de 23 kg por passageiro. Mesmo que você queira paga por um segundo volume, não é permitido o despacho extra por motivos operacionais da aeronave utilizada.

Feito isso, aguardei meu voo para Confins, que decolava às 8h45. Um voo doméstico comum, sem atrasos ou qualquer outra ocorrência, que pousou pontualmente no horário previsto, às 10h05. Como foi dito anteriormente, minha bagagem foi despachada em Congonhas com transferência automática para a aeronave do destino final. Por isso, não foi necessário desembarcar e embarcar novamente.

No Aeroporto de Confins, existe uma área de conexão internacional que pode ser acessada pela aérea de embarque doméstico. O portão está localizado ao lado do restaurante Viena. No entanto, o acesso abre somente duas horas antes do voo e, como minha partida estava programada para às 13h, precisei esperar até às 11h para conseguir acessar a área de trânsito internacional.

Os passageiros que possuem voos internacionais partindo de Confins podem aguardar seu embarque no Ambaar Lounge. A sala, que fica próximo ao portão 60, exatamente o portão utilizando para o nosso embarque para Curaçao, não possui parceria com a Azul, mas mantém convênio com os programas LoungeKey, Priority Pass e cartões de crédito Bradesco. Vou deixar uma foto aqui para vocês terem uma ideia de como é o espaço, mas não vou fazer nenhuma avaliação porque não faz parte do foco desta matéria.

Por volta das 12h10, eu me dirigi ao portão de embarque, que, como disse, ocorreu no portão 60. O embarque foi organizado por grupos, iniciando pelas prioridades por lei e, depois, clientes da categoria Diamante. Como estava a convite da Azul, pude entrar um pouco antes a fim de realizar fotos da cabine sem incomodar os outros passageiros. Por isto, não consigo avaliar por completo o processo de embarque, mas foi possível perceber que as filas estavam sendo devidamente organizadas.


Assento e cabine

Este voo foi operado com um Airbus A320-251N, que possui apenas uma classe de cabine, a Econômica, com capacidade para 174 passageiros. As 5 primeiras fileiras, além das saídas de emergência, são classificadas como Economy Xtra, que são apenas assentos com mais espaço, não chegando a ser outra classe.

A aeronave possui corredor único e os assentos estão dispostos no layout 3-3. Os assentos da Economy possui cerca de 76 centímetros, enquanto na Economy Xtra são pelo menos 10 centímetros de espaço a mais.

Como eu viajava sozinha, escolhi ir na janela. Eu sou da teoria que, estando sozinha, “prefiro pular do que ser pulada”, mas há quem prefira o corredor. Além disso, queria fazer imagens pela janela, por isso, marquei a poltrona 12F. Para marcar esse assento antes do check-in, existe um custo extra de R$ 358,14, mesmo para um cliente com categoria Diamante.

Achei a saída de emergência uma escolha certeira, pois o espaço para as pernas era excelente. Tenho 1,57m de altura, mas o passageiro que estava na poltrona do corredor era bem mais alto que eu e reparei que também estava confortável.

Logo na chegada, cobertor e travesseiro estavam disponíveis no assento. Tanto o assento quanto o avião como um todo estavam extremamente limpos. O cinto era de duas pontas, como encontramos normalmente em aeronaves deste tipo. Por ser na saída de emergência, o assento da janela não tinha descanso para o braço direito. Havia uma entrada USB ao lado da tela de entretenimento de bordo, além de tomadas acima do espaço para os pés.


Entretenimento de bordo

Todos os assentos do Airbus A320-251N estão equipados com uma tela de entretenimento individual, com boa resolução e com função touch screen. Nas telas, os passageiros podem encontrar opções de entretenimento como filmes e séries, além do mapa de voo. Infelizmente, a TV ao vivo não estava disponível.


Serviço de bordo

Agora chegamos à parte que todos gostam de saber: o serviço de bordo! Conforme falei no início da matéria, ao chegar ao meu assento, encontrei a roupa de cama e travesseiro para serem utilizados durante o voo. A coberta tinha um toque macio e possuía a cor azul, seguindo as cores da identidade visual da companhia. O travesseiro, no entanto, achei um pouco fino.

Ainda em solo, os comissários passaram oferecendo fone de ouvido para os passageiros. Como eu já tinha pego um fone no meu voo de Congonhas para Confins, recusei educadamente, uma vez que era o mesmo utilizado nos voos nacionais – aquele fone auricular tradicional da Azul.

Cerca de 40 minutos após a decolagem, o primeiro serviço de bordo foi iniciado com dois tipos de pratos quentes. Os passageiros podiam escolher entre os seguintes sanduíches: pão australiano com pasta de frango com requeijão, queijo mussarela e alface ou pão de leite com cream cheese, geleia de damasco, queijo provolone e alface. Ambos os pratos eram acompanhados de uma entrada, salada de acompanhamento e sobremesa, que era um saboroso mousse de limão (eu amo!)

Aqui, deixo uma observação sobre a saída de emergência: apesar de ter o maior espaço, por estarem em localização central no avião, esses assentos são um dos últimos assentos a serem servidos. Isso porque o serviço começa da fileira 01 para a 14 e da 29 para a 15. Desta forma, quando chegou a minha vez, infelizmente, a opção de frango tinha esgotado. Por um momento, fiquei triste, mas isso rapidamente passou quando experimentei o sanduíche de queijo com geleia de damasco: estava realmente delicioso!

Para acompanhar a refeição, as comissárias ofereceram bebidas alcoólicas e não alcoólicas, com as seguintes opções: água, coca-cola nas versões com e sem açúcar, cerveja Stella, vinho branco, vinho tinto português, suco de laranja e suco de uva light. A oferta de bebidas era sob demanda durante todo voo, ou seja, caso algum passageiro desejasse repetir, era só pedir! Para começar, eu escolhi um vinho banco e água.

Com exceção da bandeja, todos os utensílios disponibilizados na refeição, como pratos, copos e talheres, eram descartáveis. Dentro da embalagem onde estavam os talheres, encontrei também guardanapo e lenços umedecidos para a higiene das mãos.

O principal serviço de bordo Azul foi muito bom! É claro que aqui estamos avaliando de acordo com o serviço de uma Classe Econômica e jamais poderíamos comparar o serviço dessa cabine com o de uma Classe Premium. Tirando o fato do sanduíche de frango ter acabado – o que, no fim, eu acabei não me importando porque o queijo com geleia de damasco estava delicioso – tudo ocorreu muito bem e foi servido com muita educação e simpatia por parte das comissárias.

Aliás, eu quero deixar aqui registrado meu elogio ao atendimento da Azul: foi realmente excelente! E não digo isso pelo fato de eu ser uma convidada da companhia neste voo – sou muito observadora e reparei que todos os passageiros foram servidos com o mesmo padrão, com uma boa vontade natural e muita simpatia.

Por volta das 16:40, as comissárias começaram a oferecer os tradicionais snacks da Azul. Neste voo, estavam disponíveis duas opções: goiabinha integral e amendoim. Para beber, as mesmas opções do primeiro serviço. Desta vez, eu escolhi tomar somente água.


Wi-fi e Conectividade

Neste voo, a Azul disponibiliza Wi-Fi gratuito e ilimitado para todos os clientes! Para conectar, precisei apenas selecionar a rede da Azul no meu celular e, ao fazer isso, fui redirecionada automaticamente para um site, onde autentiquei meu acesso. A internet funcionou muito bem durante quase todo o voo e era muito rápida. Inclusive, subi alguns stories ao vivo deste voo no dia, lá no Instagram. O único momento com interferência foi quando sobrevoamos o espaço aéreo da Venezuela devido ao sinal do satélite neste local.


Chegada a Curaçao

A chegada em Curaçao aconteceu apenas 8 minutos após o horário previsto, exatamente às 18h08, horário local. Foi um pouso suave e sem ocorrências, mas tempo em Curaçao estava um pouco nublado. O desembarque aconteceu por ordem de chegada, ou seja, quem levantou primeiro, desembarcou primeiro.

No Aeroporto de Curaçao, a fila da imigração estava bem grande, mas a nossa empresa de turismo contratou um receptivo VIP do aeroporto, com fast track exclusivo. Esse serviço pode ser contratado por qualquer passageiro, através do site do Curaçao Airport. Os valores podem ser consultados por e-mail, diretamente com o prestador.


Comentário

Essa foi a minha experiência com a Azul no novo voo da companhia para Curaçao. No geral, foi um excelente voo e voar direto do Brasil para o Caribe foi uma comodidade e tanto!

O atendimento da Azul foi realmente muito bom e achei o serviço de bordo bem satisfatório em um voo tão curto. Minha única ressalva foi o fato do sanduíche de frango ter acabado, mas, como disse, o de queijo também estava maravilhoso. Gostaria de destacar o fato das bebidas serem servidas sob demanda, ou seja, pude tomar vinho à vontade durante todo o voo! Além das bebidas, os passageiros também podiam repetir os snacks – goiabinha e amendoim.

Como falamos no início da matéria, esse foi um voo a convite da empresa, por isso, para mim, não teve nenhum custo. No entanto, publicamos aqui no PP oportunidades para emitir este mesmo voo a partir de 30.000 pontos TudoAzul, que você conferir neste link.

Por fim, é válido ressaltar que essa é uma avaliação de uma Classe Econômica. Por isso, a nota aqui atribuída é referente a este tipo de cabine, sem nenhuma comparação com cabines de Classe Executiva ou Primeira Classe.

E você? Já experimentou ou pretende realizar este voo para Curaçao com a Azul? Compartilhe conosco nos comentários!

Avaliação

  • Check-in:
  • Embarque:
  • Poltrona:
  • Atendimento:
  • Refeição:
  • Entretenimento de bordo:
  • Amenity Kit:
  • Internet:
  • Pontualidade:
  • Limpeza:
Média
8.9
Clube Smiles
Clube SmilesReceba até 70 mil milhas na hora + benefícios exclusivos para viajar!
Alertas de Executiva e Primeira Classe
Alertas de Executiva e Primeira ClasseFaça parte do nosso novo grupo no WhatsApp!
Clube Livelo
Clube LiveloAssine o Clube Classic e ganhe 2.000 pontos em 10 parcelas de 200 pontos
Clube LATAM Pass
Clube LATAM PassReceba 1.000 pontos por mês + até 10% de bônus em parceiros
Seguro Viagem
Seguro ViagemAté 69% de desconto na contratação do seu seguro viagem!
Ver todos os cupons

Baixe o app do Passageiro de Primeira

google-play
app-store

O maior portal de programas de fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, voos e salas VIP, hotéis e lazer, cartão de crédito e promoções.