fbpx

Boeing anuncia medidas para passar pela crise

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

A crise no setor aéreo atingiu em cheio não só as companhias aéreas, mas também a maior fabricante de aviões do mundo, a Boeing.

A empresa anunciou hoje várias decisões para dar suporte à empresa, enquanto ela passa por esse momento de redução de demanda pela pandemia de COVID-19. As medidas tem como propósito garantir que a empresa esteja posicionada para a recuperação do setor. As decisões incluem:

  • O CEO Dave Calhoun e o presidente do conselho, Larry Kellner, renunciarão a todos os pagamentos até o final do ano.
  • A empresa suspenderá a distribuição de dividendos por um tempo.
  • A Boeing estenderá sua pausa de qualquer recompra de ações. A empresa suspendeu anteriormente seu programa de recompra de ações em abril de 2019.

A Boeing está utilizando todos os seus recursos para sustentar operações, apoiar sua força de trabalho e clientes e manter a continuidade da cadeia de suprimentos durante a crise da COVID-19 e a longo prazo.

A empresa que já passava por maus-bocados com a os problemas do 737 MAX agora se vê com um desafio ainda maior pela frente.

Esperamos que, assim como as companhias aéreas, a empresa se reestruture e possa voltar à tona o mais breve o possível.

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.