fbpx

Boeing destina 50 milhões de dólares às famílias das vítimas de voos da Lion Air e Ethiopian Airlines

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

A empresa norte-americana Boeing revelou que vai destinar 50 milhões de dólares para assistência das famílias afetadas pelos acidentes da Lion Air e da Ethiopian Airlines. Além da quantia, a companhia anunciou a contratação de Kenneth Feinberg e Camile Biros, renomados especialistas em fundos de compensação de vítimas, para projetar e administrar o fundo.

Por meio de nota, o presidente e CEO da empresa, Dennis Muilenburg, lamentou o ocorrido e disse que pretende dar toda assistência necessária às famílias. “As muitas perdas naqueles voos continuam pesando sobre nós da Boeing. Através da parceria com Feinberg e Biros esperamos atender às demandas dos familiares das vítimas o mais rápido e eficaz possível”.

A doação é apenas uma parte do gasto inicial de 100 milhões de dólares que a companhia designou para as pessoas afetadas nos dois acidentes. A Boeing ainda disse que vai arcar com todo o custo familiar e comunitário das famílias.

Em março deste ano o voo 302 da Ethiopian Airlines que transportava 157 pessoas da Etiópia ao Quênia teve problemas e o avião caiu pouco depois de decolar. No ano passado, o voo 610 da Lion Air também sofreu com imprevistos e a aeronave caiu no meio do mar, na Indonésia. Ambas as tragédias não deixaram sobreviventes.

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.