fbpx

Aeroporto de Fernando de Noronha recebe o primeiro voo noturno após instalação do novo sistema de iluminação

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

O Aeroporto de Fernando de Noronha (FEN) recebeu ontem (22) o primeiro voo noturno após a implantação do novo sistema de iluminação em sua pista. A finalização completa da obra tem previsão para julho desse ano. As informações foram divulgadas pela Assessoria de Impresa do Estado de Pernambuco.

Aeroporto Fernando de Noronha

A aeronave, um salvo-aéreo provindo de Salvador, pousou às 19h10 (horário local) na ilha para fazer a transferência de um morador com COVID-19 para o Recife. O paciente estava internado e como não houve melhora do quadro, foi necessário o encaminhamento para uma unidade de terapia intensiva, em um hospital de referência, no Recife.

Em fase adiantada de conclusão, a obra tem previsão de término para o mês de julho desse ano. Estão sendo realizados os serviços de iluminação na cabeceira da pista de pouso e decolagem e nos morros que contornam o aeroporto. Com quase 80% do trabalho finalizado, a obra orçada em aproximadamente R$4.68 milhões instalou o Sistema de Luzes de Obstáculos (SLO’s) compostos por 33 luminárias, alimentadas por energia solar e tecnologia em LED e distribuídas nos morros do Pico, do Meio e Espinhaço.

O balizamento noturno vai ser utilizado apenas em casos urgentes de salvamento aéreo. A iluminação nos morros só vai acontecer nessas ocasiões específicas, sendo desligada após a decolagem da aeronave. Não há planos para receber voos comerciais no horário noturno.

“A nossa intenção é salvar vidas. Com essa iluminação, podemos utilizar o aeroporto em todos os horários para atender quem precisar ser resgatado urgentemente, como o salvamento que foi feito hoje”, disse Guilherme Rocha, administrador da ilha.

Baixe o app Passageiro de Primeira

google-play
app-store

10 anos! O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas VIP, hotéis, cartão de crédito e promoções.