fbpx

Ajude os setores do turismo com uma simples atitude: Não cancele sua viagem, adie!

Notícias

Por Fábio Vilela

Pessoal, o mundo está passando uma das piores crises da história devido ao coronavírus, e com certeza o turismo é um dos mais afetados até o momento.

E por causa disto, nós aqui do PP, estamos apoiando a campanha “ADIA!” para minimizar o prejuízo bilionário que todas as empresas envolvidas direta e indiretamente estão sofrendo.

Esta campanha, que está sendo adotada pela ABAV (Associação Brasileira de Agências de Viagens) em parceria com Vertebratta e também por outras entidades pela internet visa conscientizar o consumidor para adiar sua programação de viagem para o futuro (ao invés de pedir reembolso) e com isto garantir a segurança, emprego e trabalho dos profissionais do setor e que tem grande peso na economia nacional e mundial, englobando atividades como restaurantes, hospedagens e similares, transportes de passageiros, agências de viagens, cultura e lazer.

Só para vocês terem uma idéia: De acordo com dados da CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo) o setor do turismo gerou um faturamento de R$238,6 bilhões em 2019 e emprega formalmente cerca de 2,9 milhões de pessoas no Brasil.

Para quem não é familiarizado com números, o setor é responsável por empregar 319 milhões de pessoas ao redor do mundo. Em 2018, sua contribuição ao PIB foi de aproximadamente 10,4%, com uma soma de US$8,8 trilhões. Só no país, a estimativa dessa contribuição para o PIB foi de 8,1%.

Sei que vocês meus fiéis seguidores e leitores amam viajar, adoram experimentar as melhores cabines, se hospedar nos super hotéis e curtir salas vip’s pelo mundo – e é por causa disto que eu faço este APELO! Vamos ajudar no que for possível!

A situação a curto e longo prazo não é nada promissora, seja para cias aéreas, agências de viagens, operadoras, consolidadoras, hotéis, atrações, parques, etc.

Existem centenas de milhões de empregos em risco!

Sei que a incerteza de como estarão as coisas no futuro é grande, o que pode ser um fator decisivo para que você queira cancelar sua viagem ao invés de remarcar – e respeito! Mas eu sou otimista e acredito que vamos conseguir enfrentar esta crise e tenho fé que as coisas irão melhorar!

Nós podemos e devemos fazer algo, pois direta e indiretamente nós somos as pessoas que usufruímos dos serviços e produtos que eles nos oferecem e proporcionam durante nossas viagens.

Então se postergar seus planos for possível e isto não for acarretar em algum prejuízo financeiro para você – como multas, taxas ou diferença de tarifa – REMARQUE SUA VIAGEM!

Eu faço questão de fazer a minha parte, e peço para que você (se puder) NÃO CANCELE sua viagem, ADIE!

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.