fbpx

Cias aéreas começam a tirar temporariamente de operação os B737 MAX

Notícias

Por Fábio Vilela

Infelizmente neste final de semana aconteceu um acidente fatal envolvendo um B737 MAX 8 – desta vez com a Ethiopian Airlines matando todos os passageiros e tripulantes. O avião caiu logo após a decolagem do aeroporto de Addis Ababa – o destino final seria Nairobi no Quênia.

Curiosamente (ou não) este acidente ocorreu 6 meses depois que o mesmo modelo de avião – um B737 MAX 8 da Lion Air, caiu – também logo após decolar – na Indonésia matando todos à bordo – as investigações ainda não foram concluídas.

Devido à estas circunstancias, algumas empresas aéreas resolveram tirar de operação temporariamente este modelo de aeronave.

Na China todas as empresas já deixaram de operar o B737 MAX no momento. Ainda pelo mundo,  a Mongolia Airlines, Royal Air Maroc, Ethiopian e Cayman Airways também optaram por “encostar” o modelo temporariamente.

Ainda de acordo com as notícias a Boeing comunicou que como as investigações ainda estão em fase inicial, não há nenhuma “base” concreta ainda para que a fabricante possa emitir um novo “guia/manual” oficial para as cias aéreas que operam este modelo.

Bom, no Brasil a única cia que usa este avião é a GOL, e os mesmos estão servindo exclusivamente as rotas internacionais de longo alcance da empresa como por ex. Miami e Orlando.

Agora só nos resta esperar e torcer para que as investigações nos traga respostas paras as inúmeras perguntas que estão surgindo.

Enfim, agora quero saber – vocês estão com “medo” de voar neste modelo de avião até que tudo seja esclarecido?

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliações de voos, salas vips, hotéis, cartões de crédito e promoções.