fbpx

Embraer recebe pedido de oito E175 que serão operados da Alaska Airlines

Notícias

Por Equipe | Passageiro de Primeira

A Embraer anunciou a venda de oito novos jatos E175 para a SkyWest, que serão operados pela Alaska Airlines.

A aeronave E175 voará exclusivamente com a Alaska Airlines sob um acordo de compra de capacidade (CPA- Capacity Purchase Agreement, em inglês). O valor do contrato, que será incluído na carteira de pedidos da Embraer do segundo trimestre, é de US$399,2 milhões, com base no preço de lista atual. A Alaska Airlines, novo membro da oneworld Alliance, tem atualmente 62 jatos Embraer E175 em sua frota, operada pelas companhias Horizon Air e SkyWest Airlines. A aeronave de 76 assentos será entregue com as cores da Alaska Airlines e configuração de três classes, a partir de 2022.

O presidente e CEO da SkyWest, afirmou que com as aeronaves, a empresa terá mais de 220 jatos E175 em operação, mais do que qualquer outra companhia aérea no mundo. Segundo o executivo, os clientes adoram o modelo. A empresa tem grande confiança e aprecia a parceria de longa data com a Embraer há mais de 35 anos.

Para Nat Pieper, Vice-Presidente Sênior de Frota, Finanças e Alianças da Alaska Airlines, a companhia gerenciou os impactos da pandemia e está em um caminho sólido de recuperação. Para Pieper, a aeronave continua sendo uma parte fundamental da estratégia seguida pela Alaska. O E175 é um avião excelente para adicionar novas rotas e frequências, complementando a frota que atende toda a demanda.

Mark Neely, Vice-Presidente de Vendas e Marketing da Embraer Aviação Comercial para as Américas, diz que “O E175 é verdadeiramente a espinha dorsal do mercado regional da América do Norte; a participação de mercado da Embraer no segmento de 70-90 assentos na região é de 85%”.

Atualmente, há 588 jatos E175 voando em companhias dos EUA e Canadá para cidades do Canadá, Estados Unidos, México e América Central”. Segundo a fabricante, o avião tem sido fundamental para as operadoras pois são perfeitamente adequados para reconstruir frequências e adicionar capacidade incremental para atender à crescente demanda doméstica.

Durante 2020, foi o primeiro tipo de aeronave a se recuperar, cumprindo 100% do cronograma de 2019 da Alaska Airlines em novembro de 2020. Em outubro passado, o modelo começou a complementar aeronaves maiores em diversas rotas internas no Alasca para atender flutuações de demanda. A Alaska Airlines também vem aumentando suas operações na Califórnia com o acréscimo de novas rotas sazonais entre cidades do estado e de Montana com o E175.


Vale ressaltar que recentemente a Alaska Airlines se tornou membro oficial da oneworld. A empresa se juntou a outras treze companhias aéreas, compartilhando com seus clientes os benefícios da aliança.

Baixe o app Passageiro de Primeira

google-play
app-store

O maior portal de Programas de Fidelidade do Brasil.
Tudo sobre milhas e pontos, avaliação de voos, salas VIP, hotéis, cartão de crédito e promoções.