Azul amplia o uso da Inteligência Artificial em Viracopos

Notícias

Por Ana Beatriz Muzzi

A Azul ampliou o uso da Inteligência Artificial (IA) no Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP). O objetivo da companhia é melhorar a eficiência operacional e minimizar o tempo de aeronaves em solo.

Hangar Azul Viracopos


Ampliação do uso da Inteligência Artificial

A ampliação do uso da IA pela Azul, se dá a partir do monitoramento dos processos que agora envolvem 40 câmeras em 20 portões, um aumento de 53% em relação a quantidade anterior que era de 26 câmeras em 13 portões. O software utilizado pela companhia, o WeSafer On-Time Performance, utiliza visão computacional treinada para identificar tempos e movimentos.

Com o aumento das câmeras, é possível melhorar a eficiência operacional e minimizar o tempo de aeronaves em solo, maximizando a sua utilização no ar, onde ela produz valor para a companhia.

software de IA está em uso desde março deste ano, e desde estão, ele aprimorou as operações monitorando mais de dez processos durante o tempo em que a aeronave está em solo e otimizando a acoplagem do finger, a ponte de embarque e desembarque dos passageiros. Com a tecnologia, a Azul já conseguiu identificar o momento exato em que a conexão é feita com a aeronave, podendo assim agilizar o desembarque.

Outro processo monitorado é a chegada do balizador, profissional conhecido como sinalizador de solo. Cabe ao balizador a responsabilidade de orientar a entrada da aeronave na posição de parada, que ajuda a otimizar o tempo e, consequentemente, o consumo de combustível durante o processo. “O monitoramento manual foi substituído por controle automatizado, integrando câmeras, networking, IA e soluções em nuvem para gerenciamento contínuo dos processos, garantindo segurança e reduzindo despesas”, destaca Daniel Tkacz, vice-presidente de Operações da Azul.

De forma automática, a solução garante o gerenciamento contínuo do desempenho dos processos, 24 horas por dia, sete dias por semana, permitindo que os colaboradores se concentrem em tarefas de maior valor. “O aumento da eficiência nos ciclos de preparação entre um pouso e a próxima decolagem eleva a utilização das aeronaves”, complementa Tkacz.

A utilização do software visa melhorar os processos realizados abaixo da asa, quando a aeronave está embarcando ou desembarcando passageiros. O sistema foi baseado nos principais desafios da companhia de melhorar procedimentos e aumentar performance e, assim, reduzir ao máximo atrasos em solo. “Importante destacar que a plataforma atende todos os critérios da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), garantindo que nenhum ser humano tenha sua identificação realizada através da plataforma”, finaliza Tkacz.


Outros investimentos da Azul       

A Azul segue investindo na utilização de novas tecnologias para alcançar seus planos. Entre elas, a tecnologia ISA (Integração de Sistemas Azul), um sistema desenvolvido para oferecer diversas funcionalidades que proporcionem aos passageiros ainda mais segurança e agilidade em todos os voos realizados com a companhia, além disponibilizar melhorias significativas no dia a dia dos tripulantes.

Com várias frentes de atuação, a plataforma conta com:

  • ISA TAT: utilizado para monitoramento do tempo de solo da aeronave em tempo real, unificando diversos sistemas da Azul, dentre ela as câmeras. Todos os eventos capturados são enviados diretamente via API em tempo real para o Centro de Controle Operacional (CCO) e o Centro de Controle do Hub (HCC), que monitoram todos os processos, visando a redução de atrasos e consequentemente o aumento do tempo de utilização das aeronaves;
  • ISA Crew: disponibiliza para os comissários a possibilidade de verificar com antecedência todas as informações do voo que irá assumir ou durante o voo, ou seja, se tem crianças e idosos, se há clientes Diamante, aniversariantes, se alguém pediu comida especial e etc. Com esta ferramenta, o comissário também pode realizar seu relatório de voo que é automaticamente enviado para as áreas responsáveis, o que antes era papel agora é digital. Uma outra funcionalidade é informar que o desembarque foi finalizado, o que irá alimentar o ISA TAT;
  • ISA Briefing: disponibiliza para os pilotos a possibilidade de verificar com antecedência todas as informações do voo que irá assumir ou durante o voo, ou seja, rota a ser utilizada, cálculo de performance do voo e etc;
  • ISA Baggage: disponibiliza para os passageiros a informação se a bagagem foi despachada e embarcada na aeronave, atualmente está sendo testado em algumas rotas, o passageiro recebe uma mensagem através do app da Azul. Com esta tecnologia, pode-se reduzir os custos com bagagens extraviadas e também diminuir a quantidade de bagagem atrasadas causando assim um atraso no voo.

Comentário

A Inteligência Artificial está cada vez mais presente em diversos processos do cotidiano e na aviação não seria diferente. A ampliação do uso da tecnologia pela Azul mostra que os resultados observados desde março deste ano têm sido relevantes.

O que você acha do uso da IA nos processos aeroportuários? Nos conte abaixo nos comentários.

Clube Smiles
Clube SmilesReceba até 70 mil milhas na hora + benefícios exclusivos para viajar!
Alertas de Econômica e Executiva
Alertas de Econômica e ExecutivaAproveite o cupom PP13ANOS e faça parte do nosso grupo no WhatsApp!
Clube Livelo
Clube LiveloAssine o Clube Classic e ganhe 2.000 pontos em 10 parcelas de 200 pontos
Clube LATAM Pass
Clube LATAM PassReceba 1.000 pontos por mês + até 10% de bônus em parceiros
Seguro Viagem
Seguro ViagemAté 69% de desconto na contratação do seu seguro viagem!
Ver todos os cupons

Baixe o app do Passageiro de Primeira

google-play
app-store

O maior portal de programas de fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, voos e salas VIP, hotéis e lazer, cartão de crédito e promoções.