fbpx

SWISS anuncia redução da sua frota de aeronaves

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

A SWISS anunciou recentemente que será necessário fazer alguns cortes para se readequar aos impactos causados pela pandemia, o que inclui uma redução de aeronaves e também de alguns de seus funcionários.

swiss 777


Diminuição da frota de aeronaves

A atual frota da SWISS de 90 aeronaves e os transportes da Helvetic Airways (que operam os serviços em nome da SWISS sob contratos de arrendamento) serão redimensionados em função do declínio na demanda, sendo prevista uma redução de 15% no total de suas aeronaves, comparado ao ano de 2019 – período pré-pandemia.

Como resultado, a frota de curta e média distância será reduzida de 69 para 59 aeronaves com a retirada da família Airbus A320 e uma redução nas operações de arrendamento. Na frota de longo alcance, a SWISS planeja reduzir sua frota de 31 para 26 aeronaves, retirando cinco de seus Airbus.

Além das aeronaves, as frequências provavelmente serão reduzidas em relação aos níveis de 2019 em rotas de curta, média e longa distância.


Corte nos funcionários

Como parte do redimensionamento planejado, até 780 funcionários devem ser afetados, representando uma redução de mais de 20% da força de trabalho de 2019. O CEO da SWISS, Dieter Vranckx disse que os cortes nos funcionários é algo realmente triste, mas necessário.

“Lamento imensamente que, após tantos anos de sucesso com uma equipe tão grande, agora tenhamos que considerar uma etapa tão dolorosa. Infelizmente, a situação continua desafiadora ao extremo e continua exigindo uma rigorosa disciplina de custos e eficiência. Estamos convencidos, porém, de que, com a reestruturação, sairemos desta crise ainda mais fortes e mais capazes de retornar a SWISS ao sucesso sustentável no Novo Normal”.


SWISS comprometida com suas operações e experiência do passageiro

A SWISS ainda informou que vai operar grande parte de sua malha e continuará atendendo às necessidades de transporte aéreo da economia suíça, do povo da Suíça e do setor de turismo suíço, em linha com as novas demandas.

Para isso, a companhia também informou que permanece comprometida com seus dois principais hubs o de Zurique e Genebra, e continuará a fornecer serviços aéreos intercontinentais que manterão a Suíça conectada ao mundo. O posicionamento premium da SWISS também permanecerá inalterado: a empresa continuará, por exemplo, a oferecer uma Primeira Classe em todos os seus voos de longo curso.


Aviação sustentável

O redimensionamento e transformação previstos no programa também se estendem a um alinhamento ainda mais forte do modelo de negócios da SWISS, tanto para considerações de sustentabilidade quanto para mudanças estruturais no mundo do trabalho. Isso se concentrará, em particular, na modernização contínua da frota de aeronaves da SWISS, usando combustível de aviação sustentável e desenvolvendo e refinando soluções de transporte intermodal.

A SWISS também pretende continuar fortalecendo sua posição dentro do Grupo Lufthansa, desenvolvendo mais centros de competência, inclusive na área comercial.


Infelizmente a pandemia trouxe muitas perdas financeiras para o setor de viagens. A diminuição de sua frota, bem como sua força de trabalho, são as consequências de mais de um ano desafiados para o setor.

Baixe o app Passageiro de Primeira

google-play
app-store

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas VIP, hotéis, cartão de crédito e promoções.