fbpx

Alaska Airlines limita compra de milhas por ano

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

O que antes era ilimitado para usuários do programa Mileage Plan™, da Alaska Airlines, agora tem limites. Usuários sem status no programa estão agora limitados a comprar 150.000 milhas por ano.

Ao acessar a página de compra de pontos do programa, já consta a informação da limitação nos termos e condições:

O programa da Alaska é conhecido pelos seus “sweets spots”, o que inclui alguns resgates da Cathay Pacific e até a primeira classe da Emirates – este último pode ter sido um dos motivo da restrição. Não era muito difícil encontrar boa disponibilidade de resgate para as cabines premium da Emirates no Mileage Plan™. E para não perder a parceria com a companhia árabe a Alaska Airlines desvalorizou abruptamente sua tabela, quase dobrando o custo de resgates da Emirates em cabines premium.

O caso da Emirates não é o único. Não muito antes disso, a Alaska Airlines limitou a compra de milhas para australianos porque eles estavam comprando uma alta quantidade para voar em cabines premium da Qantas (a disponibilidade de voos inter-austrália sempre foi muito generosa). Apesar de não ter sofrido nenhuma retaliação por parte da companhia australiana, ficou claro que eles pediram a Alaska que parasse com isso.

Alguém costumava comprar mais do que 150 mil milhas ao ano com a ALASKA?

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.