fbpx

Delta libera venda de assentos do meio em voos para a China

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

A Delta, a única companhia americana que ainda opera com restrição de assentos em suas aeronaves, voltou a vender passagens para os assentos do meio para um destino: a China.

Com a crise de saúde, muitas companhias aéreas tiveram de adotar medidas preventivas para permanecer operando. Uma dessas medidas, por exemplo, foi o bloqueio do assento do meio nas aeronaves, para criar um distanciamento entre os passageiros. Algumas empresas já abriram mão dessa medida, mas a Delta permanece com ela (que está em vigência até dia 30 de setembro), exceto em voos indo até o país chinês.

Nos voos à China, os assentos Delta One – classe executiva da Delta – não estão mais bloqueados. Um dos motivos é que o layout da business da companhia americana em voos para o país oriental já oferece o distanciamento. Além disso, os assentos têm portas, dando mais espaço para o cliente, sem a necessidade de bloqueio de assento.


Comentário

A companhia sofreu com o bloqueio dos assentos, perdendo receita no último trimestre. Talvez os voos para a China sirvam como uma forma de estudo e adaptação para, finalmente, o serviço voltar a ser disponibilizado 100% – pelo menos nas cabines Delta One, antes de ser introduzido às outras classes.

Mesmo com a novidade, a Delta segue bloqueando assentos nas classes econômica e econômica premium, uma vez que elas não possuem repartição.

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.