fbpx

Classe Premium da Norwegian no B787-9 – Rio de Janeiro para Londres

Avaliações Cias Aéreas

Por Lorenzo Firmino

Pessoal, hoje começo a postagem das avaliações da minha última Volta ao Mundo, que começou no Rio de Janeiro. Foi de lá que peguei o voo da low-cost Norwegian rumo a Londres. Para quem não sabe, a empresa começou a operar no Brasil em março desse ano. Este é, portanto, um review inédito aqui no site! O primeiro da companhia norueguesa.

Voo DI7502 – 29/09/2019
Rio de Janeiro (GIG)
Londres (LGW)
Assento: 3E – Classe Premium
Partida: 22:39 / Chegada: 12:56(+1) Duração: 10h17
Aeronave: B787-9 Dreamliner

pular para… 


Check-in

Cheguei para o check-in por volta de 3 horas antes do embarque. Na fila da Classe Premium só havia duas pessoas na frente. Fui bem atendido e rapidamente recebi meu cartão de embarque. Não despachei bagagem. Vale lembrar que, no Galeão, o check-in da Norwegian é feito por uma empresa terceirizada (dnata, se não me falha a memória).


Embarque

Antes do embarque aguardei meu voo no Plaza Premium Lounge que entrei com o Priority Pass. A Norwegian não oferece acesso a sala VIP no Rio para quem está voando na Classe Premium (embora ofereça em outras cidades pelo mundo).

Diferente do check-in, o embarque não foi nada tranquilo. Mesmo após liberado, houve aglomeração no finger e muita gente impaciente.


Assento e Cabine

Eu poderia seguir uma ordem temporal para contar sobre a experiência desse voo. Entretanto, deixei para utilizar as fotos que fiz após a chegada em Londres. Duas coisas me levaram a essa decisão:

  1. Após o embarque, comecei a fotografar a cabine (ainda no Rio, durante a noite). Poucos minutos depois, fui chamado atenção pela tripulação. Segundo eles, um passageiro estava incomodado com os cliques. Embora eu não acredite nessa versão (a cabine não estava cheia) parei de fotografar no mesmo momento. A sensação que tive é que a tripulação pensou que eu nunca havia voado numa “classe premium” e queria fotografar tudo (eu conto ou vocês contam?).
  2. As fotos tiradas durante a noite ficam naturalmente ruins.

As próximas imagens foram feitas então após o pouso em Londres e desembarque de todos os passageiros.

O layout na classe executiva é o 2-3-2. Eu optei por sentar no assento 3E (o assento central) porque não havia passageiros em nenhum dos lados (ou seja, eu ficaria mais “isolado”). Todavia, se a cabine estivesse cheia, a melhor opção seria o assento do corredor (fileiras C, D, F, G). Para casais ou para quem viaja acompanhado a melhor opção é o assento da janela (fileiras A, C e G, J).

Como você já deve ter percebido pelas imagens, os assentos da Classe Premium da Norwegian não são flatbed (viram cama). São assentos que apenas reclinam, possuem 109 a 177 centímetros e oferecem até 140 centímetros de espaço para as pernas. Os assentos centrais da próxima foto já estão com sua reclinação máxima e o apoio para os pés suspensos.

Aqui precisamos lembrar da proposta da companhia, que opera no modelo low cost. No geral a Norwegian é mais barata e o avião é novo, mas não tem um assento que deita 100% e nem os mimos que você teria em outras companhias.

Ainda assim, posso afirmar que os assentos da Norwegian são mais confortáveis do que qualquer assento de cabine econômica ou econômica premium que já voei (falo mais sobre isso no fim da avaliação).


Serviço de Bordo

O serviço de bordo começou em solo com o “welcome drink”: água ou suco.

Após atingirmos velocidade de cruzeiro o jantar não demorou para ser servido. São duas opções: frango ou bife (sim, carne ou carne. Outros pratos devem ser solicitados pelo site com antecedência). Aqui aconteceu uma situação inusitada: quando a comissária passou com o trolley, eu estava na dúvida entre os dois e pedi uma opinião. Ela simplesmente pegou a caixa do frango e me entregou! Indelicada despachada ela, né? (btw, o frango estava gostoso e a salada sem molho).

As refeições servidas na Classe Premium são as mesmas da econômica (porém, gratuitas. Na classe econômica algumas tarifas não incluem refeição). Observe que tudo vem num “box” feito de um papel mais resistente, os talheres são de plástico e não há espaço para o pão.

Após a refeição principal você pode utilizar o monitor do IFE (in-flight entertainment) para pedir bebidas ou lanches durante o trajeto. Todos os lanches são pagos, e nem todas as bebidas cortesia. Sem custo, temos:

  • Refrigerante;
  • Água (com ou sem gás);
  • Suco;
  • Cerveja;
  • Vinho tinto ou branco.

O “sisteminha” desenvolvido pela Norwegian funciona muito bem. É como se fosse um carrinho virtual, que você adiciona seus itens e vai pra tela de pagamento. Eu pedi uma taça de vinho branco para testar.

Em pouquíssimo tempo a comissária recebeu o pedido na galley e entregou o vinho. Coisa de 2-3 minutos, muito rápido e eficiente.

A última refeição a ser servida foi o café da manhã (salada de frutas, legumes, frios e pão), já próximo ao Aeroporto de Gatwick (Londres). Estava mediano.


Entretenimento de Bordo

Embora eu não tenha assistido nenhum filme durante todo o trajeto, o entretenimento de bordo é bastante diverso.

No assentos a tripulação deixa um fone de ouvido básico nesse estojinho azul simpático.

Também deixam uma manta (não muito grossa, mas o suficiente para não passar frio).


Wi-Fi e Conectividade

Uma grata surpresa desse voo foi o Wi-Fi que funcionou de forma muito satisfatória durante todo o percurso: do Rio a Londres. Eu optei pelo plano gratuito e consegui me comunicar pelo WhatsApp instantaneamente (as mensagens de texto eram enviadas no mesmo segundo, e recebidas também).

São três planos para o acesso a internet:

  • Plano Surf: gratuito (apenas mensageiros e navegação com velocidade limitada)
  • Plano Social+Surf: GBP 4,93 (redes sociais e navegação em alta velocidade)
  • Plano Stream+Surf: GBP 12,95 (navegação em alta velocidade e streaming)

Emissão

Esta passagem não foi resgatada com milhas. Foi um bilhete “pagante” de apenas um segmento.

Trecho: GIG-LGW
Companhia: Norwegian Air
Classe: Premium
Custo: R$ 2.439,43 (one way/um trecho)


Comentário

Ainda que eu já tenha voado com várias low-costs e em diversas viagens, foi a minha 1ª vez voando em uma low-cost em um trecho de long-haul (longa distância). Algumas coisas ficaram abaixo da minha expectativa e outras a superaram.

  • No geral foi um bom voo pelo:

Assento: espaçoso, largo e melhor do qualquer econômica premium. Eu dormi bem e dentro do possível, me senti confortável. Acredito que a ausência de vizinhos ajudou nessa percepção (lembrando que não é possível “conectar” assentos porque o braço não é ajustável).
Wi-Fi: como dito no tópico anterior, funcionou incrivelmente bem. Tive nesse trecho a conexão mais estável de toda a Volta ao Mundo.

  • Deixou a desejar:

Tripulação: antes do voo tinha lido bons feedbacks da tripulação – que não achei tudo isso. Foram profissionais, mas pouco atenciosos. Talvez peguei a tripulação num dia ruim.
Serviço de Bordo: refeição de econômica em classe premium. Nenhum prato um pouco mais elaborado. Salada seca, sem molho (apenas azeite). Não sei se pagaria por aquela “caixinha de comida” na classe econômica. Já o sistema de compra de bebidas e refeições embutido no monitor funciona bem, e com ele você não perde tempo esperando a tripulação vir até você para realizar um pedido.

Achei o uniforme uma graça – ainda que pareça que eles saíram direto da festa de São João para Londres! rs

O “conjunto da obra” vale o preço. Na falta de uma classe executiva com assentos flatbed, eu prefiro voar para a Europa na Premium da Norwegian do que optar pela econômica das empresas tradicionais. O assento da companhia norueguesa é grande, largo e bastante reclinável. Muito melhor que os assentos que encontramos em executivas de narrow-bodies por aí.

Agora, gostaria de ouvir o comentário de vocês sobre o produto da Norwegian! Quem já voou com a companhia? Quais foram as suas impressões?


ainda sobre essa viagem…

  1. Classe Premium da Norwegian Air no B787-9 – Rio de Janeiro para Londres
  2. (BREVE) Classe Econômica da British Airways no A350-1000 – Londres para Madri
  3. (BREVE) Nova Classe Executiva da British Airways no A350-1000 – Madri para Londres
  4. (BREVE) Primeira Classe da Etihad no A380-800 – Londres para Abu Dhabi
  5. (BREVE) Primeira Classe da Etihad no B777-300ER – Abu Dhabi para Cingapura
  6. (BREVE) Classe Executiva da Cathay Pacific no A330-300 – Cingapura para Hong Kong
  7. (BREVE) Classe Executiva da JAL no B777-200 – Hong Kong para Tóquio
  8. (BREVE) Classe Executiva da Aeromexico no B787-8 – Tóquio para Cidade do México
  9. (BREVE) Classe Executiva da Aeromexico no B737-800 – Cidade do México para Bogotá
  10. (BREVE) Classe Executiva da Wamos Air no A330-200 – Bogotá para Santiago
  11. (BREVE) Classe Executiva da LATAM no B767-300 – Santiago para São Paulo

Avaliação

  • Check-in:
  • Embarque:
  • Poltrona:
  • Atendimento:
  • Refeição:
  • Entretenimento de bordo:
  • Amenity Kit:
  • Internet:
  • Pontualidade:
  • Limpeza:
Média
8.6

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliações de voos, salas vips, hotéis, cartões de crédito e promoções.