fbpx

Antonov-124 pousa no Brasil trazendo 6 milhões de máscaras e testes da COVID-19

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

O avião cargueiro ucraniano Antonov-124-100 pousou no Aeroporto de Brasília na madrugada de anteontem (07). Segundo a concessionária que toma conta do local, Inframérica, a aeronave trouxe 6 milhões de máscaras e testes da COVID-19.

A aeronave decolou de Xangai com as máscaras no início da semana, fazendo uma escala no Alasca, antes de seguir para Miami, para pegar os testes do coronavírus. Depois de passar por China e Estados Unidos, o avião seguiu percurso rumo à Brasília, pousando no aeroporto por volta das 4h da manhã.

Segundo o Ministério da Infraestrutura, trata-se de uma carga particular avaliada em R$160 milhões, da empresa pertencente ao setor de artigos farmacêuticos e cosméticos chamada de Nutriex. Parte do conteúdo que se encontrava na aeronave será vendido, enquanto outra parte será doada. Todas destinadas ao Brasil.

A empresa informou ao G1 que ainda não definiu quantas máscaras serão doadas e afirmou, no entanto, que a distribuição será feita “sem intermédio do governo“. Assim que pousou na capital do país, a carga foi enviada a Goias por caminhões.


O Antonov não é muito visto em Brasília, tendo sua última aparição em 2018, quando a fez um pouso técnico para abastecimento e descanso da tripulação. O avião tem 65 metros de comprimento e 21 metros de altura até a ponta de sua cauda.

O cargueiro partiu para Luanda, na Angola, nesta quinta-feira de madrugada.

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.