fbpx

Air Canada reconfigura aeronaves de passageiros para transporte de cargas

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

A Air Canada está reconfigurando as cabines de passageiros de três aeronaves para transportar suprimentos vitais e carga necessária. Três Boeings 777-300ER, as maiores aeronaves da frota da Air Canada, estão tendo suas cabines de passageiros modificadas para transportar carga; com isso a empresa está dobrando sua capacidade para esse tipo de transporte.


O que diz a Air Canada

Trazer rapidamente suprimentos médicos e outros materiais vitais críticos para o Canadá e ajudar a distribuí-los por todo o país é essencial para combater a crise da COVID-19. A transformação dos Boeings 777-300ER, nossa maior aeronave internacional de longo alcance, dobrará a capacidade de cada voo e permitirá que mais mercadorias sejam transportadas mais rapidamente,” disse Tim Strauss, Vice-Presidente de Carga da Air Canada.

A rápida transformação de algumas aeronaves para atender à demanda de carga reflete a nossa capacidade de maximizar com rapidez os ativos da frota, caso contrário essas aeronaves estariam estacionadas. A equipe de engenharia da Air Canada trabalhou 24 horas para supervisionar o trabalho de conversão e para, junto com a Transport Canada, garantir que todo o trabalho fosse certificado à medida que as tarefas fossem sendo concluídas. As outras duas aeronaves estarão prontas em breve, e entrarão em operação nos próximos dias “, disse Richard Steer, Vice-Presidente Sênior de Operações da Air Canada.


Remoção de assentos 

Os três Boeings 777-300ER estão sendo convertidos pela Avianor, especialista em manutenção de aeronaves e em integração de cabine, em sua Montreal-Mirabel facility. A Avianor desenvolveu uma solução de engenharia específica para remover os 422 assentos de passageiros e designar zonas de carga para caixas leves, que carregam equipamentos médicos e são contidas por redes de carga. Essa modificação foi desenvolvida, produzida e implementada em seis dias. Todas as operações foram certificadas e aprovadas pela Transport Canada.

Por meio de sua divisão de carga, a Air Canada usa suas aeronaves principais, que estariam estacionadas, para operar somente voos cargueiros. Estas aeronaves não transportam passageiros, mas transportam as suas bagagens em remessas com tempo limitado, incluindo suprimentos médicos urgentes e mercadorias para apoiar a economia global.


Aumento dos voos de carga

A Air Canada operou 40 voos cargueiros de 22 de março até hoje, e planeja operar até 20 voos de cargas por semana, usando uma combinação dos três Boeings 777 recém-convertidos, os Boeings 787 e os Boeings 777, além dos voos atuais programados para Londres, Paris, Frankfurt e Hong Kong. A Air Canada Cargo tem trabalhado com seus parceiros da cadeia de suprimentos, assim como com os remetentes, para transportar suprimentos médicos da Ásia e da Europa para o Canadá. A empresa continuará explorando oportunidades adicionais, conforme necessário, em todas as regiões do mundo.


Comentário

Curioso ver aeronaves de passageiros transportando exclusivamente carga. Porém, no cenário atual, as empresas aéreas estão precisando se inovar para otimizar suas operações.

A Air Canada informou que a primeira conversão está concluída e a aeronave já está em serviço; as outras duas aeronaves estão sendo reconfiguradas e em breve estarão prontas.

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.