fbpx

British Airways começa a compensar todas as emissões de carbono em voos domésticos

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

Desde a última quarta-feira (01), a British Airways começou a compensar as emissões de carbono em todos os seus voos domésticos, como parte do compromisso da companhia aérea de alcançar zero emissões líquidas de carbono até 2050. Os clientes que voam no Reino Unido em voos operados pela companhia, terão as emissões de carbono de seus voos compensadas pela empresa.

A British Airways comprometeu-se a atingir as emissões líquidas de carbono zero até 2050 por meio de uma série de iniciativas, incluindo a compensação de emissões em todos os voos no Reino Unido, aeronaves com maior eficiência de combustível, investimento em combustível de aviação sustentável e mudança de procedimentos operacionais – além de trabalhar com partes interessadas e governos para fortalecer a política climática global. A companhia aérea e sua empresa controladora, a IAG, investirão um total de US$400 milhões em desenvolvimento alternativo de combustível sustentável nos próximos 20 anos.

Alex Cruz, presidente e executivo-chefe da British Airways, disse: “Sabemos que as viagens aéreas continuam a crescer, mas também sabemos que nosso futuro deve ser sustentável. Resolver a questão complexa da mudança climática requer uma resposta multifacetada, e compensar as emissões em todos os voos dentro do Reino Unido é apenas um passo que estamos adotando para reduzir nosso impacto ambiental, enquanto mais soluções para descarbonizar são encontradas. Nossos projetos de redução de emissões são cuidadosamente escolhidos para garantir que sejam comprovados e proporcionem reduções reais de emissões de carbono, além de benefícios econômicos, sociais e ambientais“.

Continuamos a investir de forma pesada em novas aeronaves que são 25% a 40% mais eficientes em termos de combustível do que as outras aeronaves. Também estamos liderando o desenvolvimento de combustível de aviação sustentável e assinamos uma parceria com a empresa de combustíveis renováveis ​​Velocys, para construir uma planta que converterá resíduos domésticos e comerciais em combustível de jato sustentável renovável para alimentar nossa frota, a primeira no Reino Unido. e a primeira vez que uma companhia aérea fez isso na Europa“, completou ele.

Os clientes que viajam para fora do Reino Unido podem reduzir seu impacto no meio ambiente usando a ferramenta de compensação de carbono da British Airways. A ferramenta permite que os clientes calculem suas emissões e tornem o voo neutro em carbono, escolhendo entre os mais altos projetos de redução de carbono verificados no Peru, Sudão e Camboja por meio de sua parceria com a organização sem fins lucrativos Pure Leapfrog.

Usando a ferramenta, o cliente pagará cerca de £1 para compensar um voo de volta de Londres para Madri, viajando em classe econômica, enquanto de Londres para Nova York na classe executiva custará cerca de £15. A compensação incluirá projetos de qualidade garantida, como energia renovável, proteção de florestas tropicais e programas de reflorestamento.

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.