fbpx

Como ver a aurora boreal dentro de um avião?

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

A aurora boreal é algo que chama atenção de turistas que visitam países ao norte do globo. Muitas pessoas sonham em um dia ver esse fenômeno com os próprios olhos. Pois bem, você sabia que tem como ver a aurora boreal de dentro de um avião? Pensando nisso, a KLM postou em seu blog uma série de dicas para ajudar os passageiros a enxergarem o fenômeno da janela de uma aeronave! O texto foi elaborado pela comissária de bordo Mijke Broerse, confira!


Como ver uma aurora boreal de dentro de um avião

Ver a aurora boreal está na lista de muitas pessoas. Se você quiser ter certeza de conhecê-la, pode viajar para a Islândia ou Spitsbergen. Mas você sabia que também pode vê-lo na janela do seu avião? Trabalhando como comissária de bordo, vi o espetacular show de luzes do cockpit em um voo de Vancouver para Amsterdã. 

Mas o que é exatamente o Aurora? E quais voos oferecem a melhor chance de vê-la?

O que é uma aurora boreal?

Vamos começar com uma breve lição de física. No passado, as luzes mágicas ao redor dos pólos da Terra eram atribuídas a deuses, espíritos e criaturas mágicas. Agora sabemos que a Aurora Boreal tem a ver com o vento solar.

O sol ejeta constantemente partículas eletricamente carregadas no espaço. Os campos magnéticos da Terra os capturam e os atraem para as regiões polares. Quando as partículas entram na atmosfera da Terra e colidem com moléculas específicas, a energia é liberada na forma de luz. O resultado é um show de luzes verde, azul, roxo e vermelho. E você sabia que o fenômeno não é apenas visível no Polo Norte, mas também no Polo Sul? Lá chamamos Aurora Australis ou Southern Lights.

Quais são as melhores condições para ver a aurora boreal em uma aeronave?

  • Tem que estar escuro. Nos meses de verão, o sol não se põe sobre o Círculo Polar Ártico, então você não poderá ver a Aurora. Mas você terá a chance entre setembro e abril. De acordo com vários pilotos com quem conversei, você tem a melhor chance durante os meses de inverno.
  • O avião tem que fazer uma rota ao norte à noite. Os vôos da KLM do oeste do Canadá – Vancouver, Calgary e Edmonton – são os melhores. Também vôos de alguns destinos norte-americanos, como São Francisco, seguem uma rota norte. E não se esqueça de Tóquio, para os vôos de ida e volta.
  • Nesses voos, os passageiros sentados no lado esquerdo (exceto de Tóquio para Amsterdã, nesse caso no lado direito) da aeronave terão as melhores chances de ver as luzes, já que aparecem ao norte. Obviamente, um assento na janela oferecerá a melhor vista.
  • O céu tem que estar limpo. As aeronaves em altitude de cruzeiro geralmente voam acima das nuvens; portanto, há uma boa chance de você voar em um céu limpo.
  • Você terá uma chance melhor de ver a Aurora durante fases da lua em que ela aparece pouco ou quando não houver lua. Uma lua brilhante enche o céu com muita luz.
  • Maior atividade solar aumenta a chance e a intensidade da variação de luz e cor. Existem aplicativos especiais que acompanham a atividade solar e prevêem a probabilidade de aurora boreal. Um bom aplicativo é o My Aurora Forecast & Alerts.
  • Se você não estiver disposto a olhar pela janela durante todo o voo, peça à tripulação que o avise quando estiver acontecendo. Isso permitirá que você curta um filme sem ter que se preocupar em perder o fenômeno. Muitas vezes, os pilotos avisam a tripulação de cabine quando vêem a aurora boreal, para que possam chamar a atenção dos passageiros.

Todas essas dicas garantem que você verá a aurora boreal? Infelizmente, não. Apesar de todo o conhecimento científico sobre o Aurora, não é possível prever exatamente onde e quando ele aparecerá. Eu acho que essa imprevisibilidade é parte do que torna o fenômeno tão especial. Você tem que ter um pouco de sorte também.

Como trabalhamos na aeronave, é mais provável que avistemos a aurora boreal. É uma das vantagens da nossa profissão. Afinal, nos encontramos acima das nuvens com mais frequência do que a maioria das pessoas. Alguns pilotos em rotas intercontinentais vêem as luzes várias vezes por ano a partir do cockpit. Mas, não importa quantas vezes você o veja, é sempre especial. Falando por experiência própria, adorei ver as ondas verdes dançando no ar. Detectá-los durante um voo noturno foi hipnotizante. Mal posso esperar pela minha próxima chance de ver a Aurora Boreal

Por Mijke Broerse


Alguém já teve a oportunidade de ver a Aurora Boreal a partir da janela de um avião? As dicas da Mijke são excelentes para aumentar suas chances!

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.