fbpx

Comissão Europeia suspende regra que fazia com que companhias aéreas operassem voos fantasmas

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

A Comissão Europeia informou que vai flexibilizar as regras de uso de slots de aeroportos por conta do surto de coronavírus. As companhias estavam operando “voos fantasmas” que transportavam nenhum ou pouquíssimos passageiros, apenas para não perder seus slots.

A regra obriga que as companhias aéreas a operarem, no mínimo, 80% de seus slots. Como o surto de coronavírus impactou diretamente a demanda de passageiros nos voos, as empresas estavam operando sem passageiros para não ir contra a regra.

No entanto, a partir de agora, a Comissão Europeia disse que, estará suspendendo temporariamente a regra até as coisas se normalizarem. A presidente da comissão européia, Ursula von der Leyen, disse: “O surto de coronavírus tem um grande impacto na indústria da aviação europeia e internacional. Vemos que a situação está se deteriorando diariamente e o tráfego deve diminuir ainda mais. E é por isso que a comissão irá avançar com rapidamente com a legislação sobre os slots de aeroportos”.

“Queremos tornar mais fácil para as companhias aéreas manterem seus slots nos aeroportos, mesmo que não operem voos nesses horários, devido ao tráfego em declínio”.

Essa suspensão traz um alívio para as companhias aéreas que podem otimizar suas operações sem se preocupar com a perda de seus slots nos aeroportos.

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.