fbpx

Vale a pena transferir pontos Livelo para a Smiles?

Notícias Programas de fidelidade Promoções

Por Alexandre Zylberstajn

Vale a pena transferir seus pontos Livelo para a Smiles? Vale a pena aproveitar as promoções de transferência bonificada entre os dois programas? Nesta matéria vamos ajudar nas respostas destas e outras perguntas!

transferência livelo smiles


Transferência entre Livelo e Smiles

Uma das melhores opções de uso de pontos Livelo é transferi-los para um programa de fidelidade aéreo. Em geral, esse tipo de resgate permite que você consiga aproveitar as vantagens que os programas de fidelidade aéreos oferecem, especialmente a melhor disponibilidade nos resgates em passagens. Em alguns poucos casos a transferência mesmo sem promoções bonificadas  pode fazer sentido, mas certamente é melhor fazer quando se tem uma promoção envolvida.

Falando nisso, muito provavelmente você já se deparou com promoções de transferência bonificadas entre a Livelo e Smiles. Em geral, elas variam entre 60% e 90% e em alguns casos chegam até 100% de bônus (como a que começou hoje).

A transferência bonificada entre Livelo e Smiles é uma excelente oportunidade para aumentar o saldo de sua conta Smiles, especialmente quando falamos de 80%, 90% e 100% de bônus. Essas promoções oferecem janelas para maximizar o uso de seus pontos de forma simples e direta. O que antes era transferido na proporção 1:1, durante essas promoções pode fazer seus pontos Livelo valerem mais que o dobro! Tentador, não? Sim, é tentador, mas vale realmente a pena?

Recentemente eu fiz uma postagem com 7 perguntas que todos devem fazer antes de transferir milhas ou comprar pontos. A matéria abrange todos os programas e de fidelidade. Agora, em complemento aquele post, quero ir mais a fundo ajudando você na decisão mais específica de se vale a pena transferir pontos Livelo para Smiles.


Vale a pena transferir seus pontos Livelo para a Smiles ?

Veja alguns pontos a serem considerados:

1) O que vou fazer com os meus pontos Smiles?

Toda análise deve começar com uma pergunta simples: para que exatamente você está transferindo seus pontos Livelo para  Smiles? Por mais atrativa que a oferta possa ser, a transferência sem propósito de uso pode ser um erro. Não faça por impulso!

Assim, ainda que não queira utilizar de imediato as milhas que irá receber, tente pelo menos definir qual o propósito da transferência: “Emitir uma passagem para a Europa ou para os Estados Unidos fora da alta temporada” seria um exemplo. Isso ajudará a definir tanto a quantidade, quanto se a Smiles é o programa ideal para sua emissão. Quanto mais alternativas, melhor! Flexibilidade é a chave no mundo das milhas e pontos.

As milhas Smiles podem ser utilizadas tanto para emissão de todos os voos da GOL como em mais de outras 40 companhias aéreas parceiras, como a American Airlines, Qatar Airways, Alitalia, Air France, Etihad, Emirates e outras grandes empresas do setor.


2) Qual a disponibilidade para o resgate que desejo?

Antes de efetuar a transferência de milhas, verifique na Smiles se o seu resgate desejado oferece boa disponibilidade (caso já tenha uma emissão específica como objetivo).

Lembre-se: a disponibilidade por milhas é diferente da oferta de passagens pagantes. Em voos da própria GOL, é permitido o resgate até o último assento disponível, o que é uma vantagem, mas fique atento a quantidade necessária – ela pode variar muito. Aqui por um lado você economiza ao emitir com antecedência e em períodos promocionais, mas perto da viagem pode sair bem caro. Há quem enxergue isso como vantagem para uma viagem urgente de última hora.

Entender o que é a precificação dinâmica ou flexível nos programas de fidelidade é imprescindível. A Smiles usa o modelo de precificação dinâmica, inclusive para parceiros, o que significa que preços podem oscilar sem qualquer aviso prévio.

Felizmente a Smiles oferece a possibilidade de emitir a passagem mesmo sem ter as milhas em conta. Isso é possível graças ao Viaje Fácil. A melhor funcionalidade do programa na minha opinião. Para entender melhor como funciona, leia as duas postagens abaixo:

Desde que sua emissão seja para um período superior a 60 dias, essa funcionalidade elimina aquele risco de acabar a disponibilidade entre o momento em que você solicita a transferência de milhas e o crédito delas na sua conta. Além disso, durante a pandemia que estamos passando, o Viaje Fácil oferece a tranquilidade de decidir se você efetivamente viajará depois.

Se, ainda assim, a viagem for para os próximos 60 dias, é importante ter algumas opções e flexibilidade no uso das milhas.


3) Quantas milhas devo transferir?

Definindo os pontos “1” e “2”, você conseguirá estimar sua necessidade de milhas para o uso desejado. Em caso de oferta especial de transferência bonificada, faça as contas considerando justamente o benefício da promoção para tentar minimizar os “restos” de milhas na sua conta (mas, se acabar sobrando, leia nosso post do que fazer com até 1.000 milhas demos alguns exemplos para Smiles).

Tenha em mente que os melhores resgates não costumam perdurar. Por isso, tente sempre que possível adotar a estratégia do “EARN AND BURN”: acumule e gaste! Isso evitará que você termine com milhas insuficientes para o uso desejado em sua conta. Eu insisto para que todos leiam o post em que explico essa estratégia!

Novamente, volto ao ponto do produto Viaje Fácil, que permite usar uma estratégia diferente, o “BURN AND EARN“. Você pode primeiro emitir e depois esperar pela melhor promoção para conseguir as milhas e “quitar” sua dívida com o programa. No post abaixo eu esclareço exatamente como fazer isso:

As promoções de transferência bonificadas são excelentes para maximizar o seu acúmulo de milhas e com elas é possível maximizar suas emissões – voltarei neste tópico mais a frente.


4) Qual a facilidade para usar essas milhas?

É importante transferir milhas para programas que sejam fáceis de usar. A praticidade na hora do resgate é muito importante: algumas trocas só estão disponíveis para emissões por meio de uma central de atendimento e podem exigir tempo e paciência para serem feitos.

A Smiles permite emissão de todos os voos da Smiles de forma online. Todos os parceiros podem ser emitidos pela internet. Nada é feito por telefone. Isso é bastante positivo, especialmente considerando que durante a epidemia do corona os call centers estão sobrecarregados.

Outro fator vital a considerar são os usos alternativos desses pontos, caso acabe não conseguindo utilizar para o que havia planejado inicialmente. Ainda que termine não maximizando as milhas, poder ter opções para adquirir produtos, serviços e até emitir outro tipo de passagem é de grande valia!

Na Smiles são várias opções, desde a troca por eletrodomésticos, créditos no Uber, programa ALL | Accor Live Limitless, ingressos de cinema e milhares de outros produtos. Você ainda pode reservar diárias de hotel e aluguel de carros com milhas.

Reitero que nossa recomendação é usar isso como última opção, já que o valor dado para sua milha será muito menor do que quando trocado por uma passagem. Para entender essa questão, sugiro a leitura do post em que explicamos quanto vale uma milha! Esse é um artigo hit de sucesso aqui no site.


5) Qual o prazo de expiração dessas milhas?

Na grande maioria dos programas, milhas e pontos têm prazos de validade que podem variar dependendo da oferta que os originou. Verifique as condições do seu programa e da promoção vigente antes de transferir seus pontos Livelo – assim você garante que terá tempo hábil de utilizar essas milhas (principalmente caso não tenha um uso de imediato em mente).

As milhas transferidas da Livelo para Smiles têm validade de no mínimo 2 anos, exceto pelo bônus, que tem apenas 6 meses (durante a pandemia o prazo melhorou para 12 meses). Fique atento, perder milhas por conta da validade é um erro que jamais deve ser cometido.


6) O programa de fidelidade é estável?

Mesmo considerando todos os pontos acima e estando seguro da sua decisão, saiba que os programas de fidelidade podem alterar a qualquer momento as condições de uso dos pontos e milhas.

Procure saber se o programa de fidelidade escolhido costuma fazer alterações em suas regras com aviso prévio satisfatório para que você tenha tempo de agir sem ser prejudicado. Ações do passado podem não ser as mesmas, mas são um bom indicativo.

Os valores de passagens na Smiles oscilam conforme vários fatores: demanda, ocupação, cotação do dólar, entre outros. Os preços podem cair ou subir sem aviso. No passado recente, alguns resgates interessantes do programa subiram (como Alitalia e Qatar Airways), mas antes disso ficaram vários meses sendo praticados com valores abaixo da concorrência. Esse tipo de oscilação, está dentro do regulamento, mas não deixa de incomodar – nós devemos considerá-la antes de transferir pontos.


7) Estou fazendo o melhor uso das minhas milhas?

Ainda que tudo se encaixe, procure sempre maximizar a utilização das suas milhas e pontos. Compare os programas de fidelidade e veja aquele que oferece a melhor condição para o uso que deseja – sobretudo no momento da transferência. Lembre-se de que milhas e pontos são como moedas e cada uma tem seu valor dependendo do uso que você dá a elas. Como já registrei, nossa matériaQuanto vale uma Milha pode ajudar neste entendimento.


8) Pontos + Dinheiro na Livelo e Smiles & Money

Se faltaram pontos Livelo para uma eventual transferência para Smiles, tenha em mente que você pode usar a opção Pontos + Dinheiro. Nela você pode completar o valor do seu pedido com dinheiro e consegue fazer o resgate desejado.

Da mesma forma, caso te faltem milhas na Smiles é possível usar o Smiles & Money. Através dessa opção é possivel adquirir sua passagem ou produto pagando parte dela com milhas e o restante com dinheiro.

Essas são boas alternativas para realizar um resgate quando o cliente não possui o saldo suficiente de milhas no momento para finalizar a emissão.


9) Verifique a necessidade de ser assinante do Clube Smiles ou Clube Livelo

Por meio de uma adesão, que pode ser mensal ou anual, você receberá um valor em milhas em sua conta todo mês, de acordo com o plano que for escolhido e outras vantagens que variam de acordo com o programa. Na maioria das promoções de transferência bonificadas entre Smiles e Livelo, o bônus máximo é concedido somente para os clientes participantes de ao menos uma assinatura. Verifique as regras das promoções vigentes.

Confira abaixo as opções de Clubes disponíveis para a Livelo e para a Smiles:


Mas afinal, vale a pena transferir seus Pontos Livelo para Smiles?

Para os principiantes, acredito que seguindo nossas dicas e recomendações de uso, vale sim a pena transferir seus pontos Livelo para Smiles – sobretudo durante as promoções de ofertas bonificadas. Durante estas ofertas é que você conseguirá maximizar seus pontos! Ainda assim, tenha a mentalidade de não fazer poupança e grandes movimentos. Compre e use ou use e compre!

Nunca transferiu para Smiles? Vá com calma, aprenda a usar o programa. Melhor do que as dicas deste post, o tempo e as atitudes da própria Smiles lhe responderão se valeu a pena! Eu uso e gosto.

São muitas as variáveis envolvidas no momento da decisão e nem sempre será possível acertar todas! Sem dúvida, sua escolha será muito mais assertiva se você tiver uma resposta clara para cada um dos 9 tópicos acima.

Na Smiles costumo deixar algo entre 50 e 150 mil milhas parados em conta. Suficientes para viagens no curto prazo. Para viagens maiores, o Viaje Fácil permite que eu emita a passagem desejada e aproveite as melhores promoções para quitar minha dívida. Uma beleza!

Agora é a vez de você analisar os tópicos acima e decidir se vale a pena para o seu perfil ou necessidade – e não deixe de compartilhar com a gente a sua análise nos comentários!


Como o Passageiro de Primeira pode me ajudar?

Acompanhando diariamente o nosso site você ficará por dentro das novidades, ofertas e promoções de Programas de Fidelidade, Companhias Aéreas, Bancos e Cartão de Crédito! Você pode receber o nosso conteúdo através de várias maneiras:

  1. Aplicativo: através do nosso app você recebe notificações em real-time no seu celular, baixe para iOS ou Android;
  2. Navegador da web: você também pode receber nossas notificações através do seu navegador preferido;
  3. Newsletter: cadastre-se em nossa newsletter e receba um resumo de tudo o que foi postado;
  4. Facebook: curta nossa página e você verá sempre nossas postagens no seu feed;
  5. Instagram: todo final de tarde postamos nas nossas histórias do Instagram o “Resumo do Dia”;
  6. RSS: você pode se inscrever no nosso feed de notícias através do seu leitor de RSS;
  7. Telegram: baixe o app e acesse o canal Passageiro de Primeira;
  8. LinkedIn: siga nossa página e fique por dentro!

O hábito de leitura e acesso diário ao PP lhe trará cada vez mais conhecimento e embasamento para maximizar seu acúmulo e uso de pontos e milhas!


☞ veja também… Vale a pena comprar pontos LATAM Pass com desconto? e Vale a pena comprar milhas Smiles com desconto?

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.