fbpx

Classe Executiva da Qantas no A330 – Perth para Melbourne

Avaliações Cias Aéreas Classe Executiva

Por Fábio Vilela

Com este era um voo “red-eye”, ou seja, madugadão, fiz questão de pegar a frequência que era operada por um wide-body, neste caso um A330-200 da Qantas.

O voo partiu por volta das 11:30PM e só chegou em Melbourne no outro dia às 06:00 da amanhã por causa do fuso horário, já que tempo de voo mesmo são só 3h30.

Vôo Qantas QF648  – 18/11/2018
Perth (PER)  Melbourne (MEL)
Assento: 7K – Classe Executiva
Partida: 23:25 / Chegada: 6:00+1 / Duração: 3h30
Aeronave: A330-200

O embarque ocorreu no horário respeitando as prioridades elite da empresa – foi tudo bem organizado e o voo estava bem cheio.

Ao entrar no avião só recebi boas vindas na porta, a tripulação não te encaminha até o assento.

No layout internacional deste A330-200 da Qantas eu optei por sentar na segunda parte da executiva, pois é bem mais privativa. Vejam que só há 1 assento na janela de cada lado, portanto se você viaja sozinho e seu avião for nesta configuração os assentos 7K e 7A são as melhores pedidas.

Apesar de só ter uma fileira na janela, na parte central há duas, o que deixa as poltronas desalinhadas se você for comparar em uma linha reta.

Este assento da Qantas é da fabricante Thompson, o mesmo que fez o da nova executiva da LATAM – claro que com suas devidas peculiaridades e características diferentes.

Eu gosto bastante dele pelo espaço, privacidade e conforto – atendendo tanto quem viaja tanto sozinho quanto acompanhado.

Nesta imagem vocês conseguem ver o espaço em si da minha poltrona – nota que atrás de mim já está a cortina da classe econômica e na frente é a saída de emergência – que consequentemente também é a divisão para a primeira parte da classe executiva.

Por este assento estar no bulkhead (esta parede) ele tem mais espaço que os demais.

O descanso dos pés afunila, mas não em formato de “cone” – ele só é mais estreito. Aliás, nesta foto dá pra ver que o assento já está bem “gasto” e com grandes sinais de uso.

A poltrona deitada é total flatbed e vira uma cama. O encosto dos braços é retrátil e você pode suspende-lo caso queira um pouco mais de privacidade – assim você não fica com parte do seu tronco/rosto direto exposto diretamente ao corredor.

Nesta outra foto, com a poltrona reclinada, vocês conseguem ver a parte da cadeira que emenda com o footrest. É justamente aqui que vemos o estreitamento.

Conforme falei mais pra cima, este assento tem mais espaço que os demais por ser na primeira fileira. Aqui no caso tinha um compartimento lateral que dava para guardar alguns itens pessoais.

 

O travesseiro entrega era de tamanho satisfatório e a manta era da marca David Caon feita exclusivamente para a Qantas.

Fiquei satisfeito de saber que mesmo em um voo doméstico e de curta duração foram oferecidos estes amenities.

Voltando ao assento: na minha lateral direita tinha ume espaço para guardar objetos, assim como o porta-água, fone de ouvido, luz de leitura individual, controle da poltrona, tomada universal e porta USB.

O controle das posições da cadeira eram acionados através deste painel touch. Foto saiu meio tremida né? Sorry!

Ao lado do console do lado direto estava o joystick que fica guardando dentro de um compartimento. O mesmo também possui um mini-espelho na tampa – pelo lado de dentro.

O fone de ouvido era bem fraco – tanto na qualidade do som quanto no material.

O entretenimento de bordo era variado, mas achei ele lento em resposta aos comandos.

Curiosamente no monitor havia uma câmera – será que eles utilizam pra alguma função? Video-chamadas entre assentos talvez?

Eu achei o monitor muito pequeno – talvez em um voo mais longo isto iria me incomodar.

O voo não tinha wifi, infelizmente.

Ainda em solo foi oferecido bebidas de boas vindas e entregue o menu – novamente – palmas para a Qantas por ter um serviço completo desses em uma rota doméstica.

O atendimento por parte da comissária que me atendeu foi ótimo. Extremamente sorridente, simpática e pró-ativa – mesmo sendo um voo “red-eye.”

Foram oferecidos 2 serviços – eu pulei o primeiro pois estava morrendo de sono e preferi dormir.

Já para o café da manhã o serviço começou com as bebidas e um saquinho de pretzels.

Depois veio as frutas com iogurte, café e um muffin. O café derramou devido à uma turbulência – mas nada severo.

Fiquei muito satisfeito com o voo por diversos fatores: aeronave widebody, assento flatbed, serviço “completo” de refeição e tripulação pró-ativa e simpática – realmente me surpreendeu – principalmente por ser um voo doméstico – well done Qantas!

Avaliação

  • Check-in:
  • Embarque:
  • Poltrona:
  • Atendimento:
  • Refeição:
  • Entretenimento de bordo:
  • Amenity Kit:
  • Internet:
  • Pontualidade:
  • Limpeza:
Média
8.6

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.