fbpx

Delta realizará teste de COVID-19 em todos os seus 75 mil funcionários

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

A Delta informou que está próxima de testar quase 100% dos seus funcionários para COVID-19 até o fim deste mês de agosto.

Teste de covid-19 delta


O que diz a Delta

Joanne Smith, vice-presidente executiva e diretora de RH.

“Nossos clientes querem saber se as pessoas que cuidam deles durante a viagem estão saudáveis”.

“Realizar exames de COVID-19 em todos os nossos funcionários é uma ação importante que podemos tomar para manter as equipes, suas famílias e nossos passageiros seguros, aumentando a confiança nas viagens enquanto fazemos nossa parte para desacelerar e impedir a disseminação do vírus”.

“A taxa de infecção entre nossos colaboradores que lidam diretamente com o cliente está abaixo da média nacional e mostra que nossas medidas Delta CareStandard (Padrão Delta de Atendimento) estão funcionando”

“Embora sejamos encorajados por nossos resultados, sabemos que não podemos parar agora. Os especialistas em saúde concordam que uma abordagem que mescla várias iniciativas, incluindo testes, verificação de sintomas, uso de máscara, limpeza dos ambientes e distanciamento físico, são os maiores inibidores da disseminação da COVID-19 e desempenharão um papel crucial para manter nosso pessoal seguro nas próximas semanas e meses”.


Testes de COVID-19 na Delta

Segundo a Delta, a testagem proativa massiva é uma das melhores maneiras de retardar a propagação, especialmente porque o vírus pode ser transmitido por pessoas que não apresentam sintomas.

Testar todos os 75.000 funcionários da companhia ajudará a dar tempo até mesmo aos indivíduos assintomáticos para se recuperar em casa e reduzir a exposição para as outras pessoas.

Usando esse teste como linha de base, a Delta contratou a Mayo Clinic, líder global em atendimentos médicos graves e complexos, para ajudar a desenvolver uma estratégia de reteste baseada em avaliações de risco personalizadas.

A Mayo Clinic também revisará e analisará as práticas de saúde e segurança da Delta, de medidas de prevenção de infecção a avaliações de risco da força de trabalho, que visam a apoiar o pessoal da Delta e ajudar a reduzir a taxa de contaminação.

A companhia recentemente lançou testes in loco em cidades com grande número de funcionários, incluindo Atlanta, Minneapolis e Nova York, além de ter estendido a opção de fazer o exame em casa para todos os colaboradores dos Estados Unidos. Nesse sistema, o Quest Diagnostics enviará kits de autocoleta diretamente na residência de um funcionário mediante solicitação.

A Delta também informou que está oferecendo aos trabalhadores a opção de serem testados para detectarem se têm anticorpos para COVID-19 em todos os seus principais hubs nos Estados Unidos e em mais de 2.000 locais da Quest Diagnostic em todo o país, gratuitamente.

Teste positivo

Os funcionários que receberem um resultado positivo do teste de COVID-19 devem isolar-se em casa por um período mínimo de 10 dias, enquanto recebem proteção integral de pagamento com o intuito de interromper a cadeia de transmissão entre os funcionários e clientes.

Além disso, os colaboradores que foram expostos a outras pessoas com COVID-19 devem permanecer fora do local de trabalho por 14 dias a partir da data do contato com garantia integral de remuneração.


De acordo com a Delta, cerca de metade da força de trabalho ativa da companhia já foi testada até agora.

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.