fbpx

Sala VIP Etihad Premium Lounge – Aeroporto de Paris (CDG) e downgrade de classe no meu voo

Avaliações Lounges Salas VIP

Por Fábio Vilela

Oláááá! Vamos continuar com meu trip report que nunca acaba né? Rs! Gente eu sei que estou atrasado e devendo centenas de avaliações para vocês, mas nos últimos meses tive que me dedicar por completo à outras prioridades aqui do site, por isto acabei deixando elas pra segundo plano – mas agora que as coisas já estão caminhando “sozinhas” e de forma mais tranquila, posso voltar a dar mais atenção pelos reviews, taokei?


A história

Enfim, primeiro eu tenho que contar toda uma história para vocês entenderem porque recebi um tratamento especial da Etihad neste vôo – lembrando que eu já publiquei este review aqui – mas estava faltando a avaliação da Sala VIP.

Esta minha passagem foi comprada com milhas AA – aliás os detalhes da emissão de todos os vôos desta viagem de volta ao mundo vão vir quando eu terminar todas as avaliações, ou seja, talvez em 2023, AHAHAHHAHA.

Brincadeiras a parte, o meu trajeto então ficou Paris – Abu Dhabi – Amman – sendo todos os trechos em Primeira Classe. Acontece que faltando 1 dia pra data do voo, recebi um email dizendo que meu lugar 2A (First) tinha sido remarcado para o 6A (Business). Este voo era operado por um B787-9 da Etihad com 3 classes de serviço.

Eu achei super estranho e fui então verificar no ExpertFlyer e vi que todos os assentos da Primeira Classe estavam bloqueados. Entrei em contato com a Etihad que ficou de verificar a informação e me retornar – depois de uma meia hora me ligaram e disseram que a American Airlines não poderia ter feito a emissão deste trecho (AUH-AMM) em First porque a empresa não comercializa mais esta classe em voos Intra-Golfo.

Aí eu falei: OK, mas e aí? Eu paguei o valor pra voar em First em todos os trechos – como vamos fazer? Eles disseram que não haveria qualquer possibilidade de ter serviço de Primeira Classe nesta rota e que eu teria que entrar em contato com a AA para reembolso do downgrade deste trecho. Eu fiquei surpreso, afinal a classe de milhas estava disponível para venda (“O”) e a AA emitiu sem problemas ou complicações.

Mas enfim como faltavam menos de 24 horas pro voo e eu tinha mais uns 30 voos para pegar em seguida, eu não pude fazer nada à não ser aceitar – mesmo contrariado.

Enfim, passado umas 2 horas, recebo um segundo contato da Etihad (de um diretor que já me conhecesse) novamente se desculpando pelo ocorrido, reforçando o fato de que a culpa era da AA, mas que em caráter de exceção iriam permitir que eu voasse no assento da First, porém, recebendo serviço de Business. Eu claro aceitei, afinal queria mesmo era o conforto da cabine, e o serviço não seria o ponto crucial da viagem – mesmo porque é um voo relativamente curto.

No dia do embarque, faltando mais ou menos umas 8 horas pro voo, recebo outra ligação da Etihad dizendo que o B787-9 que iria fazer o trecho entrou para manutenção e que o avião foi trocado por um A321. WHAT ?! Já imaginaram minha cara? Para quem conhece sabe do abismo de diferença de assento entre um avião e outro.

Eles me ofereceram para embarcar no dia seguinte, em que o B787-10 (outro avião) iria operar nesta rota, mas eu iria perder todos as minhas conexões, então fiquei de mãos atadas.

Eu fiquei muitooooo chateado, afinal de contas eu planejei esta volta ao mundo de forma que não precisasse pegar nenhum avião narrow body – então este imprevisto acabou prejudicando completamente os meus planos. Novamente, como não tinha absolutamente NADA que eu pudesse fazer à tempo – aceitei, mesmo emburrado, rs.

Chegando no guichê da Etihad no aeroporto de Paris, quando entreguei meu passaporte já veio o Station Manager da empresa me dar as boas vindas e se desculpar novamente pelo ocorrido – tanto pela downgrade de classe quanto pelo downgrade da aeronave. Ele então esperou que finalizassem meu check-in e despachassem minha mala e disse que me acompanharia na imigração até o lounge. E assim o fez, cortamos todas as filas até chegar no lounge!

A Sala VIP fica no segundo andar do Terminal 2A – perto dos lounges da American, Cathay Pacific e Emirates.

O lugar recebe clientes da Etihad (executiva, primeira e top tier do Etihad Guest) além de cias parceiras da empresa.

Pude notar que todos já estavam me “esperando”, pois quando cheguei já tinha lugar reservado pra mim e tudo mais, ou seja, neste caso a avaliação fica totalmente comprometida – mas de qualquer forma vou compartilhar com vocês mais detalhes do espaço.

A sala não é grande, mas conta com diversas facilidades como buffet, banheiros, bar, sala de oração e kids club.

A decoração segue o estilo da Sala VIP da executiva em Abu Dhabi – poltronas em couro bege, marrom e verde.

Enquanto eu estive lá a sala não ficou cheia.

O wifi era gratuito mas a velocidade não era tão rápida.

Aqui vocês podem ter uma visão melhor da área de buffet + bar.

O buffet era OK – mas nada de extraordinário – alguns pratos quentes, snacks e bebidas no esquema self-service.

 

Os pratos quentes não estavam nada dignos de uma empresa do Oriente Médio – deixaram a desejar! Achei que houve pouca atenção os colaboradores em “ajeitar” o buffet para que o mesmo ficasse com uma aparência bonita.

No corredor atrás do bar estavam os banheiros e a sala de orações.

Seguindo até o final do corredor, eles me levaram para uma sala privada.

Foi então que me falaram que por causa do ocorrido, fizeram a gentileza de preparar um espaço exclusivo pra mim.

O ambiente tinha um cordão de isolamento na entrada, e dentro uma mesa para 2, sofá e 2 mesinhas de centro.

Como na The Residence só cabem 2 passageiros, o espaço era mais do que suficiente para acomodar 2 pessoas.

Assim que sentei, o station manager se despediu de mim e disse que voltaria para me pegar na hora do embarque.

Depois que eu já estava acomodado, veio uma funcionária e me entregou um menu à la carte para escolher dentre as opções disponíveis.

Notem que este cardápio está disponível para todos os clientes que estão dentro da sala.

Colocaram então uma água com gás e sem juntamente com um balde de gelo na mesinha lateral.

Logo antes de fazer meu pedido, eles trouxera estas frutas com toalhas umedecidas.

Pedi então uma taça de vinho e uma brusqueta – que estava muito boa por sinal. Foi a única coisa que comi, pois estava guardando espaço para jantar à bordo. A atendesse que estava por minha conta foi super atenciosa e toda hora vinha neste ambiente perguntar se estava tudo certo comigo – nota 10!

Pouco antes do horário previsto pro embarque o station manager veio me buscar e me acompanhou até o portão para poder embarcar. Eles foram extremamente gentis comigo o tempo todo – mas conforme falei – sabiam quem eu era, portanto não dá para dizer quão genuíno foi tudo.


Retorno da American Airlines

Depois do voo entrei em contato com a American Airlines que prontamente reembolsou a diferença de milhas relacionada ao downgrade de classe do trecho AUH-AMM.

Eu havia gasto 62.500 e recebi 5.478 de volta – nada significante, mas pelo menos achei justo por parte do programa.


Compensação pela Etihad

A Etihad não ofereceu nenhuma compensação – mesmo com o downgrade de classe e também da aeronave (que é o mais considerável na minha opinião). O máximo que recebi foram estas gentilezas nos aeroportos e alguns diversos pedidos de desculpas.


Considerações finais

Imprevistos acontecem? Sim, todo dia e com todo mundo! Agora como uma cia aérea lida com o mesmo e consegue contornar ou compensar a situação é que vai fazer diferença na experiência do passageiro.

As atitudes da Etihad em me compensar como a Sala VIP da The Residence (vou falar em um próximo post) + transfer de carro até o avião + Personal Assistant – de fato aconteceram, mas aí eu te pergunto: isto teria sido um procedimento padrão com um passageiro comum?

Bom, fica aí o meu questionamento!

E vocês, já passaram por situações parecidas? Postem nos comentários!

Avaliação

  • Tamanho:
  • Atendimento:
  • Internet:
  • Conforto:
  • Buffet:
  • Chuveiros:
  • Business Center:
  • Entretenimento:
  • Limpeza:
  • Ocupação:
Média
7.7

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliações de voos, salas vips, hotéis, cartões de crédito e promoções.