fbpx

Em meio a dúvidas e incertezas, Boeing lança o 737 MAX 10

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

A Boeing anunciou em sua fábrica no estado de Washington, Estados Unidos, o lançamento de seu mais novo avião da família MAX – o MAX 10. A estreia do avião veio em meio a um período bastante conturbado da fabricante, com a incerteza na volta das outras versões do MAX, que passam por testes e estão à deriva de autorizações de agências de aviação dos principais continentes do mundo.

Divulgação: Boeing

O vice-presidente da Boeing, Mark Jenks, abafou todas as dúvidas sobre a segurança da aeronave e disse que o avião é seguro e que vai atender às demandas das companhias aéreas que desejem operá-lo. Ele é um narrow-body, com capacidade para até 230 passageiros.

Apesar de “recém-nascido”, a Boeing já tem cerca de 550 pedidos para entrega desta aeronave. No entanto, antes de realizar seu primeiro voo, a aeronave ainda vai passar por uma bateria de testes para certificar que não haja erros.


Em busca de uma autorização

Apesar de lançar um novo modelo, o avião coleciona críticas e incertezas. Isso se deve, pois todas as aeronaves da família MAX se encontram groundeadas após dois desastres aéreos, onde toda a tripulação e os passageiros presente nos voos morreram.

A Boeing luta incessantemente para tentar uma autorização para voltar a operar a aeronave. Testes e mais testes foram e estão sendo feitos, tudo para provar para as agências de aviação de todo o mundo, que o MAX é seguro.

Além da fabricante, algumas empresas de aviação também esperam o aval para voltar a operar rotas com a aeronave. Entre elas a GOL, que possui muitos desses modelos em sua frota.

Curioso ou não, fato é que a decisão da Boeing foi deveras ousada, pois lançou um novo modelo do MAX, sem ter autorização de operar os outros da mesma família. Será que a fabricante acertou?

Newsletter

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas vip, hotéis, cartão de crédito e promoções.