fbpx

Transfer gratuito, adaptações no RIOgaleão: o que muda com o início das obras no Santos Dumont

Notícias

Por Lorenzo Firmino

Lembrete! Começam amanhã (24) as obras na principal pista do Aeroporto Santos Dumont (SDU). Cerca de 200 voos com origem e destino no aeroporto serão transferidos diariamente para o Aeroporto Internacional Tom Jobim (GIG), que precisou fazer adaptações para receber os mais de 700 mil passageiros extras previstos. Companhias aéreas oferecerão serviço de transfer gratuito conectando os aeroportos. Confira nesse post um resumo do que mudará durante as próximas semanas.


Voos Impactados e Serviço de Transfer

  • Azul

Voos: nem todos os voos com pouso ou decolagem em SDU serão impactados;
Transporte terrestre entre os aeroportos: estará disponível gratuitamente.
Em caso de dúvidas: 4003 1118 nas capitais ou 0800 887 1118 demais localidades

Período de 24 a 31 de agosto: voos para Campos, São José dos Campos, Ribeirão Preto e Congonhas (SP) permanecem no Santos Dumont. As demais operações da Azul são transferidas para o Galeão.
Período de 01 a 21 de setembro: voos para Campos, São José dos Campos, Ribeirão Preto, Vitória e Congonhas (SP) permanecem no Santos Dumont. As demais operações da Azul são transferidas para o Galeão.

  • GOL

Voos: todos os voos com pouso ou decolagem em SDU serão impactados;
Transporte terrestre entre os aeroportos: estará disponível gratuitamente.
Em caso de dúvidas: 0800 704 0465

  • LATAM

Voos: todos os voos com pouso ou decolagem em SDU serão impactados;
Transporte terrestre entre os aeroportos: estará disponível gratuitamente.
Em caso de dúvidas: 4002-5700 nas capitais ou 0300-570- 5700 demais localidades


Mudanças no RIOgaleão

Para se adaptar ao crescimento previsto de 73% no fluxo de passageiros, a concessionária que administra o RIOgaleão realizou mudanças nos seus terminais, estacionamentos e calçadas de entrada e saída do aeroporto. Os picos de movimentação estão previstos para acontecer entre 6h e 9h da manhã, e 18h e 21h, no período da noite. Nesses dias de maior fluxo, haverá reforço nas equipes que atuam no raio-X, segurança, atendimentos de emergência médica e brigada de incêndio. Além disso, o efetivo responsável pela limpeza será reforçado em todo o aeroporto.

  • Desembarque

No terminal 2, onde estão concentrados os check-ins e despacho de bagagens de todas as companhias aéreas, os passageiros poderão desembarcar de carros particulares e de aplicativos no piso superior – nível de embarque. Já quem chegar ao aeroporto em táxis comuns e especiais será encaminhado para o piso 0 do edifício garagem (estacionamento do terminal 2), uma das novidades para o período, que terá uma área dedicada a essa movimentação enquanto durarem as obras do Santos Dumont.

  • Embarque

Para embarcar em carros particulares, os visitantes deverão se dirigir ao piso superior – nível de embarque. Quem optar pelos táxis comuns e especiais credenciados pelo aeroporto deve se dirigir ao piso inferior – nível de desembarque. A concessionária orienta que o passageiro, ao desembarcar de um voo, se dirija aos totens de pagamento de preço fechado da corrida, ainda na área restrita de desembarque (próximo à restituição de bagagens), ou aos quiosques da área pública, caso opte em pagar o preço do taxímetro.

  • Uber e aplicativos

Outra mudança realizada para otimizar os fluxos será o espaço para embarque em carros do aplicativo Uber. Os motoristas da empresa aguardarão os passageiros no estacionamento administrativo (antigo E4), logo ao lado do terminal 2, que era antes dedicado ao estacionamento de carros comuns. A concessionária já organizou a sinalização específica para orientar os passageiros que optem por esse tipo de transporte e finalizou a cobertura do caminho, que é realizada por fora do terminal.

  • Ônibus

Os ônibus circulares continuarão a realizar seus embarques e desembarques no piso superior do terminal 1. A mudança, agora, será na operação do Airport Shuttle, que antes realizava o embarque e desembarque de passageiros no terminal 2. No período das obras do Santos Dumont, ele funcionará somente no terminal 1, no mesmo andar dos ônibus circulares. Os ônibus de turismo seguirão a mesma mudança e passarão a operar no terminal 1, piso superior, durante o período de obras no Santos Dumont.

  • Transporte entre os terminais

Para facilitar a circulação de passageiros entre os terminais, haverá carrinhos elétricos que farão o trajeto internamente, das 5h às 22h. O percurso entre os dois terminais, que é de aproximadamente 400 metros, pode ser feito a pé, em cerca de seis minutos. Para circulação externa, atendendo também aos passageiros e, ainda, aos trabalhadores da comunidade aeroportuária, haverá ônibus da própria concessionária que farão o trajeto ininterruptamente no mesmo horário dos carrinhos.


Comentário

Nos últimos dois meses falamos diversas vezes sobre a interdição da pista do Santos Dumont (1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8). Aparentemente a organização das companhias aéreas e concessionárias que administram os aeroportos está nota 10! Outro ponto positivo é o transporte terrestre gratuito entre Santos Dumont e RIOgaleão, que será oferecido de hora em hora pelas três companhias impactadas com as obras.

A (necessária) reforma na principal pista do Santos Dumont foi anunciada pela Infraero com boa antecedência. Você tem algum voo que será transferido para o RIOgaleão?

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliações de voos, salas vips, hotéis, cartões de crédito e promoções.