fbpx

Delta anuncia aposentadoria de sua frota de MD-88 e MD-90

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

A Delta anunciou que optou por aposentar suas aeronaves MD-88 e MD-90 em junho. A retirada antecipada dos modelos é resultado da pandemia de COVID-19, que fez com que a companhia diminuísse sua capacidade.

Devido a pandemia, a Delta reduziu sua frota ativa geral à cerca de metade, estacionando mais de 600 aeronaves principais e de uso regional nos últimos dois meses. Com isso, a companhia estacionando aviões e considerando a aposentadoria antecipada de modelos mais antigos e menos eficientes, como os MD- 88 e MD-90.

A previsão anterior, segundo a companhia, era desativar os MD-88, com 149 lugares a bordo, até o final de 2020. Em fevereiro deste ano, antes da redução da frota ocasionada pelo coronavírus, havia 47 MD-88 e 29 MD-90 em operação. Ambas as aeronaves eram usadas em grande parte da rede doméstica da Delta e foram peças fundamentais para as operações da companhia aérea.

A Delta informou que continua avaliando seu plano de frota mais amplo e considerará a aposentadoria de aeronaves adicionais para se concentrar em uma frota moderna e mais simplificada no futuro.

Alguém chegou a voar no MD-88 ou MD-90 da Delta?

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.