fbpx

Bate-papo de Primeira com Sam Chui

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

Hoje começamos o nosso mais novo quadro aqui no PP: o Bate-papo de Primeira. O convidado de estreia é o Sam Chui, um dos maiores blogueiros de aviação do mundo e renomado criador de conteúdo de viagens.

Sam é apaixonado por aviação e por tudo que se relaciona a ela. Viajando sempre com estilo, na Primeira Classe ou Executiva, ele já foi para mais de 100 países, fez mais de 2.000 voos e percorreu mais de 3 milhões de milhas ao redor do mundo seguindo sua paixão que vem da adolescência. Regularmente publica comentários sobre aviação em muitos meios de comunicação globais, como CNN, BBC, Bloomberg News e diversos outros canais. É também autor de três livros publicados entre 2008 e 2014.

A seguir, as perguntas que fizemos a ele e as respostas traduzidas em primeira mão.


Raio-x do entrevistado

  1. Nome: Sam Chui.
  2. Idade: 39 anos.
  3. Cidade e país de nascimento: Pequim, China.
  4. Cidade e país de residência: Minha casa é o céu, a 39.000 pés. Mas a segunda casa é Dubai, nos Emirados Árabes.
  5. Endereços na web: SamChui.com, Instagram, YouTube
  6. Rotina diária: Sou blogueiro/vlogueiro de aviação e viagens em tempo integral.
  7. O blog/redes sociais é seu único trabalho? Sim.
  8. O que te motivou a começar escrever para o blog? Foi o amor pela aviação, para compartilhar minhas experiências.
  9. Quando começou a escrever? Em 1999.
  10. Qual é o principal tópico das suas postagens no blog? Eu crio vídeos inéditos sobre aviação e também escrevo notícias relacionadas a aviação, reviews de voos, promoções de milhas e fotografias de aviões.
  11. O que você mais gosta do seu trabalho? Eu transformei minha paixão em trabalho, então nunca sinto que estou trabalhando.
  12. Tem algo que te desagrada no seu trabalho? Às vezes, a quantidade de trabalho e viagens pode ser meio louca já que demanda bastante, mas por outro lado é muito gratificante quando atinjo uma meta e tenho reconhecimento.
  13. Qual é o momento mais marcante na sua carreira até hoje? Quando eu pedi demissão do meu trabalho em investimentos bancários e fui atrás da minha paixão: aviação e viagens.
  14. Pode nos contar da sua melhor memória de viagem? São tantas! Cada voo é uma memória especial para mim. Uma delas foi voar em um Concorde Supersonico em 2003 de Nova York para Londres em 3h e 18min a 59.000 pés. Também voei no primeiro voo comercial da Singapore Airlines em um A380 em 2007 de Sydney para Singapura. Também foi marcante voar em um jato B747-SP Vip sozinho.
  15. Que tipo de viajante é você (de experiências, econômico, luxuoso…)? Principalmente foco em experiências. Amo todos os tipos de aviação civil, não só de luxuosas, mas também aeronaves especiais feitas na Rússia, China e Brasil.
  16. Qual é o seu país favorito no mundo? Pergunta difícil! Não tenho um país favorito, vejo o mundo como um único país.
  17. Quais são seus três aeroportos favoritos? Eu amo aeroportos para diferentes propósitos. Para observar aviões eu amo o LAX e LHR. Para viajar, o de Singapura é o número 1 para mim.
  18. Quais são suas 3 companhias aéreas favoritas? Emirates, Singapore Airlines… mas a terceira é difícil dizer, tenho várias empatadas em terceiro lugar como a Qantas, United, Etihad, Qatar e Thai.
  19. Pode nos contar um perrengue que aconteceu em uma viagem? Foram tantos! Cada viagem rende uma boa história para contar. Uma vez eu estava em um IL-86, um avião soviético voando da Sibéria para a China em 2004 e tinha uma ameaça de bomba no meu avião.
    Teve também a vez que eu estava em um Cessna 172 em um voo cross country de LA para Phoenix. A 20 milhas de distância de Phoenix, começou a acabar o combustível. Felizmente pudemos fazer um pouso de emergência no Phoenix Sky Harbor Airport e isso acabou afetando vários voos. Eu também acompanhei um voo da ORBIS, uma organização humanitária de apoio a visão, para Ghana em 2019. Foi uma viagem ótima em termos de aviação mas também pude perceber a importância que tem a visão e o quão fundamental é a ORBIS em seu projeto de dar visão aos menos privilegiados.
  20. Como você está lidando com a quarentena? Estou bastante ocupado criando conteúdo de aviação e escrevendo sobre os mais novos desdobramentos da indústria da aviação.
  21. O que te faz mais falta em relação à viagens? Sinto falta da humanidade, o bom humor e de conhecer pessoas diferentes de todas as partes do mundo.
  22. Qual é seu próximo destino após a quarentena? Atualmente estou nos Estados Unidos com meus pais e o próximo destino será Dubai.

Perguntas específicas

  1. Você é um dos maiores (ou o maior) blogueiro de aviação no mundo. Você tem mais de meio milhão de seguidores no Instagram e mais de 2 milhões de seguidores no Youtube. Como foi sua jornada até aqui?
    É uma jornada fascinante compartilhar minha paixão e crescimento junto aos meus seguidores. Eu aprendi muito com meus colegas e mantenho uma boa relação com meus seguidores, ouvindo o que eles querem ver ou ler. O desafio é, obviamente, acompanhar o momento e continuar caminhando para o próximo grande objetivo.
  2. Quando começou, você esperava receber tanta notoriedade?
    Não, eu não esperava isso. Eu estava apenas compartilhando e mostrando minhas experiências e acabou que muitos gostaram.
  3. Você acha que as companhias aéreas te tratam de uma maneira diferente ou especial?
    Eu sempre mostrei genuinamente meu amor e afeto em relação às companhias. Muitas pessoas que trabalham em companhias são meus seguidores então eu ganho tratamento especial de vez em quando. Eu diria que não há nada de errado quando as companhias tratam uma pessoa de uma maneira especial.
  4. Você é reconhecido em aeroportos ao redor do mundo?
    Sim, às vezes sou! : )
  5. Além da aviação comercial, você fala também sobre aviação executiva. Você acredita que a aviação executiva pode crescer em um cenário pós-COVID-19?
    Sim, eu estou vendo a aviação executiva virar uma tendência agora durante a pandemia. Ela vai liderar o caminho da recuperação da aviação após o COVID-19.
  6. Qual a cabine de aeronave comercial mais luxuosa que você já voou? Seria o The Residence da Etihad?
    Sim, voei 3 vezes no Etihad The Residence. O mordomo e a cabine exclusiva de 3 quartos tornam tudo especial. Eu fui bem cuidado desde o momento em que sai de casa até chegar ao meu destino.
  7. Qual é a aeronave não comercial mais luxuosa em que você já voou? Seria a Qatari Royal Family B747?
    Sim!
  8. Você já esteve no Brasil?
    Sim, estive no Brasil em 2001, 2002 e 2013. Voei pela Varig B737, B767 e MD-11 no Brasil e na América do Sul. Penso que a Varig tinha excelentes padrões de serviço e catering. Gostei do tempo que passei no Brasil, adoro o clima, a comida e a mistura cultural.

YouTube

Abaixo compartilhamos o vídeo do canal do Sam Chui no YouTube na The Residence – a cabine de três quartos da Etihad que ele falou na nossa entrevista.


Deu para perceber que o Sam tem bastante experiência de viagem, não é? De voos luxuosos e únicos como no Concorde a perrengues de falta de combustível e até ameaça de bomba!

Você já conhecia o trabalho do Sam? O que você achou mais interessante?

Em breve voltaremos com mais um convidado ilustre!

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.