fbpx

A carta da CEO da Air France aos passageiros

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

A CEO da Air France, Anne Rigail, mandou uma carta aos passageiros da companhia a fim de transmitir mais confiança e transparência durante este período crítico que o setor está passando. Além de falar da segurança a bordo, Anne também aproveitou para anunciar o empréstimo de 7 bilhões de euros do governo francês e o que a companhia pretende fazer com esse dinheiro. Veja a carta abaixo.


Carta da CEO da Air France

Caro/a cliente,

Em primeiro lugar, desejo agradecer por todas as amáveis mensagens de apoio desde o início da crise. Para toda a nossa equipe aqui na Air France, essas palavras encorajadoras são preciosas e sustentam nossa ambição de retomar progressivamente nossas operações para você.

Asseguramos o apoio do Estado francês na forma de uma garantia de empréstimo de 7 bilhões de euros, permitindo que a Air France possa olhar para o futuro com confiança. Gostaria de aproveitar esta oportunidade para esclarecer os compromissos que assumimos em relação a este empréstimo:

  1. Um plano de reconstrução que coloca a Air France em pé de igualdade com as companhias aéreas globais com melhor desempenho em termos de competitividade.
  2. A implementação mais rápida de nossos compromissos para realizar a transição energética do setor de transporte aéreo, que incluem:
    •  o redimensionamento global de nossa rede doméstica partindo de Orly e das regiões francesas, levando em consideração alternativas de transporte ferroviário para viagens inferiores a 2h30;
    • priorizar nossos investimentos para a renovação da frota, investindo em aeronaves de nova geração que reduzam as emissões de CO2 na fonte ao redor de 20% a 25%;
    • a confirmação de nosso objetivo de reduzir pela metade nossas emissões de CO2 por passageiro/km em toda a nossa rede até 2030, em comparação com o ano de referência de 2005. Na rede doméstica, estamos acelerando esse processo como parte de nosso compromisso de reduzir as emissões de CO2 em 50% em valor absoluto, entre 2019 e 2024;
    • o uso de 2% de combustível alternativo sustentável até 2025, apoiado pelo surgimento do setor francês de produção de biocombustíveis.

Graças a uma melhora da situação de saúde e segurança na França, estamos nos preparando para retomar gradualmente nossas operações de voo para atender às suas necessidades de viagem partindo de Paris-Charles de Gaulle. Atualmente, a Air France atende pouco mais de 50 destinos. Esperamos lhe oferecer mais de 100 destinos até meados de junho, com cerca de 20 destinos na França, mais de 40 destinos entre Paris e Europa e mais de 30 rotas intercontinentais. Isso representa aproximadamente 15% da nossa programação habitual de voos e esperamos aumentar rapidamente nossa capacidade, assim que as condições regulamentares e de saúde nos permitam reabrir completamente as fronteiras, em um nível intra-europeu, para começar e depois intercontinental.

Para que você possa planejar sua próxima viagem com tranquilidade, ajustamos nossa política comercial, flexibilizando todas as nossas tarifas, modificáveis sem custos na mesma classe de tarifa.

Por último, mas não menos importante, também gostaria de compartilhar com você todos os nossos compromissos de saúde e segurança para lhe oferecer uma experiência de viagem segura. Agrupamos essas medidas sob o rótulo “Air France Protect”, e as ajustaremos regularmente de acordo com a evolução da situação sanitária e as últimas recomendações médicas:

  • agora é obrigatório usar uma máscara cirúrgica assim que chegar ao aeroporto e a bordo de nossas aeronaves durante toda a duração do voo; – toda a nossa equipe também está equipada com máscaras cirúrgicas;
  • implementamos medidas de distanciamento físico em cada etapa de sua jornada pelo aeroporto, visivelmente indicadas por marcações no piso e sinalizações especiais, além das telas de proteção de acrílico instaladas em todos os nossos balcões;
  • álcool em gel para as mãos está disponível em todos os pontos de contato do aeroporto (quiosques de autoatendimento, entrega de bagagem, embarque, etc.);
  • as verificações de temperatura corporal são realizadas antes do embarque em todos os nossos voos (exceto onde a legislação local o proíbe);
  • nossos procedimentos de embarque foram reorganizados para limitar o contato a bordo de nossas aeronaves. Portanto, embarcamos os clientes sentados na parte traseira da aeronave primeiro, seguindo para os da frente;
  • a bordo, simplificamos a oferta de refeições durante o voo para limitar o contato. Não oferecemos mais serviço de comida ou bebida em voos com menos de duas horas e meia. Para os voos mais longos, damos preferência a produtos selados ou embalados individualmente em sua bandeja;
  • nossas cabines são cuidadosamente limpas diariamente e são desinfetadas regularmente com um virucida aprovado de longa duração;
  • nossas cabines são equipadas com um sistema de filtragem de ar idêntico ao usado nas salas de operações de hospitais (filtros HEPA). O ar na cabine é completamente filtrado e renovado a cada 3 minutos.

Também aconselho que consulte os regulamentos em vigor no seu destino, que podem variar dependendo do país.

Estou ciente que essas medidas exigem que se familiarize com os novos hábitos de viagem. No entanto, aplicar essas regras coletivamente significa que podemos proteger a saúde de todos e garantir que possamos reabrir gradualmente céu. E isso é vital para todos nós.

Com os meus melhores cumprimentos,
Anne Rigail


É interessante notar que CEOs e diretores das principais companhias aéreas do mundo entendem o medo e a incerteza do passageiro no momento e se esforçam para operar um voo mais seguro.

O que você achou da carta?

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.