fbpx

Rio passa a exigir comprovante de vacinação em bares e outros estabelecimentos

Notícias

Por Equipe

Atualização às 13h08: A Prefeitura do Rio de Janeiro voltou atrás e o comprovante de vacinação não será mais necessário em shoppings, táxis ou transporte por aplicativo.


Por preocupação com a nova variante Ômicron do Coronavírus, a Prefeitura do Rio de Janeiro está sendo mais exigente com o comprovante de vacinação. Estabelecimentos como bares, hotéis e pousadas agora exigem o ‘passaporte da vacina’ para moradores e turistas.

Rio de Janeiro


Locais que exigem o comprovante

A vacinação a ser comprovada deve corresponder à 1ª, 2ª dose ou a dose única, de acordo com o cronograma instituído pela Secretaria Municipal de Saúde do Rio em relação à idade do indivíduo. Veja os locais que agora exigem o comprovante de vacina:

  • bares, lanchonetes, restaurantes e refeitórios (áreas internas ou cobertas);
  • boates, casas de espetáculos, festas e eventos em geral;
  • hotéis, pousadas e aluguel por temporada;
  • salões de beleza e centros de estética;

Além disso, a apresentação do passaporte de vacina continua obrigatório em academias, estádios e ginásios esportivos, museus, galerias, cinemas, teatro e parques. São considerados documentos válidos para a comprovação da vacinação, de acordo com a prefeitura:

  • Certificado de vacinação disponível na plataforma Conecte SUS;
  • Cartão de vacinação impresso em papel timbrado emitido pela Secretaria Municipal de Saúde do Rio, institutos de pesquisa clínica ou outras instituições governamentais do Brasil ou do exterior.

Segundo Daniel Soranz, secretário de Saúde do Rio de Janeiro, a vacina se comporta bem em resposta à nova variante, sem evidências que provem o contrário – pelo menos não por enquanto. Por conta disso, a exigência do comprovante de vacina serve para evitar que a nova variante se espalhe pela cidade. “A gente está muito preocupado com a nova variante. A princípio, é uma variante que responde bem à vacinação. A vacina protege contra a variante ômicron, não temos nenhuma evidência que indique o contrário”.


Multas

De acordo com a secretaria municipal de Saúde, nesses primeiros dias a prefeitura irá apenas orientar, mas, a partir da próxima semana, as multas começam a ser aplicadas para quem descumprir a determinação.

O secretário informou que é necessário um período de adaptação antes de começar a aplicar as multas. “O ideal é que os estabelecimentos já se programem para começar a exigência a partir de hoje. Mas é claro que a gente já sabe que será necessário um período de adaptação. Então, as fiscalizações nessa etapa inicial serão de caráter instrutivo. Começaremos a aplicar multas a partir da próxima semana”.

Os estabelecimentos deverão ser responsáveis pelo controle de cada pessoa em suas dependências mediante a apresentação do comprovante de vacinação com um documento com foto.


O que você acha da decisão da prefeitura do Rio?

Seguro Viagem
Seguro Viagem
10% de desconto na contratação do seu seguro viagem!
Supermercado
Supermercado
30% de desconto na primeira compra e 10% de cashback nas próximas!
Hotéis
Hotéis
5% de desconto + selos no Rewards em estadias até 31 de março de 2023!
Cartão Pão de Açúcar Itaú
Cartão Pão de Açúcar Itaú
Ganhe 1 ponto por R$ 1 gasto!
Cartão BTG Pactual Black
Cartão BTG Pactual Black
Ganhe cashback ou pontos e IOF Especial!
Gerencie suas Milhas
Gerencie suas Milhas
6 meses grátis do AwardWallet Plus para novos usuários!
Clube 1.000
Clube 1.000
Receba 1.000 milhas por mês + 7.000 milhas bônus na hora!
Ver todos os cupons

Baixe o app do Passageiro de Primeira

google-play
app-store

O maior portal de programas de fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, voos e salas VIP, hotéis e lazer, cartão de crédito e promoções.