fbpx

Airbus alerta funcionários que precisa reduzir gastos para manter operações

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

A Airbus informou aos seus 135.000 funcionários que se preparem para possíveis cortes de empregos, alertando que sua sobrevivência está em jogo se nenhuma ação imediata for feita para redução de custo.

De acordo com a Reuters, em uma carta aos funcionários, o CEO da Airbus, Guillaume Faury, disse que a empresa está “gastando dinheiro em uma velocidade sem precedentes” e que a recente queda de um terço nas taxas de produção ainda não refletia o pior cenário.

A carta foi enviada aos funcionários na última sexta (24), dias antes da empresa apresentar os resultados do primeiro trimestre, impactados diretamente pela pandemia que praticamente interrompeu as entregas de jatos desde meados de março.

A Airbus começou a oferecer licença aos seus funcionários, começando com 3.000 trabalhadores na França, “mas agora pode ser necessário planejar medidas mais abrangentes”, disse Faury na carta.

“A sobrevivência da Airbus está jogo se não agirmos agora”, complementou.

Pessoas próximas a Airbus informaram que a empresa já expandiu suas linhas de crédito com bancos, seguindo o que Faury descreveu como “momento de se adaptar e redimensionar”. Procurada pela Reuters, a Airbus disse que não comentaria sobre as comunicações internas da empresa.

“Infelizmente, a indústria da aviação emergirá nesse novo mundo muito mais fraca e vulnerável do que entrou”, escreveu Faury.

Não só as companhias aéreas mas as fabricantes de aeronaves também passam por um momento delicado. Vamos acompanhar quais ações serão adotadas pela empresa no futuro próximo.

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.