fbpx

Air New Zealand vai manter sua frota de Boeing 777 estacionada por 1 ano

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

A Air New Zealand anunciou que vai manter toda sua frota de Boeing 777 estacionada até o segundo semestre do ano que vem. Segundo comunicado da empresa, não é esperado que o modelo voe até setembro de 2021.

Em maio, a companhia aérea estacionou a maioria de suas sete aeronaves Boeing 777-300 até o final do ano de 2020. Ao mesmo tempo, a empresa também sinalizou que é bastante improvável que ela opere voos com as outras oito aeronaves 777-200 em um futuro próximo e começou a se preparar para enviá-las para armazenamentos de aeronaves no exterior.

Quatro das aeronaves 777-300 da Air New Zealand serão armazenadas em Victorville, no deserto da Califórnia, enquanto as três restantes ficarão em Auckland, onde poderão retornar ao serviço, se necessário. As aeronaves 777-200 da companhia aérea serão enviadas para  Roswell, Novo México e Victorville, Califórnia, a partir do final deste mês.

Os locais na América do Norte foram escolhidos por suas condições áridas e pelas instalações de armazenamento existentes, o que garantirá que as aeronaves sejam mantidas em condições que possibilitem o retorno ao serviço em seis a oito semanas, se necessário.

A diretora de operações da Air New Zealand, Carrie Hurihanganui, diz que a recuperação da rede internacional da companhia aérea pós-COVID-19 agora parece ser mais lenta do que se pensava inicialmente.

“O recente ressurgimento de casos na Nova Zelândia é um lembrete de que esta é uma situação altamente volátil. Não estamos prevendo um retorno de nenhum 777 voando até setembro de 2021, no mínimo, razão pela qual tomamos a decisão de parar a frota até pelo menos no próximo ano”.

Os 777s são as maiores aeronaves da frota da Air New Zealand e operaram a maioria das rotas de longa distância da companhia aérea nos últimos 15 anos. Com a “não operação” do modelo, a programação internacional da companhia aérea será operada com o Boeing 787 Dreamliner, junto com A320s e A320/21neos, para rotas trans-Tasmânia (entre Nova Zelândia e Austrália) e nas ilhas do Pacífico.

O que achou da decisão da Air New Zealand?

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.